Início » Antivírus e Segurança » Tim Cook: Apple vai reforçar a segurança do iCloud

Tim Cook: Apple vai reforçar a segurança do iCloud

Por
5 anos atrás

A Apple jura de pé junto que o iCloud não tem vulnerabilidades. O recente vazamento de fotos de celebridades seria consequência de “ataques bem direcionados a nomes de usuários, senhas e perguntas de segurança”. Mesmo assim, a empresa vai reforçar a segurança do serviço. A promessa foi feita por ninguém menos que Tim Cook.

Em entrevista ao The Wall Street Journal, o CEO da Apple ressaltou que os invasores que acessaram as contas das celebridades o fizeram acertando a pergunta de segurança do mecanismo de recuperação de senhas ou aplicando algum esquema de pishing scam. Vazamento de logins e senhas diretamente dos servidores nunca aconteceu, segundo o executivo.

Tim Cook: "toca aí!"

Tim Cook: “toca aí!”

Para evitar novos casos, Cook disse que Apple começará a enviar alertas automáticos por email e notificações push toda vez que alguém tentar alterar a senha de uma conta ou restaurar os dados do iCloud em um novo dispositivo. Avisos também serão emitidos quando o aparelho acessar uma conta do serviço pela primeira vez.

Esta medida deve ser implementada em até duas semanas. Atualmente, os sistemas da Apple apenas enviam alertas quando alguém tenta mudar o login ou a senha de uma conta a partir de um dispositivo da marca.

Na entrevista, Cook dá a entender que a questão da segurança está mais relacionada ao comportamento dos usuários do que com aspectos tecnológicos. Por isso, estratégias de conscientização também estão nos planos da Apple.

A companhia pretende ainda promover o uso de autenticação em dois passos. Esta proteção já existe, mas é pouco adotada pelos usuários do iCloud. Para mudar este cenário, o iOS 8, a ser lançado neste mês, terá recursos para ativar a funcionalidade a partir do dispositivo móvel mais facilmente.

Este tipo de proteção é mesmo importante. Não é difícil descobrir detalhes sobre celebridades, assim, questões de segurança de suas contas podem ser respondidas corretamente por terceiros com relativa facilidade. Nestas circunstâncias, a autenticação em duas etapas evita o acesso indevido às contas.

icloud

As medidas são bem-vindas, portanto. Porém, muitos especialistas em segurança acham que é pouco. Para um pesquisador chamado Ashkan Soltani, a Apple erra porque negligencia alguns pontos da segurança para não afetar a usabilidade de seus serviços.

Questionado sobre críticas como esta, Tim Cook respondeu que a Apple se preocupa constantemente com a segurança, citando como exemplo o trabalho feito com o Touch ID, sensor de impressão digital do iPhone 5s.

E quanto às suspeitas de que as invasões às contas das celebridades tenham sido feitas a partir de força bruta (método sequencial de tentativa e erro para descobrir senhas e logins)? Bom, se a Apple planeja adotar alguma estratégia para mitigar ataques do tipo, está mantendo a decisão em segredo.

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.