Início » Antivírus e Segurança » Como a Qualcomm quer prevenir a entrada de malwares no Android

Como a Qualcomm quer prevenir a entrada de malwares no Android

Integrar o hardware com detecções de software é a proposta do mecanismo Smart Protect

Jean Prado Por

qualcomm-smart-protect

A Qualcomm anunciou uma nova tecnologia para combater malwares no Android. Batizada de Smart Protect, a ferramenta é capaz de deter softwares maliciosos totalmente desconhecidos (chamados de zero-day) e de malwares que evoluem e passam despercebidos pelos mecanismos de detecção mais comuns.

Essa transformação acontece quando softwares maliciosos já conhecidos alteram o código binário dos aplicativos, fazendo com que eles fiquem invisíveis para a maioria dos antivírus. "A maioria dos antivírus funciona com a checagem da assinatura digital de arquivos dos aplicativos instalados, comparando-as com uma base de dados estática da assinatura de malwares conhecidos. Essa abordagem [...] é falha, especialmente contra o ataque diário de novos malwares nos dispositivos móveis", diz a nota.

O Smart Protect funciona a partir de uma série de APIs criadas pela Qualcomm e analisa qualquer comportamento suspeito no seu smartphone em tempo real e localmente, sem precisar consultar informações armazenadas na nuvem. Assim, a verificação é feita de forma mais rápida, porque não depende da assinatura registrada de malwares em bancos de dados, e privada, já que suas informações continuam no dispositivo. A checagem local também permite que a análise seja feita sem conexão à internet.

qualcomm-snapdragon-smart-protect-infographic

Método tradicional seguido do implantado pela Qualcomm.

Como a ferramenta é disponibilizada também para as fabricantes e desenvolvedores de antivírus, é possível detectar atividades suspeitas (uma câmera funcionando mesmo com a tela bloqueada, por exemplo) e alertar diretamente o usuário. Dessa forma, ele pode escolher desinstalar o aplicativo ou enviá-lo para a lista de apps confiáveis.

O funcionamento do Smart Protect é possível a partir da tecnologia Qualcomm Zeroth, integrado no Snapdragon 820, que permite à plataforma acesso completo ao hardware e software do processador, tornando o mecanismo mais rápido e sem gastar muita bateria. A privacidade do usuário continua sendo resguardada, segundo a Qualcomm.

Como o Smart Protect precisa do Zeroth para funcionar, é esperado que a ferramenta se limite ao Snapdragon 820 e outros processadores anunciados no futuro. A tecnologia final, portanto, deve demorar para chegar nas suas mãos. De qualquer forma, integrar o hardware com detecções de software é um jeito inteligente de combater malwares e pode ajudar a proteger sistemas fragmentados como o Android no futuro.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mariana Lagos

hahaha tb quero!

Mariana Lagos
hahaha tb quero!
Mariana Lagos

Sim. Agora quero ver o pessoal prestar atenção nisso.

Mariana Lagos
Sim. Agora quero ver o pessoal prestar atenção nisso.
Joana Cardoso

Essa função seria boa mesmo. E seria bom tb poder gerenciar as permissões dos apps.

Joana Cardoso
Essa função seria boa mesmo. E seria bom tb poder gerenciar as permissões dos apps.
Mariana Lagos

Eu tb. Aliás, está na hora da lei começar a cuidar de coisas como essa né?

Mariana Lagos
Eu tb. Aliás, está na hora da lei começar a cuidar de coisas como essa né?
Raphael Marques

Enquanto essa tecnologia não chega, pelo menos temos bons serviços como o Panda, PSafe, Comodo que protegem o celular.

Mariana Lagos

É só um pouco de boa vontade. Mas o dinheiro é que manda né? :(

Mariana Lagos
É só um pouco de boa vontade. Mas o dinheiro é que manda né? :(
Mariana Lagos

Bom, de repente as empresas de celular consigam fazer o que as empresas de pc não fazem....

Mariana Lagos
Bom, de repente as empresas de celular consigam fazer o que as empresas de pc não fazem....
Eva Ramalho

AChei ótima a ideia.Ele, aliado ao pssafe, vai deixar o celular bem mais seguro.

Eva Ramalho
AChei ótima a ideia.Ele, aliado ao pssafe, vai deixar o celular bem mais seguro.
Karina Rebouças

Se arrumarem um milagre que impeça a instalação do Du Speed eu apoio na hora

Karina Rebouças
Se arrumarem um milagre que impeça a instalação do Du Speed eu apoio na hora
Aline Lemos

boa iniciativa, qualcomm! fico feliz quando vejo matérias que informam e esclarecem sobre a importância de manter um antivirus instalado e atualizado no telefone... já vi muita gente se dar mal por não saber disso... eu sempre estou testando as opções gratuitas! por enquanto estou testando o da psafe e estou achando ele bastante intuitivo!

Isaias Freitas

Hahaha

Isaias Freitas
Hahaha
Juliano Neves

Pensei a mesma coisa. Ainda sim, achei muito interessante a iniciativa. Bacana saber que estão investindo ainda mais em segurança.

Juliano Neves
Pensei a mesma coisa. Ainda sim, achei muito interessante a iniciativa. Bacana saber que estão investindo ainda mais em segurança.
Mariana Lagos

Bem que poderia bloquear a entreda de apps como du speed né? Já instalei sem querer esse app umas duas vezes..

Mariana Lagos
Bem que poderia bloquear a entreda de apps como du speed né? Já instalei sem querer esse app umas duas vezes..
douglas

Redundante, nem uso anti virus no android, o proprio sistema tem varios recursos de segurança
Leiam este artigo :

http://techmania.com.br/goo...

douglas
Redundante, nem uso anti virus no android, o proprio sistema tem varios recursos de segurança Leiam este artigo : http://techmania.com.br/google-mostra-que-ameacas-de-malware-no-android-e-macicamente-exagerada/
Erick Silva

É praticamente um HIPS via hardware. Espero que Mediatek e outras façam o mesmo.

PS: No segundo parágrafo você escreveu "Essa transformação...". Que transformação? Se refere ao "transformed malware" que está na imagem?

Erick Silva
É praticamente um HIPS via hardware. Espero que Mediatek e outras façam o mesmo. PS: No segundo parágrafo você escreveu "Essa transformação...". Que transformação? Se refere ao "transformed malware" que está na imagem?
Pereira

Achei que aproveitariam o Snapdragon 810 para matar os vírus com esterilização por calor seco.

Rodrigo
Achei que aproveitariam o Snapdragon 810 para matar os vírus com esterilização por calor seco.
Erick Silva

Ótima alteração. É basicamente um HIPS via hardware. Espero que Mediatek e outras façam o mesmo.

PS: No segundo parágrafo você escreveu "Essa transformação...". Que transformação? Se refere ao "transformed malware" que está na imagem?