O Uber informou nesta segunda-feira (13) que começou a exigir que os passageiros informem o número de CPF antes de solicitarem corridas com pagamento em dinheiro. A medida tem como objetivo melhorar a segurança do serviço de transporte particular, que vem sendo criticado pelo aumento do número de assaltos a motoristas depois que começou a aceitar a nova forma de pagamento.

Por enquanto, segundo o Estadão, a exigência vale somente para a cidade de São Paulo, mas deverá ser expandida para o restante do país. Além do número do documento, os usuários precisarão informar a data de aniversário do dono do CPF ao solicitar uma corrida com pagamento em dinheiro. Essas informações serão verificadas em um banco de dados antes do início da corrida para evitar fraudes.

O Uber também afirmou que está testando “uma ferramenta que permitiria aos motoristas parceiros ampliarem sua escolha sobre meios de pagamento”. Parte dos motoristas já recusa corridas com pagamento em dinheiro por medo de assaltos, especialmente quando percebem sinais de que o usuário é recém-cadastrado ou solicitou a corrida em um lugar de maior risco.

Inicialmente, o pagamento em dinheiro foi um teste do Uber para aumentar sua fatia de mercado em regiões onde os cartões de crédito eram menos comuns, mas a ideia logo foi expandida para outras cidades — e as notícias de assaltos se tornaram mais frequentes. No início do mês, uma passageira foi vítima de um sequestro-relâmpago ao solicitar uma corrida do Uber em São Paulo; criminosos escondidos no banco do passageiro e no porta-malas exigiram que ela sacasse dinheiro e fizesse compras.

Antes tarde do que mais tarde.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Kelton Souza

Eu sabia que você entenderia de forma errada.
Mas, enfim... Eu trabalharia sim como Uber, mas nunca no RJ, nem visitar ai eu quero.
Na verdade se pudesse nem no Brasil eu estaria.
Viver com dignidade só fora desse país mesmo.
Aqui só servimos para pagar impostos.

Mauricélio Mesquita

No RJ Uber hoje tem engenheiros, advogados, ex-comissários de bordo e outros, não tem só analfabetos não, infelizmente vivemos em um estado falido pelo governador cabral, olimpíadas e muita corrupção.

Kelton Souza

Eu estudei pra não ficar atrás de um volante.
Mas, se fosse necessário faria da mesma forma, mas não nessa terra sem lei que é o RJ

Mauricélio Mesquita

Simples é você trabalhar e depois vir aqui e responder. Muito simples

Kelton Souza

É só trabalhar em outra coisa, ou em outra cidade. Simples assim😉

Mauricélio Mesquita

É meu camarada pega seu carro e trabalha uma semana, depois vem aqui e me fala o que você achou da Uber e da segurança que tu viveu ao trabalhar no Uber. Uber nem pro cliente e bom.

Alessandro Rodrigues Bennett
Sou menor de idade,não tenho cartão,seria ridiculo tirar o dinheiro. Pelo amor de Deus,não tirem a opção de dinheiro
Kelton Souza
Cara, reveja o seu comentário, então na sua cabeça a empresa que não obriga ninguém a trabalhar para ela (já caiu a escravidão) propõem uma forma mais abrangente que é a cédula e você critica por colocar a vida de motoristas em perigo? O problema realmente é a empresa que está nos dando mais uma opção de pagamento ou de nossas leis, educação, segurança e politicas falhas?
Waldemar SJC
Qualquer funcionário de cadastro de supermercadinho de esquina, livraria, loja de brinquedos, lojinhas virtuais e até porteiros de condomínio, têm acesso aos números de cpf e dados de centenas de pessoas. Essa justificativa do Uber sobre "segurança" é ridícula. O que eles querem mesmo é que todo mundo cadastre um cartão de crédito, para poderem fazer descontos indevidos a torto e a direito. Vale o ditado popular: "De grão em grão a galinha enche o papo." No meu caso, foram feitos 8 descontos indevidos em um único dia e não consegui fazer nenhuma viagem. Tentei diversas vezes, dava mensagens de erro, mas no final não consegui completar um pedido sequer de carro. Porém, vieram 8 pequenos débitos indevidos no meu cartão de crédito, solicitados pelo Uber e pelo Paypal, em nome do Uber. Detalhe: o cartão de crédito tinha limite mais que suficiente para pagar 300 trajetos de 5 km cada um, como esse que eu pretendia fazer. Imagino quanto dinheiro deve render essa tática astuciosa do Uber, de fazer pequenos descontos indevidos em milhões de cartões de crédito cadastrados pelas pessoas e, em contrapartida, não prestar o serviço devido. Só nisso eles já devem tirar a diferença dos preços menores cobrados pelas viagens. E no final fica tudo por isso mesmo, pois não existe atendimento "humano" ao cliente. E creio que seria mesmo impossível ter atendentes suficientes para resolver tantas reclamações, se todo mundo reclamasse. Talvez a maioria das pessoas acabe "deixando para lá", para não se aborrecer por pouco. Eu, como minoria, enviei uma reclamação via App e pedi o reembolso em dobro dos valores debitados. Estou esperando um retorno. Se não me devolverem, vou publicar uma reclamação bem mais pesada no Reclame Aqui, para divulgar essas trapaças que certas empresas fazem e todo mundo deixa passar impune, para evitar "trabalho". E se esta história for não real, desafio o Uber a me desmentir, pois tenho o extrato do meu cartão de crédito com os lançamentos, para provar o que disse. E olha que eu não fiz nenhuma viagem nesse dia e sequer cheguei a acionar algum motorista, pois simplesmente não funcionou, por mais que eu tentasse. Conclusão: descadastrei meu cartão de crédito do Uber e estou só aguardando uma solução para desinstalar o app do meu smartphone. Estou farto de empresas "picaretas" que julgam qualquer cliente segundo os seus próprios princípios. Todo mundo é mal intencionado. Menos eles.
Mauricélio Mesquita
Tudo mentira desta empresa facista e de escravidão em pleno século 21, aqui no rj vários motoristas tem sido assaltados, por pagamento em dinheiro, já tem até um nome UBER DELIVERY dos bandidos, está precisando de um carro ou de dinheiro pra comprar drogas ou armas, chama um uber, quer um smartphone Novo chama um uber, isto é UBER DELIVERY, Aqui no Rio de Janeiro, ja ouvi vários relatos de motoristas, roubo, transporte de armas e drogas, isto quando o motorista não é morto, e a uber sabe de tudo isto, mas está facista so esta preocupada em receber os 25 por cento dela. UBER OFF.
David Bernardes
A segurança na rua não vai depender de Uber não é sim das autoridades!
Eliezio

Achar um CPF válido na internet é muito fácil com algumas pesquisas, Faz a identificação facial pra essas corridas e acaba logo com a festa desses bandidos.

SNI Contabil
Achar um CPF válido na internet é muito fácil com algumas pesquisas, Faz a identificação facial pra essas corridas e acaba logo com a festa desses bandidos.
Danillo Nunes

Dica: Procure um app chamado Vah, ou outro chamado Taxi Fair. Eles comparam na hora o preço de Uber vs 99 Taxis vs Cabify vs Easy Taxi (e mais uns outros).

Danillo Nunes
Dica: Procure um app chamado Vah, ou outro chamado Taxi Fair. Eles comparam na hora o preço de Uber vs 99 Taxis vs Cabify vs Easy Taxi (e mais uns outros).
Exibir mais comentários