Nome de domínio do PornHub é alvo de ação judicial

Goodporn e MindGeek, dona do PornHub, estão em batalha judicial sobre violações de direitos autorais; Goodporn pede indenização e URL da rival

Felipe Freitas
Por
Pornhub (Imagem: Marco Verch/Flickr)
Pornhub (Imagem: Marco Verch/Flickr)

O site PornHub.com está com o seu domínio em jogo. A MG Premium, empresa também de propriedade do MindGeek, foi processada pela concorrente Goodporn. Esta pede uma indenização de US$ 10 milhões e o domínio do PornHub — que não é de propriedade da MG Premium.

A MG Premium é uma divisão da MindGeek que atua quqase como “copyright trolls”. Basicamente, essas empresas caçam possíveis violações de direitos autorais para ganhar dinheiro e proteger o seu negócio. Dessa vez, a MG Premium levou um “contra processo”, com a Goodporn alegando que houve uma autorização para exibir alguns conteúdos em seu site.

PornHub entregando o domínio? Que sacanagem!

No processo, a Goodporn pede que, se ganhar a causa contra a MG Premium, o domínio do Pornhub deve ser repassado como parte da indenização. Porém, a MG Premium não é a proprietária da URL: ela é uma empresa irmã do PornHub, ambas sob a propriedade da MindGeek. Não tem a menor possibilidade do domínio mudar de dono.

Em 2021, o Goodporn foi processado pela MG Premium por fazer exatamente o que PornHub fazia no seu início: publicar conteúdo pirata. Primeiro, a empresa tentou derrubar o Goodporn com base na DMCA, legislação americana que trata sobre direitos autorais na internet. O site não seguiu os avisos e continuou com os conteúdos no ar.

Como os avisos eram ignorados, a MindGeek, através da MG Premium, que é a dona dos direitos autorais dos conteúdos da empresa-mãe, elevou a briga processou o site, derrubando as URLs do rival.

Justiça (imagem ilustrativa: Tingey Injury Law Firm/ Unsplash)
MG Premium e GoodPorn terão uma longa disputa judicial (imagem ilustrativa: Tingey Injury Law Firm/ Unsplash)

Porém, em uma reviravolta digna de novela das 21h, Amrit Kumar, criador do GoodPorn, apresentou o documento de um acordo bilateral no qual o PornHub permitia a exibição de seus conteúdos no GoodPorn. Se o documento é verídico ou não, caberá ao juiz avaliar. Mas é ele que serve de base para o “contragolpe” de Kumar.

GoodPorn pede indenização milionária

Pela violação do acordo bilateral, Kumar pede uma indenização de US$ 10 milhões — valor presente no documento da parceria entre PornHub e GoodPorn.

Kumar também pede que todas a remoção de todas as URLs do GoodPorn no Google sejam revertidas.

Com informações: TorrentFreak

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados