Início » Software » É o fim da linha para o Windows Vista

É o fim da linha para o Windows Vista

Por
45 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Windows Vista é considerado um dos dez maiores fracassos de tecnologia pela revista Time. É o maior arrependimento de Steve Ballmer na Microsoft. E hoje, é hora de dizer adeus a este sistema operacional.

A Microsoft não dará mais suporte estendido ao Windows Vista após 11 de abril de 2017. Ou seja, ele não receberá novas atualizações de segurança, nem suporte oficial (gratuito ou pago), nem atualizações de conteúdo técnico online.

Por sorte, a maioria das pessoas já deixou de usar o Vista: ele está presente em apenas 0,72% dos PCs em todo o mundo, de acordo com a NetMarketshare. (O Windows XP continua acima de 7%, mesmo sem ter suporte oficial desde 2014.)

O Vista foi bastante criticado por diversos motivos, e nós listamos alguns na época. Um deles era exigir muito do hardware: “algumas melhorias de usabilidade são notáveis no Vista, mas será que isso serve de justificativa para que ele devore todos os recursos da minha máquina? … é como se tivesse feito um downgrade de processador e placa de vídeo, ao invés de um upgrade comum de sistema”.

Outro deles era o Controle de Conta de Usuário (UAC), que exibia alertas de segurança para praticamente tudo e irritava o usuário. É algo que a Apple capturou bem em um comercial da série “I’m A Mac”:

E também havia outros problemas: incompatibilidade com programas antigos; problemas de drivers; e um recurso falho que podia acusar de pirata sua cópia legítima do Vista, restringindo as funcionalidades do sistema.

Como lembra o The Verge, a ideia do Vista (codinome Longhorn) era revolucionar o Windows com um novo sistema de arquivos (WinFS) e uma nova interface de usuário. No entanto, o desenvolvimento saiu do controle e sofreu atrasos; a Microsoft decidiu, então, apenas fazer uma versão estável para o lançamento.

Há, é claro, alguns aspectos positivos no Vista. Ele trouxe uma estética de janelas semitransparentes com o Windows Aero (esse design está voltando de uma forma diferente no Windows 10). O recurso de espiar a área de trabalho levando o mouse para o canto inferior direito começou nessa versão. E a função de busca no menu Iniciar só ficou mais poderosa desde então.

Mas, finalmente, é hora de seguir em frente e deixar o Vista na história.