No mês passado, a Microsoft decidiu transformar o Skype em um aplicativo mais próximo ao Snapchat, com Destaques (histórias) que desaparecem após algum tempo e um novo design. Surpresa: ninguém gostou! Agora, a empresa está tentando reverter parte do dano, devolvendo recursos que foram removidos com a atualização.

Para recapitular: o Skype ganhou um recurso chamado Destaques em que você pode compartilhar fotos e vídeos que desaparecem após uma semana. Além disso, você pode reagir com um emoji a qualquer mensagem em um bate-papo, ou até mesmo a chamadas de vídeo.

O Skype para iPhone foi atualizado há algumas semanas e a versão mais recente tem 1,5 estrela na App Store brasileira, contra a média de 3,5 estrelas para todas as versões. Como nota o The Verge, a mesma situação acontece na loja americana (1,5 estrela) e é ainda pior na loja do Reino Unido (1 estrela).

Na Play Store, o Skype também acumula reclamações: o app ficou “lento”, está “feio”, “perdeu a identidade”. Pior: não dá para ver se os amigos estão online. “ISSO NÃO É REDE SOCIAL, E SIM APLICATIVO DE TELEFONIA E MUITOS USAM PARA TRABALHO!!”, vocifera um usuário. “Agradeço se puder voltar à antiga versão”, solicita outro.

Mas a Microsoft não vai retornar a versões antigas. Em vez disso, ela vai refinar o design do app atual. A primeira atualização inclui:

  • capacidade de excluir contatos
  • capacidade de excluir conversas
  • multitarefa durante uma chamada, como tocar um vídeo do YouTube
  • notificações e mais

Isso vem agora, e há mais previsto para “os próximos meses”. Dois recursos estarão de volta: status dos contatos na tela inicial, permitindo ver facilmente quem está online; e compartilhamento nativo no Android e iOS, para enviar conteúdo de outros aplicativos para conversas do Skype.

Além disso, a interface vai receber ajustes para melhorar a legibilidade (não foi a melhor ideia colocar texto branco em fundo com degradê); e terá mais opções de temas e cores.

O Skype para Windows 10 também recebeu algumas novidades, como a capacidade de reagir a mensagens com um emoji.

Aqui, o design ainda não recebeu nenhuma mudança radical, mas a Microsoft promete isso para desktop e Xbox no terceiro trimestre. As pessoas já não amavam o Skype antes; será que a empresa não vai voltar atrás nessas mudanças?

Com informações: Skype Blog, The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mickael Fernandes
Eu me apresento então. Sempre levei o Skype para o lado além do corporativo.
Lucas
Pra jogar é muito melhor.
Ariadna Grande
E o melhor, a MS poderia ter limpado o nome só para Messenger, antes do Facebook!
Ariadna Grande
Nessa onda de mensageiros cheios de inutilidades, ainda fico com o WhatsApp. Todo mundo está lá, o Stories é escondido e não tem quase nenhuma porcaria a mais. O Skype realmente ficou horrível com essa reformulação e o Facebok Messenger é risível. O grande problema da atualidade é monetizar sem estragar.
JN Marcos
Estranhei não ser o Telegram descontado das tarifas (e o valor). Realmente, tava muito na cara. kkk Relevei o começo. Foi mal
Tiago Celestino
Nunca vou entender essa coisa de modernizar copiando funcionalidades que não fazer parte do ecossistema original de um produto.
Cobalto
O comentário TODO era uma piada, se errei o numero peço perdão.
JN Marcos
Eu sei. A primeira coisa que pensei quando fizeram essa mudança no Skype foi quanto ao GroupMe. Mas como houve uma reação negativa a essa mudança e o Skype não possuir essa cara de comunicador a ser usado no dia a dia, talvez fosse melhor tentar fazer com o GroupMe e deixar o Skype (Skype pra pessoas e Skype For Business para empresas) na posição atual com remoção de outros concorrentes dentro da empresa. Microsoft Teams me parece muito específicos para desenvolvedores. Acho que não removeriam.
PPKX XD ?????????
Instagram tá com muuuuita propaganda, chega a irritar
Vitor Mikaelson
Achei a ideia OK. Eles querem posicionar o Skype para usuários comuns, pois eles já possuem Skype for Business e Microsoft Teams para corporativo. De qualquer forma, o problema foi que reescreveram o aplicativo do zero, e lançaram pela metade.
Vitor Mikaelson
A Microsoft já tem mensageiros demais. Group Me já deveria estar morto. Skype, Skype Lite, Skype For Business, Microsoft Teams, Group Me...
Vitor Mikaelson
Discord é mais usado em grupos.
Anakin
Instagram achei que melhorou... até porque acho que o foco ainda estava junto com o público alvo. Agora, whats, facebook e messenger, não precisavam copiar não.
Eliézer José Lonczynski
O Skype desktop ainda não foi descontinuado e vai muito bem obrigado. A versão mobile creio que deve ser bem menos utilizada. Pessoas na rua preferem manter contato por WhatsApp.
JN Marcos
Talvez (somente talvez) a Microsoft poderia trazer essas modificações para o app GroupMe, que se aproxima mais (apesar de pouquíssimo usado) da ideia de WhatsApp, Telegram... E deixar o Skype do jeito que está. A não ser que eles queiram matar o GroupMe trazendo o Skype para algo mais cool e trazer o Yammer como mensageiros de grandes empresas. Se realmente quisesse uma base de usuários maior (independentemente se Skype ou GroupMe), deveria investir massivamente em marketing. Talvez trazendo a ideia de exclusividade (temporária). As pessoas amam ser exclusivas (mesmo que no fundo... kkk). Ou em grandes contratos com artistas/esportistas... Propagandas no Youtube e tevê etc.
Exibir mais comentários