Nem o Winamp, clássico player de músicas para Windows, escapou dos NFTs

Winamp 5.9.1 RC 2 traz mais estabilidade ao programa; player de músicas virou um lugar para você reproduzir sua biblioteca de NFTs

Bruno Gall De Blasi
Por
It really whips the llama's ass (Imagem: Reprodução)
It really whips the llama's ass (Imagem: Reprodução)

Winamp sempre viverá em nossas memórias. Felizmente, os desenvolvedores do player de músicas estão mantendo o programa de pé e liberaram a versão 5.9.1, com inúmeras melhorias para deixá-lo mais estável, nesta segunda-feira (5). Por outro lado, teremos que lidar com NFTs do software.

Voltemos ao passado que não parece mas já está distante: anos 2000. Naquela época, o Winamp foi uma baita solução para quem queria ouvir MP3 no computador. Além dos temas incríveis, o reprodutor de mídias trazia ferramentas incríveis, que te deixavam equalizar as músicas do seu jeito.

Os anos se passaram e não temos gigas e mais gigas de MP3 no computador. Mas o Winamp continua firme e forte, dessa vez aos cuidados da Radionomy. A empresa, por sinal, informou em 2021 que estava desenvolvendo uma nova versão, com a promessa de aproximar fãs e artistas.

Até aí tudo bem. No entanto, esta nova fase do player trouxe coisas que não mudam muito a vida das pessoas: nesta semana, o aplicativo ganhou uma função para reproduzir NFTs, segundo o TechCrunch. Com isso, os usuários terão onde tocar seus álbuns com tiragens digitais limitadas. 

Vale lembrar que a skin clássica foi vendida como NFT para ajudar uma instituição sem fins lucrativos.

Winamp 5.9.1 está entre nós

Bom ou não, felizmente, este recurso é opcional. Além disso, os usuários podem aproveitar o momento de nostalgia com o player de música clássico.

O segundo release candidate (RC) da versão 5.9.1 foi liberada nesta segunda-feira (5). A atualização, de acordo com uma publicação no fórum do player, não traz recursos novos além do reprodutor de NFT, mas resolve vários problemas que atingiam o desempenho do programa.

As notas de mudanças também citam a biblioteca de NFT. Em reação, um usuário do fórum chegou a brincar: “vivemos em tempos estranhos”.

Se o NFT vai ser útil para alguém, eu não sei – apesar de ter uma opinião bem negativa sobre isso, metaverso e afins. Mas fico feliz em saber que o Winamp está de pé.

Afinal, o programa cansou de animar as minhas tardes depois de passar a manhã inteira na escola. 

E eu não posso perder o hábito de relembrar uma das melhores coisas do Winamp:

Receba mais sobre Winamp na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Ex-autor

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Escreveu para o TechTudo e iHelpBR. No Tecnoblog, atuou como autor entre 2020 e 2023.

Canal Exclusivo

Relacionados