Início » Computador » Intel pede que usuários deixem de aplicar correção para Spectre por enquanto

Intel pede que usuários deixem de aplicar correção para Spectre por enquanto

Felipe Ventura Por

O ano de 2018 começou com uma notícia embaraçosa: quase todos os processadores feitos nos últimos vinte anos são afetados por duas falhas de segurança, e elas só podem ser resolvidas com um redesign completo do chip.

O Meltdown e o Spectre podem ser mitigados via software, mas essa solução reduz o desempenho do processador — às vezes de forma perceptível. Outro problema: as correções estão cheias de bugs.

Foto por Ericsson/Flickr

Vamos recapitular a novela da Intel em quatro atos:

  • 05/01: Intel promete que, até 15 de janeiro, vai atualizar 90% dos processadores lançados nos últimos cinco anos;
  • 15/01: a correção da Intel para as falhas Meltdown e Spectre está dando tela azul em alguns computadores com chips Haswell e Broadwell;
  • 18/01: os bugs na correção da Intel também afetam as gerações Sandy Bridge, Ivy Bridge, Skylake e Kaby Lake;
  • 22/01: Intel pede aos usuários que não instalem mais o patch; ela está preparando uma nova versão.

A Intel diz que sua correção para o Spectre "pode causar mais reinicializações do que o esperado e outros comportamentos imprevisíveis". Por isso, ela recomenda que fabricantes de PCs, provedores de serviços na nuvem, fornecedores de software (como a Microsoft) e usuários finais deixem de instalar esse patch.

A boa notícia é que a Intel identificou "a raiz do problema nas plataformas Broadwell e Haswell", e já experimenta uma nova versão do patch com parceiros da indústria, a ser distribuída quando os testes estiverem concluídos.

A Intel divulgou vários benchmarks de seus processadores após a correção para as falhas Meltdown e Spectre. A queda de desempenho ficou entre 1% e 7% no PCMark 10; e ficou entre 5% e 10% no WebXPRT 2015, que mede o desempenho de webapps no navegador.

Com informações: Intel, The Verge.

