Início » Ciência » Algoritmo detecta sinais de um derrame cerebral usando o Apple Watch

Algoritmo detecta sinais de um derrame cerebral usando o Apple Watch

Felipe Ventura Por

A Apple reposicionou seu relógio inteligente para pessoas que querem cuidar melhor da saúde. A empresa também tem a plataforma ResearchKit que coleta dados para uso em estudos médicos. O laboratório UCSF Health, da Universidade da Califórnia em San Francisco, uniu as duas ferramentas para criar um algoritmo que detecta sinais de um derrame cerebral.

No ano passado, o aplicativo Cardiogram iniciou uma pesquisa para descobrir se ele poderia detectar os sinais de um AVC (acidente vascular cerebral); um quarto deles são causados ​​por batimentos cardíacos irregulares.

O estudo atraiu 6.158 usuários do Apple Watch. A maioria apresentava batimentos cardíacos regulares, mas 200 deles tinham um subtipo de arritmia cardíaca chamada de fibrilação atrial. Ela afeta 2,5% da população mundial, ou cerca de 175 milhões de pessoas.

Engenheiros usaram os dados para ensinar um sistema de aprendizagem de máquina a distinguir pacientes com arritmia de pessoas com batimentos normais. Então, eles testaram o sistema em 51 pacientes, todos usando um Apple Watch e um dispositivo portátil de eletrocardiograma, e o algoritmo foi capaz de identificar a fibrilação atrial com 97% de precisão.

Dois terços dos AVCs podem ser prevenidos com medicamentos baratos, mas é difícil detectar quando uma pessoa vai sofrer um derrame. Por isso a pesquisa é promissora, e ela poderia ser expandida para outros wearables com sensor de batimentos cardíacos. A equipe do Cardiogram planeja ajustar o algoritmo e incorporá-lo a seu app.

Com informações: Cardiogram, Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Andre Luiz Silva
97% de 2,5% da população de X% que usam o relógio.
Arley Martins
Gente doida tem em todo lugar, neim levo a serio mais, pq se não eu não faço nada e não compro mais nada. Youtube os títulos colocados é pra clique view, qto mais causar no titulo mais cliques tem e mais adsense terá pra remunerar. Bem que eu gostaria de comprar um apple watch, mais ainda não foi despertado pela apple nas pessoas a real necessidade de termos um e claro não tenho grana e coragem de comprar um relógio desse pra ser furtado na primeira vez que eu sair na rua e der um vacilo. Morar no brasil é complicado. Aqui não se vive, apenas sobrevivemos.
Pedro Cavalieri
E também impostos. Death and taxes, já diria o senhor Joe Black. Não me entenda mal, eu não quis dizer que a ferramenta é falha, ou que não deveria ser implantada, pelo contrário - a ferramenta é maravilhosa e pode salvar vidas. O que eu quis dizer é que a abordagem a essa função precisará ser cautelosa, pois estamos na era dos litígios e dos exageros... Parece que eu já estou vendo o título do vídeo do Youtube: A APPLE DISSE QUE EU VOU MORRER.
Arley Martins
97% é um índice de aceito enorme. Um falso positivo é apenas em 3% dos caso, então a pesquisa foi feita e tem um respaldo altíssimo pra ser implantado. E mesmo dando um falso positivo, a pessoa ja ficará em alerta que pode esta havendo uma mudança no organismo dela. Lembrando que unica coisa que todos sabemos e que é 100% é que todos vamos morrer um dia.
Pedro Cavalieri
Essa ferramenta, ainda que promissora, precisará ser implantada com cautela. Imaginem um falso positivo avisado a um hipocondríaco...
Gabriel B.R.
Ele detecta um fator de risco, e não o derrame. Mas ainda assim, baita novidade.