WhatsApp testa proteção com senha ou biometria para conversas específicas

Chat Lock apareceu no WhatsApp Beta para Android e permite mover conversas individuais ou em grupo para área separada do app

Giovanni Santa Rosa
Por
WhatsApp (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
WhatsApp (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O WhatsApp é o principal app para conversas e, querendo ou não, muita informação sensível acaba ficando ali: endereços, números de telefone, compromissos, documentos e muito mais. O app planeja adicionar uma camada extra de proteção: esconder algumas conversas e exigir senha ou biometria para acessá-las.

A novidade foi encontrada pelo site WABetaInfo na versão beta 2.23.8.2 para Android. Alguns usuários do programa de testes tiveram acesso à ferramenta, chamada “Chat Lock”.

Após ativá-la, o usuário pode mover conversas individuais ou em grupo para uma seção protegida do aplicativo. Para isso, basta ir até a página de informações do contato ou do grupo na conversa — a opção para esconder fica ali.

Recurso Chat Lock do WhatsApp
Chat Lock (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

WhatsApp já oferece bloqueio do app

Atualmente, dá para colocar uma proteção geral no aplicativo. Assim, você só consegue abri-lo usando uma senha ou biometria.

Com o novo recurso, seria possível reservar essa proteção a algumas conversas mais sensíveis. Assim, o usuário consegue manter o WhatsApp sem senha e entrar mais rápido no aplicativo.

Outra opção é usar as duas ferramentas em conjunto, para uma camada extra de segurança, caso seu aparelho caia em mãos erradas. Com tantos roubos de celular e golpes por aí, toda proteção é bem-vinda.

O Chat Lock pode servir para evitar que pessoas mais curiosas deem uma olhadinha na tela de seu celular e vejam com quem você anda conversando.

Versão Beta teve problemas

Como a ferramenta ainda está em fase de testes, não sabemos se ela será realmente lançada ou quando vai chegar a todos os usuários.

E sempre vale dizer que apps em estágio beta podem ser instáveis e apresentar problemas, como aconteceu com o WhatsApp na última segunda-feira (27 de março).

Então, se você quiser tentar, tome cuidado e faça um backup das suas conversas.

Com informações: WABetaInfo

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados