App espião de WhatsApp: entenda como funciona e saiba identificar

Identificar um aplicativo espião ajuda a proteger sua conta do WhatsApp e pode evitar que atividades no mensageiro e dados do celular sejam enviados para outra pessoa

Igor Shimabukuro Victor Toledo
Por e
• Atualizado há 2 semanas

Um aplicativo espião de WhatsApp é uma ferramenta capaz de monitorar todas as atividades de uma pessoa no mensageiro da Meta, bem como coletar dados do celular alheio.

O uso de ferramentas para monitorar WhatsApp de outras pessoas deve ser usado somente por pais que queiram monitorar seus filhos (controle parental) ou por empresas que desejam fiscalizar dispositivos corporativos fornecidos a funcionários.

Esses apps espiões de WhatsApp geralmente ficam ocultos no dispositivo, mas podem ser descobertos por antivírus se a pessoa detectar travamentos, mensagens de erro, atividades incomuns no mensageiro da Meta, entre outros sinais.

A seguir, confira mais informações sobre o funcionamento de aplicativos espiões de WhatsApp e saiba como identificar e remover essas ferramentas de seu aparelho.

O que é um aplicativo espião de WhatsApp e para que serve?

O aplicativo espião de WhatsApp é uma ferramenta que não só consegue espionar o WhatsApp de outra pessoa, como também monitora praticamente todas as informações que entram e saem do celular. Em suma, trata-se de um aplicativo espião para celular que também pode ser chamado de WhatsApp Sniffer.

O propósito legal desses aplicativos de monitoramento consiste em permitir que pais tenham total controle sobre as atividades dos filhos na internet, e em possibilitar que empresas investiguem se o dispositivo cedido ao funcionário está sendo usado para fins corporativos. Contudo, as intenções legais de uso nem sempre são respeitadas.

Página do site mSpy, que oferece serviço para espionar o WhatsApp de outra pessoa
Página do site mSpy, que oferece serviço para espionar o WhatsApp de outra pessoa (Imagem: Reprodução/mSpy)

Como funciona um app espião de WhatsApp?

Tudo começa com a instalação do programa espião para WhatsApp no celular da pessoa (que geralmente não tem ciência sobre a ferramenta). Os pais podem instalar a aplicação ao pegar emprestado o dispositivo dado aos filhos, ou uma vítima de phishing pode baixar o programa sem querer ao abrir um link malicioso.

Uma vez instalados, esses apps podem abusar de técnicas de espionagem como navegadores invisíveis para monitorar atividades, acesso a câmeras, microfone e mensagens SMS do aparelho, ou até mesmo mapeamento de teclas digitadas para monitorar WhatsApp de outra pessoa pelo celular.

Tais técnicas concedem às ferramentas espiãs a capacidade de coletar histórico e mídias de conversas, ligações, notificações, e-mails (enviados ou recebidos), localização GPS e outras informações. E tudo acontece sorrateiramente, já que o programa espião é executado como atividade em segundo plano.

Os dados coletados então são enviados para um painel de controle disponibilizado para a pessoa que contratou o serviço de espionagem, que consegue visualizar todas as atividades feitas no celular pelo outro indivíduo.

Como identificar um aplicativo espião de WhatsApp?

É importante ter em mente que pode não ser tão simples descobrir um aplicativo espião de WhatsApp em seu celular, já que eles atuam em segundo plano e nem sempre são listados na guia de aplicativos. Portanto, é preciso ficar atento a alguns sinais que o mensageiro e o dispositivo podem apresentar.

Você pode verificar se o WhatsApp passou a travar quando aberto ou fechado, devido à integração com o app espião. Deve-se também verificar se recursos como câmera, microfone ou GPS são ativados ao entrar no mensageiro, e se mensagens que você nem chegou a ver aparecem como lidas.

Como um WhatsApp Sniffer também espiona dados do celular, é preciso ficar atento se a bateria do dispositivo está diminuindo mais rápido que o normal, já que apps espiões atuam em segundo plano. Reinicializações aleatórias e constantes mensagens de erro do dispositivo também podem ser alguns sinais.

O usuário que detectar alguns desses sinais pode verificar todos os apps instalados no celular ou fazer uma varredura com antivírus para tentar identificar um possível aplicativo espião.

Descobrindo um app espião no celular pelo gerenciamento de aplicativos
Descobrindo um app espião no celular pelo gerenciamento de aplicativos (Imagem: Reprodução/Android)

Como remover um aplicativo espião do meu WhatsApp?

Para remover um aplicativo espião o usuário pode desinstalar o app manualmente no gerenciamento de apps ( caso ele seja exibido no celular) ou diretamente no Google Play e App Store. Outra forma é instalar um antivírus confiável para que ele faça a varredura e a remoção de um spyware que estiver oculto.

Também é possível formatar o dispositivo, caso suspeite que está com um app espião de WhatsApp instalado. O celular então será restaurado para a configuração que veio de fábrica, excluindo possíveis apps ocultos. Contudo, todos os dados também serão excluídos.

É proibido usar aplicativos de espionagem de WhatsApp?

Não, desde que o uso seja praticado por pais que desejam monitorar as atividades online de seus filhos (crianças ou adolescentes), ou por empresas que queriam certificar as finalidades corporativas de um aparelho para trabalho cedido a um funcionário (desde que o trabalhador seja informado).

O uso de apps espiões de WhatsApp ou de celular é ilegal para qualquer outra finalidade. Aliás, a legislação brasileira criminaliza a invasão de dispositivos informáticos alheios e a interceptação de comunicações à distância sem as devidas autorizações judiciais, com penas de multa e reclusão de até cinco anos.

Quais aplicativos podem ser usados para monitorar o WhatsApp do meu filho?

Como o mensageiro da Meta não oferece uma ferramenta de controle parental, os pais podem usar aplicativos de monitoramento do WhatsApp que incluem funções de espionagem. Alguns exemplos abrangem:

  • AirDroid Parental Control: espelha a tela do WhatsApp em tempo real, sincroniza as mensagens de texto recebidas e monitora as mensagens enviadas, define limites de uso do WhatsApp, visualiza registros de chamada e rastreia a localização por GPS;
  • mSpy: rastreia todos os dados do WhatsApp (incluindo datas, horários e durações de chamadas), acessa as mensagens enviadas e recebidas, e monitora as mídias compartilhadas no mensageiro;
  • Spyzie: monitora todas as conversas realizadas (incluindo chats de grupos) no WhatsApp, coleta os números de telefone dos contatos do aparelho monitorado, e acessa todas as mídias enviadas e recebidas no mensageiro.

O que posso fazer para evitar que uma pessoa monitore meu WhatsApp?

O primeiro passo para evitar monitoramentos não consentidos é proteger o WhatsApp com a autenticação em dois fatores, com o cadastro de biometria e PIN, além da manutenção da atualização do mensageiro. Também não se deve clicar em links suspeitos para evitar downloads de apps espiões.

Cuidados fora do WhatsApp também são necessários. Evite emprestar o dispositivo para pessoas e não deixe de colocar uma senha no aparelho. Recomenda-se também fazer varreduras constantemente para encontrar aplicativos ocultos no Android ou iPhone, e remover spyware do celular se um app malicioso for identificado.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Relacionados