Microsoft Copilot terá suporte para GPT-4 Turbo e fica mais próximo ChatGPT

Assistente virtual do Windows, substituto da Cortana, receberá em breve versão mais recente do GPT-4, tecnologia de IA mais avançada da OpenAI

Felipe Freitas
Por
Tela do Windows 11 com o Copilot na barra lateral direita
Windows Copilot receberá atualização do GPT-4 Turbo (Imagem: Divulgação/Microsoft)

A Microsoft atualizará em breve o Copilot, assistente virtual do Windows — e sucessor da Cortana. O assistente terá suporte para o GPT-4 Turbo, que é uma versão melhorada do GPT-4, modelo de linguagem grande (LLM, em inglês) da OpenAI presente no ChatGPT. Este LLM é mais atualizado, com uma base de conhecimento treinada até abril de 2023.

Esta nova versão da tecnologia GPT foi liberada pela OpenAI na semana passada. De acordo com a empresa, parceira da Microsoft no desenvolvimento da IA do Copilot, que agora também tem esse nome no Bing, o custo de operação do GPT-4 Turbo é duas vezes mais barato na inclusão de prompts.

GPT-4 Turbo no Microsoft Copilot

Mikhail Parakhin confirma que Copilot receberá GPT-4 Turbo (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Mikhail Parakhin confirma que Copilot receberá GPT-4 Turbo (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

A confirmação da atualização para o GPT-4 Turbo no Copilot foi feita por Mikhail Parakhin, diretor de anúncios e serviços web da Microsoft no X/Twitter. Ele explica que faltam alguns detalhes para lançar a nova versão. Apesar da falta de foto de perfil e de um símbolo de verificado, é a conta que publicou a informação é oficial — e outros funcionários importantes da Microsoft a seguem.

Com o futuro suporte para GPT-4, a principal melhoria no Microsoft Copilot do Windows será a capacidade de receber até 128 mil caracteres nos prompts (o equivalente à 300 páginas de texto). A base de conhecimento treinada até abril de 2023 não acaba tendo muito impacto, já que o assistente também recorre ao buscador Bing para trazer informações mais atualizadas — e ainda é falho.

No entanto, é provável que essa atualização seja priorizada para a versão corporativa da IA. A capacidade de receber prompts gigantes é muito mais útil para profissionais (como alguém que precise resumir um relatório do Word ou planilha do Excel) do que para o usuário comum. O próprio GPT-4 do ChatGPT só está disponível para a versão paga da IA.

Copilot no Windows segue na versão prévia

Copilot abre programas no Windows... Menos alguns, como o Opera GX (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Copilot abre programas no Windows… Menos alguns, como o Opera GX (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

A Microsoft lançou o Windows Copilot em setembro. O assistente virtual do sistema operacional traz os recursos de buscas presentes no Bing e alguns extras, como a função de abrir programas e ajustar as configurações do PC. Na experiência deste que vos escreve, ele parece mais um Bing integrado ao Windows — e eu sei que ainda é uma prévia, mas está “prévia demais”.

Por exemplo, ao pedir para abrir o Opera GX, ele disse que o programa não está instalado. E para abrir um programa, pode ser mais rápido (além de deixar um atalho na área de trabalho) apertar o botão Win Key e digitar na barra de pesquisa.

Porém, o Copilot pode ser uma mão na roda para quem tem pouco conhecimento de Windows e quer alterar as configurações do PC. Por exemplo, ele pode abrir o menu de personalização de papel de paredes. Mas quando eu pedi para alterar a resolução da tela, ele apenas escreveu um tutorial ao invés de abrir a página de configuração.

Com informações: SamMobile

Relacionados