PicPay agora tem conta com mais recursos para menores de 18 anos

Nova modalidade de conta para menores no PicPay dá acesso a débito, Pix e Cofrinhos, além de interfaces e recursos pensados para os mais jovens

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 1 semana
PicPay (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
PicPay agora tem conta com mais recursos para menores de 18 anos (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O PicPay estreou uma nova modalidade de conta para menores de idade. A novidade faz parte de um “hub familiar”, desenvolvido para que integrantes de uma mesma família possam fazer gestão financeira de modo compartilhado. Com isso, as contas dos menores poderão ser totalmente controladas pelos país ou responsáveis.

Já era possível criar contas no PicPay para menores de 18 anos. No entanto, elas eram mais limitadas em relação às contas tradicionais em funcionalidades como empréstimos via PicPay e investimentos.

Conta com mais recursos para os jovens

Na nova modalidade, a conta deixa de ser uma espécie de adaptação do produto para adultos para oferecer usabilidade e recursos voltados ao público mais jovem. Isso inclui acesso a serviços como cartão de débito, Pix e Cofrinhos, além de uma loja interna com produtos “kids” e gift cards para jogos, por exemplo.

Para tornar a experiência ainda mais atraente para esse segmento, o PicPay permite até que o aplicativo seja personalizado com skins de personagens.

É claro que todos os recursos da conta para menores podem ser gerenciados pelos país ou responsáveis. Via aplicativo, eles conseguem definir limites, conferir transações realizadas, programar mesadas automáticas, entre outras ações.

Conta PicPay com interface personalizada (imagem: reprodução/PicPay)
Conta PicPay com interface personalizada (imagem: reprodução/PicPay)

PicPay Família

A atenção que o PicPay direciona para o segmento de menores de 18 anos vem do potencial que a companhia enxerga nesse público, como dá a entender Pedro Romero, diretor de serviços financeiros:

Menores de 18 anos já representam 10% da nossa abertura de contas e a primeira coisa que fazem é criar uma chave Pix. Acreditamos que a conta ajuda a preencher uma lacuna importante no mercado, já que poucas ou nenhuma ferramenta oferece um equilíbrio entre o que os jovens querem e o que é útil para os pais.

Pedro Romero, diretor de serviços financeiros para pessoa física do PicPay

Esse alinhamento entre o que o público jovem espera com as necessidades dos país condiz com o conceito de “hub financeiro familiar” com o qual o PicPay começa a trabalhar.

PicPay Família (imagem: reprodução/PicPay)
PicPay Família (imagem: reprodução/PicPay)

A ideia é não só oferecer produtos para o indivíduo, mas para a família, de modo que a conta aberta para o jovem possa criar ou aumentar o engajamento dos país com a plataforma, por exemplo.

A área PicPay Família foi planejada para ter um espaço próprio dentro do aplicativo.

Receba mais sobre Pix na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados