TIM lança VoLTE em São Paulo e Rio de Janeiro

Chamadas de voz pelo 4G chegam primeiro para clientes pós-pagos

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 1 mês

Depois de lançar a tecnologia que permite chamadas telefônicas pelo 4G em algumas cidades onde já opera com a frequência de 700 MHz, a TIM liberou o VoLTE nas duas maiores cidades do país. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, usuários de planos pós-pagos estão começando a receber ligações por meio da nova tecnologia.

O VoLTE, como já explicamos, funciona tecnicamente como uma ligação VoIP, trafegando voz pelo 4G. A cobrança é feita como em uma ligação comum, descontando do pacote de minutos. Quando ativado, o VoLTE elimina a necessidade da operadora derrubar sua conexão para 2G ou 3G quando você recebe uma chamada. Além disso, a qualidade de áudio é melhor e a ligação é completada mais rapidamente.

São Paulo e Rio de Janeiro são casos específicos porque ainda não possuem 4G de 700 MHz. O sinal de TV analógica já foi desativado na primeira e está previsto para acabar em 25 de outubro na capital fluminense, mas a frequência não será liberada antes de 2018. E, como estamos falando de uma tecnologia de voz, é importante que a cobertura seja contínua e a penetração de sinal seja boa — o que os 700 MHz permitem.

Ainda assim, a operadora afirmou ao Teletime que liberou o VoLTE nessas cidades mesmo sem o 4G de 700 MHz porque realizou um projeto chamado full layer, que habilitou a frequência de 1.800 MHz em toda a rede — em adição à faixa de 2.600 MHz, que tem penetração de sinal menor e exige mais antenas para cobrir a mesma área.

Tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro, clientes pós-pagos da TIM deverão receber o VoLTE até o final do mês. Os usuários pré-pagos terão a tecnologia ativada automaticamente em suas linhas a partir de outubro.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados