Google atrasará suporte aos chips RISC-V no Android

Atualização no Android Common Kernel excluirá códigos criados para ampliar suporte à arquitetura RISC-V. Google explicou que não desistiu dessa tecnologia

Felipe Freitas
Por
Google Play Protect deixa o Android mais seguro ao barras apps nocivos (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Google remove suporte para arquitetura RISC-V dias depois de fazer o upload de códigos de compatibilidade (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Google está removendo o suporte para a arquitetura de chips RISC-V do Android Common Kernel (ACK), seu fork do Linux. A exclusão das linhas de código voltadas à RISC-V acontecerá em um próxima atualização do ACK — e dias depois de subir diversas linhas para a compatibilidade dessa tecnologia. Isso não significa que o Google encerrará de vez os planos de ter suporte para a arquitetura de padrão aberto.

Em nota enviada ao site Android Authority, o Google explicou a decisão de remover os códigos para RISC-V do kernel Android. A big tech disse que, por não ser capaz de entregar uma solução única para todos os usuários do Android, preferiu exclui-los. A nota contrasta com a descrição do update, subida por um engenheiro sênior da divisão Android, que diz que o suporte para riscv64 foi “descontinuado”.

De qualquer modo, a resposta do Google para o Android Authority não fala sobre retomar esse suporte em atualizações futuras, muito menos se a empresa está esperando uma lançar uma solução melhorada para a arquitetura RISC-V. A certeza é que a big tech tem um grande trabalho pela frente até desenvolver o suporte adequado a essa arquitetura.

Se alguma empresa quiser lançar um produto Android com a arquitetura RISC-V, pode usar o kernel. Contudo, ela mesmo terá que implementar a solução de suporte para a arquitetura.

Chip RISC-V
RISC-V é uma arquitetura open-source e alternativa à arquitetura Arm, usada sob licenciamento por Apple, MediaTek e Qualcomm (Imagem: Tommy L / Unsplash)

Recentemente, o Departamento de Comércio dos Estados Unidos enviou uma carta ao parlamento americano envolvendo o uso da RISC-V. O Departamento está avaliando os riscos à segurança do país caso a China se aprimore no desenvolvimento de tecnologias com a arquitetura de padrão aberto.

Google, você tinha prometido!

Em janeiro de 2023, eu escrevi aqui no Tecnoblog uma notícia sobre o Google prometendo maior suporte e compatibilidade da arquitetura RISC-V no dispositivos Android. A declaração foi dada por Lars Bergstrom, diretor de engenharia do sistema operacional do Google.

Bergstrom não falou nenhum prazo de quando esse suporte chegaria ao seu ápice. No entanto, prometeu que a arquitetura RISC-V receberia a mesma atenção que a ARMv8, popularmente usada em smartphones.

Por ser uma arquitetura open-source, a RISC-V (lê-se risk five) o custo do desenvolvimento de chips é mais barato, já que não dependem de licenciamento. Assim como o seu concorrente Arm, a RISC-V é versátil, podendo ser usada em smartphones até super PCs. Porém, com suporte Android, ela passaria a competir com força nos segmentos de celulares, vestíveis e tablets — dominado pela Arm.

Com informações: Android Authority e UOL

Relacionados