A Netflix estava experimentando um recurso para incentivar crianças a passarem mais tempo assistindo séries. Elas recebiam “patches”, itens colecionáveis que eram liberados após ver alguns títulos do catálogo.

Isso poderia ser algo interessante para adultos, mas foi controverso por ser voltado para crianças. Por isso, a Netflix decidiu “não seguir em frente” com os patches.

A empresa diz em comunicado ao Engadget: “concluímos o teste dos patches e decidimos não seguir em frente com este recurso para crianças. Nós testamos várias coisas na Netflix para aprender o que funciona bem — e o que não funciona bem — para nossos membros”.

Funcionava assim: algumas séries originais adequadas para crianças — como Caçadores de Trolls, Desventuras em Série e Fuller House — eram marcados com cadeados em um fundo vermelho. Você ia colecionando patches à medida que assistia episódios.

https://twitter.com/brianbuffington/status/971437860191694849

Teve quem ficou preocupado que isso iria estimular crianças a assistir TV em excesso. Outras empresas também vêm sendo criticadas nesse sentido: por exemplo, especialistas em saúde pedem que o Facebook desista do Messenger Kids, pois o app estimula crianças entre 6 e 12 anos a usar mais o smartphone ou tablet.

Com informações: Engadget.

Receba mais sobre Netflix na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados