Depois de Claro e TIM, a Vivo anunciou que iniciou o processo de refarming de frequências e irá utilizar a faixa de 1.800 MHz para a tecnologia LTE. A frequência era utilizada exclusivamente em redes 2G e a operadora fez uma limpeza de blocos de 5 MHz para reaproveitá-los na tecnologia 4G.

Por ser uma frequência menor que a adotada atualmente pela operadora (2.600 MHz), a penetração de sinal será maior. Ao Teletime, a Vivo afirmou que investirá de forma agressiva no refarming (reaproveitamento de frequências) de 1.800 MHz, com a expectativa de fazer uma limpeza ainda maior na frequência da operadora. A ideia é fazer o mesmo com o 850 MHz, mas isso é um projeto a longo prazo, por se tratar da principal faixa da Vivo na oferta de 2G.

vivo-marca-logo-torre

A Vivo também anunciou que irá fazer agregação de portadora e, assim, oferecer LTE Advanced, que permite maior velocidade na transmissão de dados. Durante a Futurecom, a operadora fez testes agregando as frequências de 1.800 MHz, 2.600 MHz e 700 MHz — essa última frequência também será utilizada pela operadora após a liberação das faixas da TV analógica. A faixa será desocupada em todo o Brasil apenas em 2018.

Durante os testes no evento, feitos com modem Snapdragon X16, a Vivo agregou 35 MHz de espectro utilizando modulação 256 QAM e tecnologia MIMO 4×4, que dobra o fluxo de dados entre antena e dispositivo. Com toda essa comunicação, é possível atingir velocidades acima de 530 Mb/s — resta saber se a operadora vai aumentar as franquias de dados na mesma proporção.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago Mocci
Muito obrigado.
avinicius
Sim, essa frequência é a banda 3 que é suportada pelo X Play.
evefavretto
Precisava desenterrar? Anyway, provavelmente tá ruim por que a Vivo usa míseros 5Mhz na banda 3.
tchub27
caí nessa matéria justamente por que perecebi esse ícone do 4G+ aqui em BH ontem no meu S7, ironicamente também estava péssimo
Thiago Mocci
Como saber se meu aparelho sera beneficiado? Uso um Moto X Play brasileiro. A nova frequência será pego por ele?
Lobo Solitário
Ah sim, realmente é lamentável isso que a Vivo quer impor. Não entendo essa atitude do Amos, quando ele era o presidente da GVT era uma pessoa, depois que assumiu a Vivo, parece que viraram ele do avesso, surtou total.
Ricardo Cubas
Amigo, estou me referindo aa banda larga fixa da Vivo. O plano mais caro tem franquia de 300 gigas. Lamentável.
Lobo Solitário
E pra que diabos vc quer assistir filmes em Ultra HD no celular? Aí já tá forçando a barra só para ter motivo para reclamar.
Hemerson Silva
Mas aí é banda larga fixa.
Julio Dessoy
Base da 2g da vivo pequena ?? "A Vivo é que tem a maior base 2G ainda no país (dados do final de 2015), com 31% do mercado, de pouco mais de 70 milhões de acessos, revela o estudo." http://www.telesintese.com.br/vivo-tem-mais-clientes-em-4g-e-2g-claro-em-3g/
Michel Vieira Pinto
O Tim BETA manda lembranças e bla bla bla...
Andre Guilhon
Baita celular. A tarde pretendo instalar o Cyanogen 14 (android 7), para corrigir o único e grande problema dele: A falta de atualização.
Andre Guilhon
E depois LTE-Advanced Pro Plus Max Ultra...
Andre Guilhon
Pô, minah franquia de celular aumento de míseros 400MB (mais 400 de bônus) para 1,5GB. Mantendo o mesmo preço, no controle. Veja bem, é pouco, mas me resolve já que passo 90% do tempo coberto por wi-fi. E aumentou. Sem aumentar o preço. E a velocidade costuma ser bem boa. Tudo bem que eles me ligaram 32 vezes tentando me fazer mudar de plano, para um plano que custava 50% mais, tinha menos franquia de dados, mas aumentava meus minutos (acho que tenho 50 minutos no momento, dos quais uso 0). Mas foi só dizer não 87 vezes em cada ligação e pronto! Podiam mesmo era entrar com planos fartos em internet, e sem nenhum minuto de ligação. Eu certamente migraria.
Fábio Moser
KKKK...
Exibir mais comentários