AOL

Sobre

AOL é uma empresa de internet norte-americana fundada em 1983 sob o nome Control Video Corporation. Posteriormente alterou sua marca para America Online e expandiu seus negócios. Ficou conhecida no Brasil devido as agressivas estratégias de marketing, com forte distribuição de CDs contendo instaladores do navegador e do discador da empresa. Chegou ao país em 1999, mas obteve prejuízos milionários e fechou suas portas em março de 2006, vendendo a base de aproximadamente 200 mil assinantes para o provedor Terra.

Ainda existe: AOL vai bloquear apps de terceiros na rede do AIM

01/03/2017 às 13h15 por

A AOL (lembra dela?) está limitando o acesso de alguns aplicativos de terceiros à sua rede de bate-papo. Nesta terça-feira (28), usuários do AIM (lembra dele?) foram pegos de surpresa com um aviso de que, a partir de 28 de março, o serviço não dará mais suporte a programas como o Adium. Aplicativos similares ao Adium, como o Trillian e o Pidgin, utilizam o protocolo de chat OSCAR,

Uber adquire tecnologia de mapas da Microsoft

30/06/2015 às 11h13 por

As mudanças que a Microsoft vem promovendo nos últimos meses não dizem respeito apenas à renovação de produtos e serviços. A companhia também está se desfazendo daquilo que já não é tão relevante para as suas estratégias. Esse movimento é que a levou a vender parte da tecnologia de mapas do Bing ao Uber. Nenhuma das partes revelou o valor do negócio, mas o acordo é bastante abrangente. Além de adquirir a tecnologia, o Uber se comprometeu a contratar 100 funcionários do Bing Maps que cuidam da coleta de imagens e dados para o serviço. O "pacote" inclui ainda um data cent

Verizon anuncia compra da AOL por US$ 4,4 bilhões

12/05/2015 às 13h16 por

A AOL vai ter nova casa. A Verizon, holding norte-americana especializada em telecomunicações, anunciou a compra da empresa nesta terça-feira (12). Se o negócio for aprovado pelos órgãos reguladores, o valor a ser desembolsado chegará a US$ 4,4 bilhões. No anúncio, a Verizon ressaltou que o acordo tem como base uma oferta pública.

Acesso discado continua dando muito dinheiro para a AOL

08/08/2014 às 10h55 por

De tempos em tempos, a AOL vem a público expor os números de faturamento, lucro e por aí vai. Afinal, estamos falando de uma empresa de capital aberto, com rubrica na bolsa de valores. Também de tempos em tempos, a gente confirma que ainda tem muita gente usando a internet discada. Precisamente 2,34 milhões de clientes nos Estados Unidos. Essa galera paga em média 20,86 dólares para acessar a internet numa velocidade de até 56 kb/s. Acredite se quiser, mas o gasto com acesso dial-up subiu em relação aos 18 dólares de alguns atrás. Com isso, a AOL

Yahoo supera Google nos Estados Unidos depois de dois anos

22/08/2013 às 10h57 por

O Yahoo está maior do que o Google nos Estados Unidos, segundo dados recentes da consultoria comScore, um instituto de pesquisa nos moldes do nosso Ibope. Mas calma: neste caso, estamos falando das empresas em si, e não dos buscadores. Todos os sites combinados do Yahoo tiveram mais visitantes únicos do que aqueles mantidos pelo onipresente Google. Essa é a primeira vez que a empresa

Até a AOL lançou uma alternativa ao Google Reader

24/06/2013 às 11h19 por

A AOL, aquela dos CDs com 750 horas de internet grátis, também está aproveitando a morte do Google Reader para conquistar usuários. A empresa começou a liberar hoje, em estágio beta e mediante convite, um leitor de RSS com o sugestivo nome AOL Reader. Não há muitas funcionalidades neste primeiro momento: você pode importar seus feeds em OPML ou adicioná-los manualmente (nada de migração fácil do Google Reader) e depois lê-los apenas na interface web responsiva, que se adapta a telas de smartphones e tablets

Microsoft inicia campanha anti-Gmail

07/02/2013 às 13h03 por

Lembra-se do Gmail Man, aquele carteiro que lia todas as suas correspondências antes de entregá-las em casa? A campanha da Microsoft no ano passado causou o maior rebuliço. Com a mesma abordagem, a MS inicia nessa semana uma campanha midiática contra o Gmail. Pelos motivos de sempre. E recomenda que os usuários troquem o email do Google pelo Outlook.com. “Don’t get Scroogled”. Eis o mote da campanha. A palavra scroogle significa ser tapeado pelo Google. Faz mais sentido

AOL faz nova aposta em email – funciona com Gmail e Hotmail

18/10/2012 às 15h11 por

Ninguém quer um novo endereço de email. Partindo dessa premissa, a AOL lança nessa semana um novo serviço de email que, na prática, é um cliente baseado na web (funciona diretamente no navegador) para acessar outras contas de email. Alto, como se chama o serviço, funciona com o email dinossauro da AOL e com endereços de concorrentes, entre eles Gmail, Yahoo e iCloud. Alto funciona por meio de IMAP. Para seus criadores, seria o primeiro cliente de email nos moldes de Microsoft Outlook e Mail.app, da Apple, acessível

AOL fatura US$ 1 bi vendendo patentes (e Netscape) para Microsoft

09/04/2012 às 17h49 por

Desesperada ao ver que as pessoas não estão usando tanto os seus famigerados CDs para se conectar à internet, a AOL busca uma nova maneira de se manter viva de alguma forma. E ela parece ter encontrado uma: se livrar de alguns itens no seu portfólio de patentes em troca de dinheiro. A empresa anunciou hoje que vendeu grande maioria das suas patentes para a Microsoft. A empresa diz que vai vender mais de 800 patentes para a gigante de Redmond em um acordo que vai trazer para os cofres da companhia um total de US$ 1,056 bilhão. Outras 300 patentes vão contin

Polêmica à vista: EUA discutem sopa de leis relacionadas à pirataria e censura na internet

06/01/2012 às 10h17 por

Internautas dos Estados Unidos montam um protesto virtual para disseminar palavras de ordem contra duas propostas de lei que, até agora, deram muito o que falar. Em debate está a capacidade de entidades estadunidenses protegerem a propriedade intelectual das companhias originadas naquele país de uma forma mais incisiva e facilitada. O receio, por parte dos internautas, é de que a censura tome vez. 14 alternativas ao The Pirate Bay (sites de torrents mais populares) Por trás da

AOL continua com 3,5 milhões de assinantes de dial-up nos EUA

08/11/2011 às 16h56 por

Pode te parecer um retrocesso, mas muitos americanos continuam utilizando a internet discada como forma primeira de acessar os conteúdos dessa grande rede. O número gira em torno de 3,5 milhões de assinantes somente da AOL, aquela gigantesca empresa que viu seu negócio de dial-up encolher significativamente nos anos seguintes ao boom da banda larga na terra de Barack Obama. Eu mesmo achava que o serviço de conexão discada estava com os dias contados nos EUA. Pode ser, mas ainda existem norte-americanos que prefer

Carregar mais posts