O Windows em smartphones ainda existe, mas com um alcance extremamente limitado. Ele corresponde a apenas 0,3% do mercado; e praticamente não esteve em lançamentos do último ano, nem mesmo da Microsoft.

Então não é surpresa que o próprio Bill Gates tenha deixado o Windows Phone. Em entrevista à Fox News no domingo (24), ele disse: “na verdade eu migrei para um celular com Android e vários aplicativos da Microsoft”. Ao entrevistador, ele confirma: “não, nada de iPhone”. (O vídeo completo está no final do post.)

Quando o cofundador da Microsoft decide desistir do Windows Phone/10 Mobile, é (mais um) sinal de que a plataforma não tem muito futuro. Na verdade, até mesmo os fãs se viram obrigados a migrar para o Android.

O Windows Phone foi praticamente deixado de lado após Satya Nadella assumir o cargo de CEO. E ele diz em seu novo livro, “Hit Refresh”, que se opôs à aquisição da Nokia para salvar a plataforma.

O então CEO da Microsoft, Steve Ballmer, acreditava que o Windows Phone jamais poderia competir com o iPhone e o Android sem essa aquisição. Nadella, no entanto, pensava que “era tarde demais para recuperar o terreno que havíamos perdido. Estávamos perseguindo as luzes traseiras dos nossos concorrentes”.

Ballmer fez uma pesquisa informal entre seus altos executivos, e Nadella — então o principal responsável por computação na nuvem — votou “não”. Outros executivos também fizeram oposição, e até mesmo Bill Gates foi contra.

O resto é história: a Microsoft comprou a divisão de dispositivos e serviços da Nokia em 2013; sangrou dinheiro, demitiu milhares de funcionários e teve prejuízo bilionário em 2015; e vendeu a marca Nokia em smartphones para a finlandesa HMD Global em 2016. O Nokia 3, 5, 6 e 8 rodam Android.

Com informações: The Verge, Business Insider.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ssoftccold Programador Java, A
Eu ainda uso Windows Phone 8.1 por ser de menor :(.
J_Eduardo
A Microsoft deveria investir em criar um ecossistema entre o Android e Windows, ao estilo do que Apple possui com seus IOS e MAÇOS. A integração entre os aparelhos da Apple facilita muito a vida de quem usa ao menos dois aparelhos da maçã. Sendo o Android um sistema aberto a Microsoft tem espaço e liberadade em para criar mecanismos de integração entre os sistemas, algo que por exemplo a poderosa Samsung não tem como fazer, pois usa OS de terceiros tanto nos pc quanto no mobile. A MS adotando esta postura, já tendo uma forte presença no aplicativos OFFICE e e nos PC/Laptops, poderia avançar seu Windows para mobile (mesmo sem ter seu próprio sistema) investir em novos de apps mobile (seguindo alguns passos do que já faz Google) se tornando uma rival direta ao ecosistema da Apple e provavelmente da própria Google...
Daniel

Se o Windows continuar seguindo os mesmos passos atuais, em breve Bill Gates e todo o mundo deixará de deixar o Windows também, a versão 8 e a 10 foram verdadeiras lambanças, só por tentar remover o menu iniciar e focar menos nas questões mais críticas. A verdade é que o mercado de sistemas operacionais para PC está com as pernas abertas, mas não há ninguém para assumir o posto.

Daniel Silva
Se o Windows continuar seguindo os mesmos passos atuais, em breve Bill Gates e todo o mundo deixará de deixar o Windows também, a versão 8 e a 10 foram verdadeiras lambanças, só por tentar remover o menu iniciar e focar menos nas questões mais críticas. A verdade é que o mercado de sistemas operacionais para PC está com as pernas abertas, mas não há ninguém para assumir o posto.
Uriel Dos Santos Souza
O engraçado que a MS é dona de grande parte da Apple. kk
Marcus Araújo
Hahahahahahahaha
Caleb Enyawbruce
Esse trouxa desdenha da Apple por pura birra. Não superou o rancor...
Firmino Gomes
Tive excelente desempenho com windows 10. Não cheguei a usar o 7, mas o hardware era muito bom, e o software, era redondo. foi uma pena.
Russo
Lá vem você com papo de duopólio. E o monopólio do Windows nos pcs, não vai falar nada?
Baio-kun

Legal que tirando os bugs do W10M todos os outros problemas citados não são de responsabilidade da MS.

Muriel
Legal que tirando os bugs do W10M todos os outros problemas citados não são de responsabilidade da MS.
Jose Costa
Um Xperia X. Os aplicativos do Office, Outlook, OneDrive, Groove Music, Bing e Authenticator.
Molinex
Acho que não... O Billy agora é gente como a gente. Um usuário comum... Ele fala que usa os apps da MS, pra fazer uma media com o Rajesh Koothrappali, que é brother dele, e continua comandando a empresa na qual o Billy trabalhou por muito tempo... Alias, acho que ele nem deve saber que o skype se tornou um app horroroso, já que deve mandar uns zaps pra se comunicar... kkkk
Marcus Araújo
Billy certamente usa aquele app horroroso que virou o Skype hahahahah Eu não me conformo com aquilo.
Marcus Araújo
Eu torcia muito mais pelo FirefoxOS do que pelo WP (sendo um usuário do WP). Não sou hater defendendo o duopólio, só não acho e não achava que o WP fosse enfim ser a terceira via maravilhosa que pintavam (e ainda pintam). É uma coisa bem diferente desgostar do WP e defender o duopólio. Eu espero que surja uma terceira alternativa, mas que seja boa, que mesmo demonstrando fraquezas no início, demonstrando limitações de uma plataforma que precisa amadurecer, aponte um norte de melhorias, algo que o WP nunca fez e por isso fracassou. Não vou torcer e não torcia para o WP só porque eu desejo e quero uma terceira via, eu quero uma terceira via de qualidade, utilizável, boa, que faça frente ao iOS e ao Android. WP foi uma piada de mal gosto que pintaram como solução. E não só terceira via, espero que surja N sistemas móveis quanto possível, mas que sejam bons, que tragam inovações que façam os concorrentes, incluindo Android e iOS, correrem atrás de algo semelhante. O WP nunca foi essa alternativa.
Exibir mais comentários