Início » Aplicativos e Software » Financie isso: Rocketbook Wave, o caderno para quem envia anotações para as nuvens

Financie isso: Rocketbook Wave, o caderno para quem envia anotações para as nuvens

Emerson Alecrim Por

Rocketbook Wave app

Não é só para diminuir a papelada. Serviços como Evernote, OneNote e Google Drive existem para que a gente possa localizar notas, rascunhos, recibos e outras informações rapidamente. Mas, apesar de tamanha praticidade, nem sempre podemos (ou queremos) nos livrar do tradicional bloquinho de notas em papel. E se pudéssemos unir esses dois mundos? Essa é a proposta do Rocketbook Wave, projeto que está em campanha no Kickstarter.

Esse não é um produto altamente sofisticado, pelo contrário: trata-se de uma ideia simples, mas que promete ser bem executada: estamos falando um kit que, na versão mais básica, contém um bloco de notas, uma caneta especial e um app. Só.

A proposta é a seguinte: você faz notas, gráficos e desenhos no caderno usando a caneta que o acompanha e, com o aplicativo, passa tudo automaticamente para o serviço nas nuvens escolhido. Dá para usar Evernote, Google Drive, OneNote, Dropbox, email, Slack, entre outros.

Como esse trabalho é feito? Simples. As folhas do bloco de notas têm sete ícones distintos na parte inferior. No aplicativo, você deve associar cada um desses símbolos a um serviço nas nuvens diferente. Depois, tudo o que você precisa fazer é marcar com a caneta o ícone do serviço para o qual você deseja enviar o conteúdo daquela página.

Rocketbook Wave

Usando a câmera do smartphone, o aplicativo fará a digitalização do conteúdo e enviará o resultado para o serviço associado ao ícone marcado. Por exemplo, se você associou o ícone do trevo de quatro folhas ao Google Drive, é para lá que o conteúdo digitalizado será enviado, automaticamente. O app só não é capaz de fazer reconhecimento de texto, mas essa funcionalidade já está em desenvolvimento.

Um detalhe interessante é que você não precisa ser minucioso na hora de posicionar a câmera sobre o bloco para evitar que a digitalização saia torta ou que detalhes externos sejam capturados. As folhas possuem uma borda preta que orienta a digitalização pelo aplicativo: tudo o que estiver de fora não será incluído; se a folha estiver torta, a borda ajuda o app a corrigir a posição.

Rocketbook Wave - folhas

As folhas possuem ainda um QR Code para organização de páginas. Dessa forma, você não precisa seguir a ordem das folhas para numerá-las. Com o QR Code, o aplicativo seguirá a ordem de digitalização para fazer isso.

O problema de um bloco de notas como esse é que as folhas disponíveis não são infinitas, certo? Mas, em vez de comprar outro bloco quando todas as folhas forem usadas, você pode simplesmente reaproveitá-lo: a caneta especial que acompanha o kit é uma Pilot Frixion que pode ser encontrada em papelarias (inclusive no Brasil).

A tinta dessa caneta pode ser apagada com calor, logo, basta que você use um secador de cabelo ou coloque o bloco de notas no micro-ondas junto com um copo d’água para que as folhas fiquem como novas. Há um marcador na capa do caderno que informa quando você pode voltar a utilizá-lo depois de aquecê-lo.

Por que é legal? O Rocketbook Wave é um kit que facilita a digitalização de notas e a transferência desse conteúdo para diversos serviços nas nuvens. É útil para quem para se preocupa em melhorar a organização e a produtividade.

Por que é inovador? A ideia tenta combinar a conveniência dos serviços nas nuvens com a praticidade de registrar anotações e afins em um bloco de notas "real".

Por que é vanguarda? Não é, na verdade. Apps de digitalização já existem (o CamScanner, por exemplo, é muito bom) e as canetas Frixion já estão há algum tempo no mercado. O diferencial mesmo está no desenho das folhas e no aplicativo (que, a propósito, é gratuito).

Vale o investimento? Depende. O kit mais simples, com um caderno (há duas opções de tamanho), uma caneta e o aplicativo custa US$ 27. Não é exatamente barato. O Rocketbook Wave vale a pena para quem utiliza vários serviços nas nuvens e precisa de agilidade para organizar tudo (eu, por exemplo, uso o Google Drive para conteúdo mais extenso e o Evernote para notas curtas, e frequentemente passo para esses serviços dados anotados durante palestras ou coletivas de imprensa).

Rocketbook Wave - opções

Embora simples, a ideia agradou bastante: a meta do projeto é de US$ 20 mil, mas, durante a publicação deste post, a arrecadação estava em quase US$ 470 mil. Em uma campanha similar realizada no ano passado, o Rocketbook Wave obteve mais de US$ 1 milhão.

Os envios dos kits começam em agosto. Quem quiser fazer um teste pode instalar o aplicativo (para Android e iOS) e imprimir os modelos das folhas (versão grande e pequena).