TB Responde Internet

O que é UML?

Saiba o que é UML; entenda também como essa linguagem de notação trabalha para auxiliar no desenvolvimento de softwares

Wagner Pedro
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O desenvolvimento de um software deve seguir algumas etapas. Para garantir a qualidade, reduzir as chances de erros e facilitar o trabalho dos envolvidos, é preciso elaborar uma documentação contendo a estrutura do projeto. Isso pode ser feito com a UML, uma linguagem de notação essencial em várias etapas da criação de um programa. Mas, afinal, o que é UML? Abaixo, vou te explicar mais detalhes.

UML, ou Unified Modeling Language, é uma linguagem de notação utilizada para modelar e documentar as fases de desenvolvimento de softwares orientados a objetos, podendo auxiliar na construção, especificação e visualização de um programa.
O que é UML? (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

UML, ou Unified Modeling Language, é uma linguagem de notação destinada à modelação e documentação das fases de desenvolvimento de softwares orientados a objetos.

Utilizando uma série de elementos gráficos, como retângulos, setas e linhas, a UML consegue criar diagramas para representar as áreas de um software, suas interações e mudanças. Em outras palavras, ela fornece uma espécie de “desenho” para auxiliar a equipe do projeto a visualizar os aspectos do programa e facilitar a construção.

Assim, os desenvolvedores podem ter uma visão geral do trabalho em diagramas padronizados, evitando problemas comuns no desenvolvimento, como erros nas fases de implementação ou na comunicação entre os envolvidos. Afinal, como se trata de uma linguagem padrão, objetiva e eficiente, ela pode ser facilmente entendida.

Tipos de diagramas UML

Os diagramas são divididos em dois grandes grupos: estruturais e comportamentais. Veja abaixo mais detalhes sobre eles:

  • Estruturais: os diagramas estruturais conseguem modelar os aspectos estáticos do software, como métodos, interfaces, serviços, arquitetura e classes, por exemplo;
  • Comportamentais: os diagramas comportamentais especificam detalhes do comportamento do software para exemplificar como determinadas funções deverão funcionar, incluindo os possíveis métodos de interação dos usuários.
Tipos de diagramas UML (Imagem: Reprodução/Creately)
Tipos de diagramas UML (Imagem: Reprodução/Creately)

Quando os diagramas são necessários?

Apesar de a UML ser uma linguagem importante para agilizar o processo de desenvolvimento de um software, ela não é necessariamente obrigatória. Na verdade, seus diagramas costumam ter um uso padrão.

Na maioria dos casos, eles são inseridos em projetos onde os desenvolvedores precisam de uma visão padronizada do trabalho e das especificações; para documentar e visualizar o funcionamento do software ou auxiliar na fase inicial de implementação dos principais recursos.

Usos da UML

Geralmente, a UML é aplicada em sistemas complexos de softwares, atuando em áreas como:

  • Sistemas corporativos;
  • Serviços bancários e financeiros;
  • Telecomunicações;
  • Transportes;
  • Defesa/espaço aéreo;
  • Vendas de varejo;
  • Sistemas médicos;
  • Serviços de distribuição.

Com informações: UML.

Esse conteúdo foi útil?

Wagner Pedro

Autor

Wagner Pedro é um paraibano “arretado” apaixonado por smartphones e cobre tecnologia desde 2017. Autodidata desde a época dos PCs de tubo, internet discada e Windows XP, buscou conhecimento em pequenos cursos de Informática e uniu essa paixão ao jornalismo. Ainda sente falta do extinto Windows Phone.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque