Início » Celular » Intel anuncia novos processadores para smartphones e tablets

Intel anuncia novos processadores para smartphones e tablets

Atom "Bay Trail" de quatro núcleos estará nos tablets até o fim do ano

Paulo Higa Por
Intel na CES 2013: muitos processadores, todos para smartphones e tablets

Intel na CES 2013: muitos processadores, todos para smartphones e tablets

A Intel anunciou seus novos processadores para continuar brigando no mercado de dispositivos móveis. A fabricante de Santa Clara começou a produzir processadores competitivos para smartphones no ano passado, quando lançou o Lava Xolo X900 e o Motorola RAZR i, que nós gostamos bastante. Agora, a empresa promete melhorar o desempenho e lançar um processador móvel para mercados emergentes.

Clover Trail+

Durante a apresentação, a empresa parecia bem feliz com o processador Atom Z2480, de codinome Medfield. Nos testes feitos pela própria Intel, o RAZR i conseguiu 2.048 pontos no benchmark Google Octane, enquanto que o RAZR M (com processador Qualcomm Snapdragon) conseguiu apenas 1.098 pontos. A duração de bateria do RAZR i também foi maior que a do irmão com processador ARM e, nos nossos testes, o RAZR i realmente foi muito bem.

RAZR i tem processador Atom Medfield, com arquitetura x86

RAZR i tem processador Atom Medfield, com arquitetura x86

Anunciado como uma pequena melhoria em relação ao Medfield, o Clover Trail+ também será conhecido como Intel Atom Z2580. Diferentemente do Z2480, este será um processador com dois núcleos — e terá o dobro de desempenho em processamento bruto. O single-core Atom Z2480 de 2 GHz já consegue fazer um bom trabalho, então o Z2580 deverá ser uma opção bem interessante nos smartphones intermediários que serão lançados até o fim do ano.

Lexington

Para entrar no mercado de smartphones para países emergentes, a Intel vai lançar o Atom Z2420, de codinome Lexington. Ele foi desenvolvido tendo em mente os mercados da Índia, África e América Latina, e os primeiros smartphones com o chip serão fabricados pela Acer, Lava e Safaricom — nenhuma das três costuma trazer smartphones para o Brasil, então pode ser que ele não chegue por aqui.

Clover Trail+ é o sucessor do Medfield

Clover Trail+ é o sucessor do Medfield

O Lexington é inferior ao Medfield, tendo clock de até 1,2 GHz e conectividade HSPA+, mas foi feito para ser usado em aparelhos mais baratos: o aparelho de referência da Intel tem tela de 3,5 polegadas com resolução de 320×240 pixels, especificação típica de um Android de entrada.

O Atom Z2420 suporta dois SIM cards, uma funcionalidade que os brasileiros adoram, segundo a Gradiente. Ele tem características legais: consegue tirar 7 fotos por segundo (de 5 megapixels), tem rádio FM e expansão por cartão microSD. O consumo de bateria, segundo a Intel, é 18% menor que um chip equivalente da Qualcomm.

Bay Trail

Bay Trail: Atom quad-core para tablets Android e Windows 8

Bay Trail: Atom quad-core para tablets Android e Windows 8

O Bay Trail é a aposta da Intel nos tablets. O processador terá fabricação de 22 nanômetros, será quad-core e estará disponível até o final de 2013. A Intel diz que ele foi desenvolvido para tablets tanto com Android quanto com Windows 8 — diferente do Clover Trail, que funciona apenas com o sistema operacional da Microsoft. A nova geração do Atom para tablets tem o dobro de desempenho em relação a geração atual e melhor eficiência energética.

Mais destaques

Saindo um pouco do mercado de smartphones e tablets, a Intel anunciou novidades nos ultrabooks: todas as máquinas com processador Core de 4ª geração, também conhecidos como Haswell, terão como requisito tela sensível ao toque. Kirk Skaugen, executivo da Intel, espera que ultrabooks com touchscreens sejam vendidos por apenas US$ 599 até o fim do ano. Usuários de Windows 8 comemoram.

E como a Intel é uma empresa muito bacana, ela também distribuiu pochetes para os membros da imprensa. O Rafa gostou.

rafa-pochete-intel

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Double
Quero que fcam uma comparaçaofuncional.
mlhz
a plataforma x86 é muito, mas muito superior a ARM. A intel esta indo no caminho certo e seguindo assim vai acabar com o ARM rapidinho.
mccarvalho
ansioso pra ver essa nova geração dando vida aos smartphones com android, tenho um Razr I e já vi percebi que a Intel veio com tudo pra esse mercado, o celular é excelente! a performance e a bateria dele mostram o tanto que os processadores intel estão bons... sem contar a fluidez do android!
Kessler
Esse Atom parece promissor, considerando que o RAZR i não fez tão feio quanto acharam que faria.
Jonathan Zanella
Cadê aquele documento da Intel dizendo que processador multi core é ruim, que os celulares não precisam de tanto paralelismo...
RamonGonz
tá ficando realmente interessante essa disputa pelo mercado de processadores de smartphones e tablets!