Início » Negócios » Em breve você não poderá mais usar proxy para acessar a Netflix

Em breve você não poderá mais usar proxy para acessar a Netflix

Com a expansão do serviço, a empresa resolveu bloquear a prática

Jean Prado Por

A diversão acabou. Depois de anunciar a sua expansão global, a Netflix anunciou nesta quinta-feira (14) que não permitirá mais que os assinantes do serviço usem proxies ou extensões para desbloquear o conteúdo. Essas ferramentas davam uma "localização falsa" para os servidores do serviço, que exibiam o catálogo de um determinado país mesmo que você não estivesse nele.

netflix-home

O problema é que essa prática pode gerar conflitos da Netflix com as agências de licenciamento de conteúdo. Os direitos de uso de alguns filmes e séries servem apenas para determinadas localidades (e é por eles que a Netflix paga), então dá pra entender porque as agências ficariam frustradas ao verem os usuários do serviço burlando o bloqueio.

Ainda assim, a empresa sinalizou que está progredindo para licenciar parte do conteúdo ao redor do mundo, especificamente nos 190 países que a empresa agora atua. "Ainda há o que fazer para oferecemos às pessoas os mesmos filmes e séries em todo lugar. Nós estamos ansiosos [...] para que os nossos consumidores aproveitem ao máximo a Netflix sem usar proxy", disse o comunicado.

A partir das próximas semanas, quem usa alguma extensão ou proxy para desbloquear o conteúdo da empresa na sua região só poderá acessar o serviço a partir do país em que está. A empresa ainda afirmou acreditar que a mudança não impactará membros que não usam proxies.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Edgar Quadros
kkkkkkkk ! Mitou !
Adrian Teixeira
tomara
Rodrigo
Pera ai! Proxy nao é a mesma coisa que VPN! Tem como ser mais claro? Defina "alguma extensão" ? O que eu entendi o VPN vai ficar firme e forte, correto? E nem tem como bloquear isso tb.
JGui

Torrent é vida. Torrent é amor.

Jamais largarei meus preciosos torrents. Jamais.

Guilherme Ferreira
Torrent é vida. Torrent é amor. Jamais largarei meus preciosos torrents. Jamais.
Daniel Teixeira
Exatamente. A exibição do conteúdo pela Netflix pode infringir um contrato com outra operadora.
Tiago Celestino
Mas já existe pressão, principalmente das operadoras de TV a cabo, que também viu a fuga de assinantes.
Guilherme7TW
No balanço do último ano a filial brasileira do Netflix ultrapassou o SBT em faturamento, se continuar crescendo a ponto de incomodar a emissora da "esfera" pode ter certeza que a pressão sobre o Netflix não vai ser só por parte das produtoras.
Tiago Celestino
hahaha fico imaginando se um dia o Facebook passa cobrar por algo que o pessoal usa na rede social, o que vai acontecer. rsrsrs
Baidu feat MC Brinquedo

Engraçado é ler as reclamações da Netflix no reclameaqui.

O povo se dá ao trabalho de digitar um textão pra reclamar que a Netflix não melhora o catálogo, que tem um par de séries desatualizadas e etc. O povão não faz a mínima ideia do que seja copyright. Acham que a Netflix não disponibiliza as séries e os filmes porque não querem.Como tem gente ignorante nesse mundo, aff!

Hao123
Engraçado é ler as reclamações da Netflix no reclameaqui. O povo se dá ao trabalho de digitar um textão pra reclamar que a Netflix não melhora o catálogo, que tem um par de séries desatualizadas e etc. O povão não faz a mínima ideia do que seja copyright. Acham que a Netflix não disponibiliza as séries e os filmes porque não querem.Como tem gente ignorante nesse mundo, aff!
HomeroGamer-BanidodoMB

Isso sem falar nos licenciamentos já existentes nos países.

Vamos um exemplo, a Rede Globo comprou uma série X qualquer para evitar que a Record comprasse e colocasse no horário das novelas. Assim evitando guerra de audiências. Dai chega o Netflix e quer colocar a série aqui e não pode porque o contrato está com a Globo.

Homero Gamer
Isso sem falar nos licenciamentos já existentes nos países. Vamos um exemplo, a Rede Globo comprou uma série X qualquer para evitar que a Record comprasse e colocasse no horário das novelas. Assim evitando guerra de audiências. Dai chega o Netflix e quer colocar a série aqui e não pode porque o contrato está com a Globo.
Daniel Teixeira
Depende de como eles fazem o licenciamento por país. Suponhamos que em um país o conteúdo seja licenciado para a Netflix por um preço fechado, independente de visualizações. E digamos que em outro país eles tenham um acordo de preço por visualizações do conteúdo. Se o usuário que contratou o serviço no segundo país acessar o conteúdo com um proxy para o primeiro, teoricamente a empresa só vai receber metade do rendimento.
doorspaulo
Eu ainda acho que o Netflix irá dar aquele "migué", do tipo "olha, estamos tentando bloquear, mas ta osso ein!" e, quem usa proxy, vai continuar usando.
Exibir mais comentários