Início » Software » É o fim da linha para o Windows Vista

É o fim da linha para o Windows Vista

Por
35 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Windows Vista é considerado um dos dez maiores fracassos de tecnologia pela revista Time. É o maior arrependimento de Steve Ballmer na Microsoft. E hoje, é hora de dizer adeus a este sistema operacional.

A Microsoft não dará mais suporte estendido ao Windows Vista após 11 de abril de 2017. Ou seja, ele não receberá novas atualizações de segurança, nem suporte oficial (gratuito ou pago), nem atualizações de conteúdo técnico online.

Por sorte, a maioria das pessoas já deixou de usar o Vista: ele está presente em apenas 0,72% dos PCs em todo o mundo, de acordo com a NetMarketshare. (O Windows XP continua acima de 7%, mesmo sem ter suporte oficial desde 2014.)

O Vista foi bastante criticado por diversos motivos, e nós listamos alguns na época. Um deles era exigir muito do hardware: “algumas melhorias de usabilidade são notáveis no Vista, mas será que isso serve de justificativa para que ele devore todos os recursos da minha máquina? … é como se tivesse feito um downgrade de processador e placa de vídeo, ao invés de um upgrade comum de sistema”.

Outro deles era o Controle de Conta de Usuário (UAC), que exibia alertas de segurança para praticamente tudo e irritava o usuário. É algo que a Apple capturou bem em um comercial da série “I’m A Mac”:

E também havia outros problemas: incompatibilidade com programas antigos; problemas de drivers; e um recurso falho que podia acusar de pirata sua cópia legítima do Vista, restringindo as funcionalidades do sistema.

Como lembra o The Verge, a ideia do Vista (codinome Longhorn) era revolucionar o Windows com um novo sistema de arquivos (WinFS) e uma nova interface de usuário. No entanto, o desenvolvimento saiu do controle e sofreu atrasos; a Microsoft decidiu, então, apenas fazer uma versão estável para o lançamento.

Há, é claro, alguns aspectos positivos no Vista. Ele trouxe uma estética de janelas semitransparentes com o Windows Aero (esse design está voltando de uma forma diferente no Windows 10). O recurso de espiar a área de trabalho levando o mouse para o canto inferior direito começou nessa versão. E a função de busca no menu Iniciar só ficou mais poderosa desde então.

Mas, finalmente, é hora de seguir em frente e deixar o Vista na história.

  • Andre Kittler

    Ironias… tirando o marketing burro de lado, ficamos com a realidade que o 7 é pouco mais que um aprimoramento do Vista.
    É como o fracasso do Windows 8, que teve sua skin alterada para o sucesso do Windows 10. A historia sempre se repete.

    • CtbaBr

      Cara, eu uso Windows desde o 3.1, instalado com disquetes!
      Na minha opinião as melhores versões foram o 98, o XP, e o 7!
      Em matéria de rejeição, o Vista foi similar ao Millennium!

      • André Kittler

        Boa questão.. melhores para min em ordem: 2000, 7 e… serio. Vista. Vista era ótimo (apos o SP1 e se tivesse uma maquina forte).

        • ochateador

          Instala o SP2, no mínimo 2GB de ram (sempre em dual channel) e algum processador dual-core de 2+ GHz.
          Já rodava liso e não tinha engasgo no dia a dia.

        • CtbaBr

          Então… O legal é ver que as pessoas tem uma visão diferente sobre o Windows, eu não me adaptei com o 2000 e nem com Vista, o 7 eu uso até hoje!

      • SiouxBR

        Caramba! Tinha até esquecido do Millennium… aquilo sim é que foi um Windows ruim!

        • CtbaBr

          KKKKKKK… Pouca gente lembra desse “cara”!

    • Anderson Antonio Santos Costa

      O Windows 8 não foi tão rejeitado quanto o Vista. Mas a interface era confusa e tablet-like. Gostava das live tiles. O sucesso do Windows 10 se deve ao fato de usuários com Windows piratão terem atualizado para o Windows 10 sem custo algum. E isso ocorre até hoje.

      • Cortana

        Você já se deu conta que toda a concorrência não cobra pelo sistema operacional?

  • Tudo que existe atualmente no Windows (ignorando UWP) veio do Vista praticamente. Também foi a última versão a ter uma mudança substancial no kernel (teve algumas agora no 10).
    Também foi a versão a ter trocado todo o stack de drivers (que é usado basicamente até hoje), foi o sistema que trouxe o dwm (basicamente, qualquer coisa gráfica via GPU, etc). Foi o sistema que trocou a forma como atualizações funcionavam (e que é o mesmo até hoje).
    Vista foi até que decente vendo no total o tanto de mudanças que teve, e a história que ocorreu.

