Netflix vai oferecer maior resolução no plano básico com anúncios

Novidade chegará ao Brasil nas próximas semanas, melhorando a resolução do plano mais em conta; empresa ainda planeja acabar com o compartilhamento de contas

Ricardo Syozi
Por
Imagem casal assistindo TV - como pagar netflix sem cartão de crédito
Como pagar a Netflix sem cartão de crédito (Imagem: Cottonbro Studio / Pexels)

A Netflix comunicou que vai passar a oferecer a resolução de 1080p (Full HD) no plano básico com anúncios de sua plataforma. Atualmente, o máximo que a opção entrega é de 720p, fazendo com que a mudança seja um salto importante na qualidade. A empresa informou a novidade no relatório financeiro liberado na terça-feira (18), enquanto divulgou que não cobrará a mais pela melhoria.

Além da possibilidade de assistir a filmes e séries com a resolução máxima de 1080p, o serviço de streaming aumentará a quantidade de transmissões simultâneas de uma para duas. Vale lembrar que há menos de um ano, esse modelo oferecia o máximo de 480p.

A novidade chegará imediatamente para o Canadá e Espanha. Contudo, a companhia confirmou que a melhoria dará as caras nos outros países que oferecem o plano básico com anúncios nas próximas semanas. Ao todo, são 11 localidades. Além das duas já mencionadas, temos: Alemanha, Austrália, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Itália, Japão, México, Reino Unido e, claro, o Brasil.

O plano básico com anúncios da Netflix foi lançado em novembro de 2022 e pode ser contratada por novos e velhos usuários. As propagandas surgem antes e durante a reprodução do conteúdo, com pausas de 4 a 5 minutos com publicidades variadas. Seu preço é de R$ 18,90 por mês. Porém, há alguns filmes e seriados que não estão disponíveis nessa modalidade.

Segundo o relatório financeiro da plataforma de streaming, essa opção de assinatura já traz mais receita para a empresa do que o plano padrão.

Netflix
Netflix (Imagem/ Reprodução)

Compartilhamento de contas vai chegar ao fim

No mesmo relatório fiscal, a Netflix decidiu confirmar algo que há muito preocupa uma grande base de seus assinantes. A marca afirmou que seu plano de acabar com o compartilhamento de contas terá início no dia 30 de junho de 2023.

Em outras palavras, os indivíduos que usam uma conta paga de outra pessoa, mas que não moram com ela, não poderão mais acessar o perfil da plataforma de streaming. Vale lembrar que a companhia já iniciou essa ação em países, como o Canadá, Portugal, Espanha e Nova Zelândia no início desse ano.

No mesmo comunicado, a empresa disse que quando começou a testar esse movimento na América Latina e nas localidades mencionadas, ela teve uma redução de assinantes. Entretanto, com o passar do tempo, a Netflix conseguiu uma nova leva de usuários pagantes. Na visão da marca, esses testes foram um grande sucesso, o que trouxe confiança para introduzir a ação globalmente.

Com informações: MacRumors e TechRadar.

Receba mais sobre Netflix na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ricardo Syozi

Ricardo Syozi

Ex-autor

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. No Tecnoblog, autor entre 2021 e 2023. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral.

Canal Exclusivo

Relacionados