Início » Negócios » É difícil ser uma empresa que depende demais da Apple

É difícil ser uma empresa que depende demais da Apple

Felipe Ventura Por
2 anos e meio atrás

Nós falamos por aqui sobre a Imagination Technologies, empresa britânica mais conhecida por desenvolver o chip gráfico PowerVR, presente em iPhones e iPads. A Apple decidiu recentemente que fará sua própria GPU, dispensando os serviços da fabricante até o final de 2018.

Isso foi um baque para a Imagination: mais de 60% de sua receita no último ano veio da Apple. Por isso, ela está fazendo de tudo para garantir sua sobrevivência.

Em primeiro lugar, a fabricante vai abrir um "procedimento de resolução de litígios", alegando que a Apple precisará usar sua propriedade intelectual no futuro. Será mais outra companhia a brigar por licenciamento, além da Qualcomm.

"A Apple não apresentou nenhuma evidência para sustentar sua afirmação de que não exigirá mais a tecnologia da Imagination sem violar nossas patentes, propriedade intelectual e informações confidenciais", escreveu a empresa no mês passado. Agora, ela diz em comunicado que "não conseguiu fazer progresso satisfatório" em relação ao licenciamento.

Além disso, a empresa vai vender duas divisões — MIPS e Ensigma — que não são tão rentáveis ​​como o PowerVR.

Como lembra o Engadget, a MIPS projetou os processadores do PlayStation, PS2 e Nintendo 64. A Imagination comprou a empresa em 2013 para transformá-la em uma rival da ARM. No entanto, ela não teve muita aceitação em smartphones e tablets, e ficou concentrada em dispositivos embutidos como caixas de TV a cabo, roteadores e sistemas automotivos.

A Ensigma, por sua vez, faz licenciamento de patentes relacionadas a dispositivos móveis, envolvendo Bluetooth, Wi-Fi e ZigBee, para usar em dispositivos vestíveis, sensores e na internet das coisas.

E qual será o rumo do PowerVR? Bem, suas GPUs foram lentamente abandonadas por outras empresas, que preferiram adotar chips gráficos ARM Mali. Por isso, a Imagination está vendendo seus produtos para fabricantes de smartphones baratos.

Ou seja, se a Imagination sobreviver a essa transição, o PowerVR deve migrar de uma marca premium para dispositivos que custam até US$ 100. É uma estratégia semelhante à MediaTek; inclusive, o processador topo de linha Helio X30 tem um chip gráfico PowerVR. Estou sentindo uma aquisição em potencial aqui...

Com informações: Imagination, Engadget, The Verge.

Mais sobre: , ,