Windows 10 reduz prazo para adiar atualizações em PCs de empresas

Microsoft altera Windows Update e reduz prazo para adiar atualizações do Windows 10 Pro, Enterprise e Education

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Windows 10

A Microsoft reduziu o prazo para adiar atualizações no Windows 10 Pro, Enterprise e Education. A partir de agora, as versões corporativas seguirão o mesmo período da edição residencial do sistema operacional, de cerca de um mês. A mudança já está disponível no Windows 10 May 2020 Update, liberado em maio pela companhia.

A atualização do sistema operacional para empresas altera os ajustes presentes no Windows Update. Com a versão 2004 do sistema operacional, a Microsoft passa a permitir o adiamento em até 35 dias nas edições Pro, Enterprise e Education, em vez de 365 dias, como era praticado desde o ano passado.

Segundo a Microsoft, a mudança chegou para “evitar confusões”: “no ano passado, alteramos as políticas de instalação de atualização do Windows 10 para segmentar apenas dispositivos executando uma versão de atualização que está chegando ao fim do serviço. Como resultado, muitos dispositivos são atualizados apenas uma vez por ano”.

Apesar das alterações, os usuários das versões corporativas do sistema operacional ainda podem ativar o adiamento de atualizações em até um ano. Para isto, segundo a Microsoft, é preciso alterar as Diretivas de Grupo do Windows 10, alternativa ausente para quem utiliza o Windows 10 Home.

A versão 2004 está disponível aos usuários desde o fim de maio de 2020. Entre as novidades estão melhorias no pareamento de dispositivos via Bluetooth, novas funções e recursos no Bloco de Notas, Gerenciador de Tarefas, entre outras.

Com informações: Microsoft, Engadget, Bleeping Computer

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Ex-autor

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Escreveu para o TechTudo e iHelpBR. No Tecnoblog, atuou como autor entre 2020 e 2023.

Canal Exclusivo

Relacionados