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mountaineer_br
É, quem usa o Windows, e o OS X... hahahahah
Maicon Santos
Não entendi a relação "atualização de bios" com utilização do SO, mas tudo bem. A dica de pesquisar em fóruns é sim importante, pois como dito acima, há vários relatos, incluindo minha experiencia também, da firmware intel me ser corrompida. Aqui há mais informações: https://adrenaline.uol.com.br/forum/threads/asrock-e-suas-bios-corrompidas-intel-me.492896/ Utilizo os 3 sistemas (Windows, Linux e macOS), em diversas ocasiões, também não entendi, aonde quer chegar com isso.
Mountaineer_br
Legal sua dica, especialmente o "pesquisar arduamente em Fóruns"... Ótima dica cara! Deixa eu perguntar, qual sistema operacional você usa? Já pensou em 'linchar' a Microsoft o tanto quanto possível da sua vida com o GNU+Linux...?
Maicon Santos
Desculpa, de fato, há sim updates para variantes, conforme o informativo da dell: https://www.dell.com/support/article/br/pt/brbsdt1/sln308588/microprocessor-side-channel-vulnerabilities-cve-2017-5715-cve-2017-5753-cve-2017-5754-impact-on-dell-emc-products-dell-enterprise-servers-storage-and-networking-?lang=en
Git Gud
Pelo que li por ai a diferença vai ser realmente impactante depois da atualização de bios.
Git Gud
Melhor não, espera alguns meses até que esteja tudo definitivamente testado antes de atualizar a bios.
Git Gud
Negativo, vai ter sim atualização de bios contra o meltdown, alias, estas atualizações ja estão saindo em chipsets serie 100 e 200.
Marcogro®
Treinamento dos engenheiros da Intel: https://uploads.disquscdn.com/images/7bbe2d60c20acd75385f48cc2fef6661443d9c59b8ab912b81453606c4c08756.gif
Ricardo - Vaz Lobo
Temos dúvidas se temos certeza ou não se isso pode dar certo, ou muito pelo contrário.
Diario Técnico
Recebi tela azul 2 vezes depois do update, Z370-E + i5 8400
Maicon Santos
Essa falha não tem haver com o Spectre ou Meltdown, onde a correção para esses será no Sistema Operacional. A atualização de BIOS solicitada, se deve a uma outra falha, divulgada em novembro na firmware do Intel ME: https://tecnoblog.net/228516/intel-falha-management-engine-2015/ A correção para essa falha é em baixo nível (diferente do Spectre ou Meltdown que é em alto nível), onde é necessária a atualização de BIOS. O Intel ME compreende numa área reservada na BIOS, por tanto, a atualização só deve trazer a correção para esta área (pela lógica é essa). Recomendação é que, antes de atualizar, verifique arduamente em fóruns, se ocorreu tudo bem com o update, pois marcas como Asus e ASrock, já tem um histórico de problemas onde ao atualizar a BIOS, funções eram perdidas como Overclock, Turbo-Mode dentre outras, funções essas que são providas pelo Intel ME.
leoleonardo85
Imagino como deve tá o clima no setor de engenharia da Intel, "bom dia porque?" só deve ser dito porque tá de bom humor.
Marcogro®
Estamos! Gigabyte aqui também... Rsrsrs
Marcogro®
Haswell na máquina aqui...
Carlos Pacheco
Eu também tenho um i5 da quarta geração. Só que é o 4670, não sei se isso gera uma diferença tão grande para o 4590. Enfim, pelo que coletei em pesquisa, é que a Microsoft libera "o update" para as correções definitivas no Windows quando se tem o "microcode do CPU atualizado" (foi o que entendi). De todo modo, fiz a atualização de segurança deste mês e nada de problemas com a tela azul... Tô esperando a Gigabyte na boa vontade dela, lançar a atualização da BIOS desta geração de processadores. E eles mandaram essa mesma resposta da Intel, praticamente... Acho que estamos lascados de qualquer jeito hahahahahaha
Carlos Pacheco
pq?
Gustavo75
Tem atualização urgente da bios no meu notebook dell referente a esse problema. Agora não sei se instalo ou não. O bom senso está pedindo para aguardar.
Marcogro®
Claro que a Intel direcionaria os benchs para resultados favoráveis a ela... Eu aqui uso um i5 4590 16GB DDR3 num SSD de entrada (SanDisk). Depois da instalação do Patch do W10 não senti diferença. Será que os Haswell sofreram menos? Essa informação truncada, de identificar a raiz do problema nos Broadwell e Haswell é pra ficar feliz ou será que vou me lascar também?
Yudi Nishimura
Sejamos realista, boa parte dos benchmarks estão fora da realidade dos usuários seja doméstico ou empresarial. A maioria é feito todos com linhas processador das 3 últimas gerações, não contando que nos testes os processadores vem com turbo up além do vendido por padrão pro consumidor final. Os testes ocorreram em linha HQ, K e somente uma que foi a última geração que fizeram na linha U, os demais são todos processadores linha mid a high range. Não contando que boa parte dos computadores não utilizam uma memória Hyper com frequência elevada e DDR4. Outro detalhe é os discos utilizados, os últimos benchmark que vi eram todos discos Intel Nvm M2 são discos de 1.6Gb/s leitura e quase 600mb/s em gravação. É visível que não haverá uma perda de desempenho considerável. Vamos ser realista boa parte dos usuários utilizam no máximo um SSD Kingston, Samsung, memórias de mid range, isso falando de um game. Porque empresa quase que nenhuma tem condição de por uma memória, processador de alto desempenho e ssds, com tal taxa de leitura e gravação. Posso afirmar com toda razão que a Intel está bem equivocada com o conceito de perda, pois tenho visto casos de máquinas ou darem tela azul ou ficar em uma condição quase que insustentável de uso, perdendo mais de 40% de desempenho.
Andre Kittler
O nível de "ta maluco!!" é insano... * “pode causar mais reinicializações do que o esperado e outros comportamentos imprevisíveis” eh de se esperar reboot em uma maquina?!! tipo, um numero "esperado e ok"?!! * "deixem de aplicar correção para Spectre por enquanto" é opcional ao usuário no windows 10 agora?!
jonscravit
problema é falta de novos socket e novas CPU
jonscravit
calma.. ela esta pedindo para não atualizar pq vai lançar novos socket e novas CPU requentadas ja protegidas...
Juliano Ferretti
No Mac estou com uptime de 41 dias, sem problemas em deixar ele por mais uns 90 dias assim enquanto não sair nada seguro de verdade, pois no Linux o notebook está totalmente bugado depois do patch.
Marco Antonio
Estou nessa pendenga também
Marcogro®
A boa notícia é que a Intel identificou “a raiz do problema nas plataformas Broadwell e Haswell”, pronto agora minha semana tem tudo pra ser ruim...
Git Gud
Se nas atualizações de Sistemas Operacionais esta assim, imagine na atualização de BIOS. Nem vou atualizar a minha.
Marcus Araújo
Não seria "quase todos os processadores feitos pela Intel nos últimos vinte anos são afetados" ou o Meltdown de alguma forma está afetando os produtos da AMD também? De toda forma, essa falha pelo visto está longe de ter um final... Quem já instalou faz o que agora, dona Intel? Senta e reza?