    Tiveram que abandonar o Longhorn na época, devido aos problemas de segurança do XP, e deixaram os engineers “juniors” no longhorn, e dai já viu no que deu né?
    Quando os engenheiros experientes voltaram, basicamente resetaram tudo com base no Server 2003 de tão feia a situação.

    Então acho que no panorama geral, ele estava super aceitável até.
    O problema foi a Microsoft ter cedido a pressão das fabricantes e ter liberado a instalação em PCs com 512mb (assim como novos), e o maior: elas tiveram pouco tempo para se adaptar a nova realidade dos drivers.

    • Trovalds

      Triste em ver que um SO tão capaz foi neglicenciado assim. Curiosamente acabei pulando do XP pro 7 por conta de preguiça. Na época minha máquina rodava redonda com o XP e quando migrei pro 7 foi num upgrade de máquina.

      Enfim, não deixou saudades por falta de uso mesmo.

    • rtnk

      Concordo. Acho que o Vista também foi um empurrão pra galera comprar PCs mais poderosos e com mais recursos. Até então não era difícil ver a galera rodando Win 98 ou XP com 128MB e sem placa de vídeo. Se não rolasse isso, não teríamos a evolução que tivemos nos últimos anos.

      O Vista tinha muitos bugs quando saiu, mas no SP1 ele era MUITO estável. Sempre gostei muito da interface (desde o Longhorn) e fui muito fã da integração com a Live.

    • Marcvs Antonivs

      Ele foi revolucionário em muitas coisas (acredito que fui um dos primeiros a instalá-lo aqui em BSB, cópia da baía, bem antes de ser lançado no Brasil). Minha máquina era uma carroça, mas ele até que rodava bem. Adorava o DreamScene. Hoje, no Mac, não vivo sem um programinha chamado Backgrounds que tem a mesma função. Depois dele, a única coisa revolucionária que a Microsoft lançou foi outro sistema que eu também gostava muito, o Windows 8. Pena que nos dois casos a Microsoft não suportou a pressão de quem não conseguiu, por um motivo ou por outro, se adaptar.

  • Pelo jeito, a Canonical passou pelo mesmo dilema do Longhorn com a Unity 8.

  • CtbaBr

    Windows Vista?… Não conheço… Dizem que era muito “vistoso”!

    • Gaba

      Ta contratado, começa na quinta 😉

      • CtbaBr

        Hum… Na quinta?
        Não poderia ser na sexta, tipo depois do almoço?

  • Gertrudes, a Lhama

    Tive a sorte de não ter tido a oportunidade de usar.

  • Ricardo – Vaz Lobo

    Win LongHorn = windows chifrudo? Deve ter sido por isso.

  • Christopher Domiciano

    Usei desde a época do lançamento até o 7 e não tive problemas. Talvez porque ele já tenha vindo de fábrica no meu micro HP, e dessa forma não tive transtornos com drivers.

  • Anderson Antonio Santos Costa

    O Windows Vista é a base do que é o Windows atualmente. Gostava da interface Aero. Mas foi um dos maiores fails tecnológicos da história.

  • Eduardo

    Eu usava desde uma versão beta que ganhei num cd. Tentei ficar fixo nele várias vezes e era um tormento kkkkkk e acabava voltando pro Xp. Só ficou estável depois de um caminhão de updates com o SP2. Até aí o 7 começou a chegar e enterrou de vez o sistema.

  • Eduardo

    Nada mais bomba que o Windows Me que tinha um bug bizarro de ficar usando o hd/processador em background sem necessidade. Por várias vezes deixava a máquina uma carroça.

    • Gabriel Gomes Costa

      17 anos depois e o 10 com o mesmo bug…

  • Guga Fabri

    Eu sempre achei que se o Vista tivesse sido concluído sem pressa, e lançado em um momento onde o hardware das máquinas já fosse compatível com a realidade do que ele necessita para rodar, teria sido um dos melhores sistemas da Microsoft. Muitos recursos que estão presentes nos sistemas 7, 8 e 10, foram implementados no Vista. Resumindo, é um sistema ótimo que sofreu os problemas de um desenvolvimento feito às pressas em conjunto com um lançamento completamente fora de época. Na minha opinião, é claro.