Muitas tecnologias desenvolvidas pela Qualcomm costumam ser adotadas pelas fabricantes de smartphones, caso do carregamento rápido e das câmeras duplas. E pelo menos duas funções devem chegar à próxima geração de Androids: sensores de profundidade e reconhecimento facial (desta vez, bom).

A segunda geração do módulo de câmera do Spectra, processador de sinal de imagem da Qualcomm, permitirá que as fabricantes adicionem sensores que reconhecem a profundidade dos objetos. Em aparelhos mais simples, isso deve melhorar o efeito bokeh, que desfoca o fundo da imagem — algumas fabricantes já vêm adotando uma tecnologia semelhante, como a Motorola, no Moto Z2 Force.

Mas aparelhos mais potentes podem utilizar o reconhecimento de profundidade para outras tarefas, como realidade virtual e aumentada. E uma versão mais avançada da tecnologia inclui um iluminador e uma câmera infravermelho, sendo capaz de detectar com mais precisão a posição de cada objeto. Em um vídeo de demonstração, o módulo consegue até reconhecer quando as teclas de um piano são pressionadas:

Além disso, o fato do sensor detectar a profundidade permite desenvolver sistemas de reconhecimento facial mais avançados, que não são enganados com uma simples foto, como acontece no Galaxy S8. Rumores indicam que o próximo iPhone terá reconhecimento facial 3D, e ele deverá ser apresentado pela Apple no mês que vem, então você já pode deduzir por que a Qualcomm resolveu mostrar a tecnologia agora.

Por fim, o TechCrunch nota que a tecnologia possibilita headsets de realidade virtual independentes, que não exijam o auxílio de um computador ou smartphone conectado, diferente de um Oculus Rift ou Gear VR. As empresas vêm investindo para deixar a realidade virtual mais prática; o Google também trabalha em um headset independente, por exemplo.

As novas tecnologias de câmera da Qualcomm serão lançadas comercialmente nos smartphones no início de 2018.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ultron 2.0
Eu faço ligação por WhatsApp, Messenger, telegram, Skype, se isso é desuso então não sei o que é uso
Veritas
Ou seja: o Android implementa as coisas de jeito falho.
Veritas
Android MENTE!
Zanac_Compile
Tudo saiu no Android primeiro, são os melhores telefones do universo, injustiçado pela farça da Apple que consegue enganar as pessoas a 4 décadas, um absurdo.
Zanac_Compile
Melhor comentário
Thiago Lopes
https://uploads.disquscdn.com/images/a947c0c4af4751eb1536d6af01dfc50874a99c26a38ac47c5886028d368b83c4.jpg
Thiago Lopes
HomePod versão Joesley Batista.
DumbSloth87
tá caindo tão em desuso que lá pelo iPhone 11 já vai vir desativado por padrão, sério, os "millenials" usam ligações apenas pra falar com os velhos.
Lucas Carvalho
Já tem reconhecimento facial, mas é em 2D. E na maioria das vezes é facilmente enganado por uma foto do rosto do dono do celular. Esse reconhecimento tratado na matéria é diferente pois consegue diferenciar um rosto real de uma foto através da profundidade.
David Diniz
Só uma dúvida: quando os celulares vão fazer e receber ligação? é tanta coisa inútil que inventam que o proposito básico do celular fica esquecido.
Veritas
Mas o Android já não tinha reconhecimento facial? Sempre vejo usuários Android falando sobre isto em fóruns...
Paulo Higa
O fato de um automóvel ter duas ou quatro portas não o torna um carro esportivo ou um táxi.
Senhor Bean
Você poderia mostrar um exemplo?
Uriel Dos Santos Souza
2 câmeras em um maquina fotográfica existe a mais de 40 anos. Portar isso para um celular não deveria dar patente ou ser dito que é inovação.
Andreas Sprenger
Em relação ao iPhone, não são bem rumores e sim um vazamento, um oferecimento HomePod. E é mais claro ainda o motivo que a Qualcomm soltou essa faltando dias para o novo iPhone ser apresentado.