Início / TB Responde / Aplicativos e Software /

Como funciona o Enjoei

Entenda as formas de compra e venda do serviço, assim você poderá se preparar para futuras negociações; Saiba como funciona o Enjoei

Ricardo Syozi

Por

TB Responde
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Se você quer comprar produtos usados por um bom preço ou vender os itens que tem em casa, a plataforma do Enjoei pode ser uma opção interessante. Com ela, o usuário pode realizar suas negociações, definir seus valores e combinar formas de entrega. Tudo de maneira simples. Quer saber mais? Então venha comigo e aprenda como funciona o Enjoei.

como funciona o enjoei
Há muitos itens diversos na plataforma (Imagem: Unsplash / Alyssa Strohmann)

O que é o Enjoei?

Não muito diferente de plataformas como o Mercado Livre, o Enjoei é um marketplace de compras e vendas. Ele permite que seus usuários façam seus cadastros e coloquem à venda os itens que não querem mais. Mesmo tendo um grande foco em produtos usados, há opções totalmente novas e lacradas.

O site afirma que são mais de cinco milhões de peças para todos os gostos. O mais comum é encontrar roupas e similares, mas é possível se deparar com eletrodomésticos, livros, games, etc. Com tudo isso, a pergunta de como funciona o Enjoei tanto para comprador e vendedor acaba surgindo.

Como comprar

De forma muito parecida com outros marketplaces, o comprador precisa entrar no site e realizar buscas pelos itens que está atrás. Na página inicial, peças em destaque são apresentadas com marcas e categorias. Assim que encontrar algo, é só clicar para abrir mais detalhes.

A partir daí, o usuário pode ver mais fotos do produto, realizar perguntas para o vendedor, comprar na hora e até mesmo fazer uma oferta de preço. É importante prestar atenção nas qualificações para ter uma segurança maior na hora de fechar negócio. Você pode pagar via boleto bancário ou cartão de crédito.

Vale destacar as seguranças que o Enjoei oferece ao comprador:

  • O site só libera o pagamento ao vendedor após a confirmação de entrega por parte do comprador;
  • Se o comprador não gostar do produto, ele tem até sete dias para devolvê-lo. É necessário solicitar pelo próprio site;
  • O usuário pode fazer denúncias contra o vendedor se pensar que há algo errado com a negociação ou anúncio;
  • A segurança do Enjoei funciona a partir da política de privacidade do Google.

Como vender

É claro que para se tornar um vendedor da plataforma, alguns dados devem ser preenchidos pelo usuário. Informações pessoais, conta bancária e endereço completo são o primeiros. Vale lembrar que o Enjoei funciona com um cadastro gratuito.

Assim que registrar um item para venda, a pessoa precisa esperar algum comprador se interessar pelo objeto. Responder perguntas e deixar tudo o mais claro possível é responsabilidade do vendedor, pois se algum usuário desconfiar de algo, a negociação poderá ficar mais difícil.

Se conseguir concluir uma venda, basta enviar o produto com a etiqueta que o site te mandar dentro do prazo estabelecido. Para quem vende em grandes quantidades, existe o Enjoei Pro que também funciona. Assim, o próprio site ajuda a determinar valores e criar a apresentação dos itens. Com isso, os produtos são vendidos em uma lojinha específica da plataforma.

Mesmo com o cadastro de produtos sendo gratuito, o Enjoei cobra duas taxas pela intermediação:

  • Comissão de venda: 18% no preço do produto + tarifa fixa que depende do valor.

No Enjoei Pro, as taxas são maiores:

  • Para vendas de até R$ 100: Comissão de 45% + tarifa fixa de R$ 5;
  • Para vendas a partir de R$ 101: Comissão de 35% + tarifa fixa de R$ 5.

Por último, vale ressaltar que se o vendedor não cumprir os prazos definidos, a tarifa fixa terá o valor dobrado nas três vendas seguintes.

Página do Enjoei (Imagem: Reprodução)
Página do Enjoei (Imagem: Reprodução)

O Enjoei funciona?

Assim como qualquer marketplace contemporâneo, o Enjoei tem seus pontos positivos e negativos. Para quem busca por roupas e afins, há muito o que encontrar e barganhar na plataforma. Por outro lado, itens como eletrônicos são mais escassos e com valores que considero acima para uma loja de usados.

A segurança nas aquisições funciona muito bem no Enjoei, não me dando dor de cabeça nesses dez meses de uso como comprador. Porém, sempre precisei pesquisar muito e negociar ainda mais, já que muitos preços são longe de serem baratos.

Já para quem é vendedor, a plataforma cobra taxas altas (18%) em comparação a concorrentes como o Mercado Livre (cerca de 11%). Também sinto que falta um pouco de organização ao site do Enjoei, com produtos distintos se acavalando e categorias que visam nomenclaturas modernas, mas pouco intuitivas (“Baciada no jeitinho”, por exemplo).

No geral, o Enjoei é um marketplace que oferece muitas opções e preços interessantes, porém é necessário buscar bastante e estar com a paciência em dia para encontrar o que quer.

Pronto! Você já sabe muito mais sobre como funciona o Enjoei. Dessa forma, conta pra gente se pretende começar a usar o serviço. O que achou de mais interessante até agora? Do que não gostou muito?

Com informações: Enjoei.