Se a TIM achava que seria fácil manter a liderança de cobertura 4G, ledo engano: além da Claro, a Vivo também anunciou a meta de 2.000 municípios cobertos com a tecnologia até o final do ano. A operadora já terminou o mês de abril com LTE em mil cidades.

De acordo com a Folha, a Vivo também ativou a tecnologia LTE-Advanced, que as operadoras costumam chamar comercialmente de 4,5G. A tecnologia está presente em 56 municípios, como Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro e algumas cidades do estado de São Paulo, inclusive a capital. Ela usa agregação de diferentes frequências para entregar maior velocidade e capacidade de acesso.

Por enquanto, a TIM continua na liderança de cobertura 4G: dados do Teleco revelam que a operadora italiana tinha 1.322 municípios cobertos em março. A Claro aparecia em segundo lugar, com 851 municípios, seguida pela Vivo, com 820. Já em cobertura 3G, a situação é um pouco diferente: a Vivo lidera com 3.652 municípios cobertos, seguido pela Claro, com 3.212. A TIM aparece em terceiro lugar, com 2.878 municípios.

Entre as quatro grandes operadoras, a Oi é a que tem os menores indicadores: são apenas 284 municípios cobertos com 4G e 1.198 com 3G, números distantes dos 3.407 municípios onde a operadora atua com tecnologia 2G, que está cada vez mais em desuso. Com as metas de cobertura estabelecidas pela Anatel, a Oi precisa cobrir 1.079 municípios até dezembro de 2017, o que é uma tarefa difícil, visto que a companhia enfrenta um grande processo de recuperação judicial.

Fibra

Além do 4G, a operadora afirmou que atenderá mais nove municípios brasileiros com internet via fibra ótica até o final do ano.

No momento, a operadora possui presença (bem limitada, diga-se de passagem) em 200 cidades de 20 estados. Várias delas são da antiga GVT, que utilizava primariamente a tecnologia xDSL com armários próximos das residências dos clientes (Fiber to the Curb). A Vivo rebatizou o produto como Vivo Fibra, mesmo com a última milha sendo entregue por meio de fios de cobre. Nas novas cidades, a operadora já atua com o modelo Fiber to the Home (FTTH), que leva a fibra ótica para dentro da casa do cliente.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

charles Trindade
Tbem acho o numero de municipio muito pouco já que a frenquençia é fraca e eu moro no centro de MG . A VIVO tem que abaichar oos preços dos pacotes de internet pelo amor de deus !
Fábio

Essa questão da assimetria é chocante na Oi. O Velox de 10mb tem, pasmem, 500k de upload.

Vinícius
Essa questão da assimetria é chocante na Oi. O Velox de 10mb tem, pasmem, 500k de upload.
Fábio

Aqui em Niterói, idem. A cobertura é muito boa, mas o sinal deixa a desejar em ambientes fechados.

Vinícius
Aqui em Niterói, idem. A cobertura é muito boa, mas o sinal deixa a desejar em ambientes fechados.
Caic roberto de morais
Sinal top, até na minha cidade natal com 20 mil habitantes tem sinal 4G, TIM está de parabéns sambando na cara das outras operadoras.
Caic roberto de morais
A oi tem planos bons, mais peca na qualidade do serviço.
Caic roberto de morais
A vivo tem muito que melhorar, principalmente com preços altos e não é líder em cobertura 4G, os planos nos sites são surreal! Cobrar por dependentes? Sacanagem né!? Vivo sendo vivo.
Porto Velho

A At&t chama o 3G+ de 4G.

Emanuel Schott
A At&t chama o 3G+ de 4G.
Raul Amoretti de Souza
Boa pergunta!!! E pode perguntar se será expandido nas cidades atuais !!!
Raul Amoretti de Souza
No Vivo Fibra estou esperando ter algo em Porto Alegre! Estou em uma das maiores avenidas da capital e tenho apenas 15 MB com par trançado!!! :-o Tem que acelerar este processo, hoje só temos NET como opção para grandes velocidades!
Arley Martins
Eu uso Vivo Fibra a uns 2 anos 200/100. O upload da vivo é animal. Ja a parte de celular a vivo tem planos caros demais, eles cobram mais $$ devido a cobertura deles serem mais ampla, porem com o 700mhz chegando isso vai mudar, pq a penetração de sinal pra todos não vai exigir um grande custo com investimento em varias e varias antenas nas cidades.
Leonardo Teixeira
Na minha cidade a vivo tem 5 anteninhas no centro da cidade com 4G e já fala que o município todo tem 4G, assim é muito fácil. Até a tim e claro tem o 4g na zona rural daqui
Adriano
O fato, é que na prática, não muda nada para o consumidor final, com exceção do preço que se torna mais caro por conta de novos nomes.
Exibir mais comentários