A Intel não ouviu o despertador tocar e perdeu o barco dos smartphones, mas está bem atenta aos dispositivos vestíveis e outros itens diminutos do nosso cotidiano que em breve ficarão mais inteligentes. Como que para deixar isso claro, a companhia apresentou hoje o Quark, seu menor chip SoC até o momento.

A aposta nesta categoria é tão grande que a apresentação da novidade foi feita por Brian Krzanich, CEO da empresa, na abertura da feira IDF 2013. O nome (ou codinome) provavelmente é uma referência aos “quarks”, tidas como partículas fundamentais da matéria. Em outras palavras, esta é uma maneira que a Intel encontrou para dizer que seu novo chip é mesmo muito pequeno.

Intel Quark: não é uma graça?

Intel Quark: não é uma graça?

Detalhes ainda não foram revelados, mas a companhia explicou que o modelo X1000, que fará parte da primeira geração da linha Quark, é cinco vezes menor que os processadores Atom comercializados atualmente, ou seja, é mais ou menos do tamanho de uma unha do polegar.

E tem mais: este SoC tem tecnologia de fabricação de 14 nanômetros e possui como base a arquitetura de baixo consumo Airmont, aspectos quem contribuem para que o nível de energia exigido para o seu processamento seja cerca de dez vezes menor que os chips Atom, comparando novamente.

O alvo inicial deste SoC são smartwatches (será que colam?), pulseiras, tênis e qualquer outro objeto vestível capaz de oferecer alguma experiência de uso mais interessante se dotado de alguma inteligência. Itens que poderão se conectar à internet em futuro próximo (a tal da internet das coisas), como cafeteiras, fornos de micro-ondas e aparelhos de ginástica também são sérios candidatos.

As primeiras unidades do Quark X1000 chegarão em algum momento de 2014, quando então finalmente conheceremos as suas demais características.

Com informações: GigaOM

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Danilo Andrade
System-on-a-Chip, mais detalhadamente?
Danilo Andrade
System-on-a-Chip, mais detalhadamente?
rbr
Mal posso esperar para ver a aplicabilidade do chip no mundo prático.
Adriano Brito
System-on-a-Chip
Adriano Brito
System-on-a-Chip
ricardoppf
É impressionante 14 nanômetros? Até bem pouco tempo, ela dizia ser bem difícil atingir tal meta, o mais provável é que ela já dispunha de tal tecnologia, mas preferia pequenos avanços, agora que a disputa apertou, decidiu liberar.
Abilio Simeão
Mais uma que chegou bem atrasada para o barco da computação móvel e agora está correndo contra o tempo. A diferença é que no caso da Intel, a resposta parece ser muito boa...
Jonatan Nunes da Silva
Q diabos é um SoC?
Rafael Machado de Souza
smartwatches ainda são menos absursos do que "pulseiras, tênis e qualquer outro objeto vestível". Espero mostrem um bom desempenho em smartphones e tablets. o razr i ficou muito bom. esses novos processadores tem tudo pra dar certo no mercado certo.
Mandr4k
Intel seja esperta, e peça a M$ uma parceria com o WP. #fikdik
Bestknighter
Beleza, agora precisamos de empresas que invistam muito em pesquisas na área energética... Melhorar bateria, viabilizar super-capacitores, qualquer coisa! Desde que façam! Porque na área de processamento já estamos bem servidos...