Bing Chat tem um novo nome: Microsoft Copilot

Chatbot integrado ao buscador Bing passa por rebranding e pode ser acessado por um site dedicado como o “rival” ChatGPT da OpenAI

Lupa Charleaux
Por
• Atualizado há 6 meses
Logotipo do chatbot Microsoft Copilot
Rebranding do chatbot foi anunciado pela Microsoft durante o evento Ignite (Imagem: Reprodução/Microsoft)

O Bing Chat, chatbot integrado ao buscador Bing, está recebendo um novo nome: Microsoft Copilot. O anúncio do rebranding foi revelado nesta quarta-feira (15) durante o evento Microsoft Ignite, realizado em Seattle, nos Estados Unidos.

A big tech informa que a mudança visa promover uma experiência unificada em relação à assistente IA Copilot para os clientes. Por exemplo, a versão corporativa Bing Chat Enterprise foi renomeada para Copilot for Microsoft 365.

Página do Microsoft Copilot no navegador
Microsoft Copilot pode ser acessado pelos navegadores Edge e Chrome (Imagem: Lupa Charleaux/Tecnoblog)

O rebranding acontece menos de um ano após a Microsoft lançar o Bing Chat. Por outro lado, a mudança ocorre alguns meses depois da big tech adotar a IA Copilot como o chatbot oficial do Windows 11.

Conforme as informações oficiais, a empresa está lançando o novo Copilot como uma ferramenta gratuita com acesso pelo Bing e pelo Windows. Os usuários também poderão usar o chatbot através do site copilot.microsoft.com.

Os executivos da Microsoft citam que o Bing seguirá sendo a “tecnologia proeminente que impulsiona muitas experiências do Copilot”. Dessa forma, o buscador se mantém como a principal fonte de informações do chatbot.

De acordo com analistas, a mudança no nome reflete o posicionamento da Microsoft em relação à ferramenta de IA. A big tech deve deixar a disputa contra o Google pelo mercado de buscadores e começar a competir pelo público do ChatGPT da “parceira” OpenAI.

Imagem com opções dos planos do Microsoft Copilot
Copilot for Microsoft 365 terá proteção de dados comerciais (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Mudanças no Copilot for Microsoft 365

A versão corporativa Copilot for Microsoft 365 apresentará mudanças a partir de 1º de dezembro de 2023. Por exemplo, usuários comerciais deverão usar o Entra ID para acessar o chatbot em vez de uma simples conta Microsoft como no plano gratuito.

Além do uso da IA nos softwares do Microsoft 365, a assinatura corporativa tem o recurso de “proteção de dados comerciais”. Isso significa que os dados das empresas não serão usados para treinar modelos de IA ou salvo em servidores.

O Copilot for Microsoft 365 tem um valor mensal de US$ 30 por usuário nos Estados Unidos. O valor é cerca de R$ 145 na atual cotação, sem adição de impostos.

Com informações: TechCrunch e The Verge

Receba mais sobre Microsoft 365 Copilot na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Lupa Charleaux

Lupa Charleaux

Repórter

Nerd por natureza, Lupa Charleaux é formado em Jornalismo Multimídia pela São Judas Unimonte (2012). Iniciou a carreira como repórter de entretenimento em 2013, mas migrou para a editoria de tecnologia em 2019. Construiu experiência na área ao produzir notícias diárias sobre eletrônicos (celulares, vestíveis), inovação, mercado e conteúdos especiais sobre os temas. É repórter do Tecnoblog desde outubro de 2023. Anteriormente, atuou como redator de tecnologia e entretenimento no TecMundo (2019-2021/2022-2023) e redator de produtos no Canaltech (2021-2022).

Relacionados