Microsoft libera GPT-4 Turbo no Copilot gratuito

Diretor de serviços web da Microsoft revelou que GPT-4 Turbo já está equipando versão gratuita do Copilot. GPT-4 Turbo tem base de conhecimento até dezembro de 2023

Felipe Freitas
Por
Logotipo do chatbot Microsoft Copilot
Microsoft Copilot, IA generativa de busca da Microsoft, agora tem o GPT mais avançado da OpenAI (Imagem: Reprodução/Microsoft)

A Microsoft liberou o modelo de linguagem GPT-4 Turbo para o Copilot, sua IA generativa de busca. A informação foi confirmada por Mikhail Parakhin, diretor de serviços e propaganda da big tech, em sua conta no X/Twiter. O GPT-4 Turbo é o modelo de linguagem grande (LLM, sigla em inglês) usado pelo ChatGPT Plus, versão paga da IA da OpenAI.

Com essa novidade, usuários do Bing e do Copilot passam a ter acesso gratuito a versão mais atualizada da LLM GPT. O GPT-4 Turbo promete resultados melhores nas respostas e resoluções de tarefas. Mas a maior vantagem é para a Microsoft, já que o consumo de energia desse LLM é menor que a versão GPT-4.

Usuários podem escolher qual versão usar

Copilot só confirma uso de GPT-4 Turbo se você perguntar com jeitinho (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Copilot só confirma uso de GPT-4 Turbo se você perguntar com jeitinho; se perguntar qual LLM ele usa, ele não responde (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Mikhail Parakhin explicou em sua publicação no X/Twitter que os usuários do Copilot poderão selecionar qual versão do LLM GPT querem usar. Em resposta a um usuário, Parakhin informou que o GPT-4 Turbo está disponível para os estilos de conversa Criativo e Preciso. Quem quiser usar a versão não-Turbo, basta seguir com as conversas no estilo Equilibrado.

Antes de liberar o GPT-4 Turbo para os usuários gratuitos, apenas os assinantes do Microsoft 365 tinham acesso a esse modelo de linguagem. A assinatura custa R$ 110/mês e dá acesso ao Copilot Pro.

Fora uma LLM mais avançada, esta versão paga da IA conta com recursos extras para atividades profissionais e pode ser acessado diretamente dos programas da Microsoft, como o Word ou Excel.

O GPT-4 Turbo chamou a atenção no fim de dezembro, quando usuários passaram a reclamar de uma “preguiça” da IA. Este LLM tem uma capacidade de processamento de respostas quatro vezes maior que a versão não-Turbo. Sua base de conhecimento é a mais atualizada, contendo informações até dezembro de 2023.

Com informações: NeoWin

Receba mais sobre Bing Chat na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados