Uber perde CTO e pode demitir 20% de seus funcionários

5.400 funcionários da Uber podem ser demitidos por causa da pandemia de coronavírus

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Escritório da Uber (Imagem: divulgação/Uber)

Contratado em 2013, Thuan Pham deixou o cargo de diretor de tecnologia (CTO) da Uber. Mais do que uma simples mudança de executivos, seu desligamento sinaliza para um movimento de contenção de custos: nas próximas semanas, a companhia pode demitir cerca de 20% de seus 27 mil funcionários no mundo todo.

Pham foi um “sobrevivente” dentro da Uber. Em 2017, na época dos escândalos que derrubaram o então CEO Travis Kalanick, Thuan Pham foi acusado de ignorar as reclamações sobre assédio que a engenheira de software Susan Fowler fez (e que resultaram em uma crise interna na Uber). O agora ex-CTO foi submetido a uma investigação, mas acabou sendo absolvido.

Liderando uma área de engenharia que conta com aproximadamente 3.800 funcionários, Pham esteve envolvido com as principais mudanças da Uber nos últimos anos. O problema é que a companhia foi duramente atingida pelas consequências da pandemia de coronavírus (COVID-19).

Estima-se que, nas últimas semanas, o número de corridas na Uber caiu em torno de 80% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em reação, a companhia “turbinou” o Uber Eats e criou serviços de entrega como Uber Direct e Connect. No entanto, essas iniciativas não são suficientes para cobrir os estragos da crise.

Thuan Pham (foto: TechCrunch)

Thuan Pham (foto: TechCrunch)

“Como esperado, a companhia está analisando cada cenário possível para garantir que vamos chegar ao outro lado dessa crise em uma posição mais forte do que nunca”, disse um representante da Uber.

Aparentemente, foi essa movimentação que ceifou o cargo de Thuan Pham. Mas o pior está por vir: se os burburinhos estiverem certos, por volta de 5.400 funcionários podem perder seus empregos nos próximos dias, incluindo cerca de 800 que trabalham no departamento que Pham liderava.

A Uber demitiu 400 funcionários em julho e outros 435 em setembro de 2019. Se esses números impressionaram na época, imagine os de agora. Mas a contenção de gastos parece falar mais alto: a companhia pode economizar aproximadamente US$ 1 bilhão por ano em salários se realmente diminuir seu quadro atual de funcionários em 20%.

Com informações: TechCrunch, Fox Business.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados