Novo navegador para iPhone resume páginas com ajuda da IA

Criado por empresa que quer inventar "um jeito melhor de usar a internet", Arc Search usa IA para ler resultados e busca e reunir informações

Giovanni Santa Rosa
Por
Celular com Arc Search mostrando resultado de busca por "O que é Tecnoblog"
Resultados de busca se transformam em uma página dividida em tópicos (Imagem: Giovanni Santa Rosa/Tecnoblog)

O aplicativo Arc Search traz uma nova forma de fazer buscas: usando inteligência artificial, ele resume informações de diversas fontes e cria uma página o que o usuário procurou. Ele foi lançado nesta segunda-feira (29) para iPhone e é uma das apostas da The Browser Company para o futuro da internet.

No Arc Search, um botão “Browse for me” (“navegue para mim”, em tradução livre) surge ao lado das sugestões de busca, quando você está digitando o que quer procurar. Ao tocar neste botão, o app acessa pelo menos seis sites para obter informações. Depois, usa inteligência artificial para resumir o que encontrou e criar uma página sobre aquele assunto, com imagens, informações divididas em tópicos e até emojis.

Tela inicial do Arc Search
Botão “Browse for me” usa IA para criar página com resultados (Imagem: Divulgação/The Browser Company)

O Arc Search também pode ser usado como navegador completo, e traz recursos como bloquear anúncios, ocultar pedidos para aceitar cookies e arquivar abas automaticamente. E vale dizer: ele também faz buscas “normais” no Google — é só tocar no termo e não no botão “Browse for me”.

Arc Search nem sempre acerta tudo

A qualidade das respostas varia, já que os modelos de inteligência artificial generativas disponíveis atualmente podem “alucinar”, termo técnico para errar ou inventar fatos. O Arc Search diz usar modelos da OpenAI e de outras empresas para processar as informações.

O Verge testou para saber como foi o último jogo do time de futebol americano Kansas City Chiefs e recebeu as principais informações, mas não teve tanto sucesso ao tentar descobrir o que o ator Pete Davidson anda fazendo. Já o TechCrunch perguntou sobre as mudanças que a Apple fez na União Europeia e conseguiu um bom resumo.

Página sobre o navegador Arc criada no Arc Search
Página de resultados tem emojis e imagens (Imagem: Divulgação/The Browser Company)

Por aqui, eu perguntei como estava o time de futebol Liverpool na atual temporada. Ele acertou algumas coisas, como a posição na tabela e o anúncio da saída do técnico, mas errou outras, como o adversário do jogo de semana passada.

É possível acessar três dos links que o Arc Search usou para criar a página, mas não dá para conferir de onde ele conseguiu uma informação específica. Infelizmente, as respostas são sempre em inglês, mesmo quando as perguntas são em outro idioma. Além disso, os testes em português tiveram informações bem menos detalhadas. Por fim, vale dizer que a página demora uns 15 segundos até aparecer.

Navegador quer ser o futuro da internet

O Arc Search é uma criação da The Browser Company, empresa que coloca “um jeito melhor para usar a internet” como uma de suas missões. Até agora, ela recebeu US$ 17 milhões em investimentos.

Nos últimos anos, a companhia ganhou algum destaque com o navegador Arc, disponível para Mac e Windows. Ele conta com recursos como espaços divididos por uso, novos modos de organizar abas e um removedor de elementos de sites.

Até agora, o Arc não tinha um app completo para smartphones. No iOS, ele contava apenas com uma ferramenta para sincronizar favoritos e abas, e no Android, nem isso.

Com informações: The Verge, TechCrunch

Relacionados