Início » Carro » Polícia libera vídeo do carro autônomo do Uber que matou pedestre

Polícia libera vídeo do carro autônomo do Uber que matou pedestre

Paulo Higa Por

A polícia da cidade de Tempe, no Arizona, liberou na noite de quarta-feira (21) um vídeo que mostra os últimos momentos do carro autônomo do Uber antes de matar uma pessoa. Elaine Herzberg, de 49 anos, atravessava uma rodovia à noite, fora da faixa de pedestres e acompanhada de sua bicicleta, quando foi atropelada pelo automóvel. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O vídeo divulgado pelas autoridades revela dois ângulos: a visão da rodovia, por meio de uma câmera frontal do carro autônomo; e uma visão interna do automóvel, que mostra a reação do motorista humano do Uber, responsável por supervisionar a tecnologia do veículo.

A sequência tem 22 segundos e foi cortada imediatamente antes da colisão fatal. O vídeo pode ser assistido logo abaixo; ele pode ser perturbador para algumas pessoas:

Após o acidente, a polícia informou que o carro do Uber poderia não ter culpa, porque “teria sido difícil evitar essa colisão em qualquer tipo de modo (autônomo ou humano) baseado em como ela saiu das sombras diretamente para a estrada”. O motorista Rafael Vasquez, de 44 anos, declarou às autoridades que “foi como um flash”.

Segundo a polícia, o veículo trafegava a 38 mph (61 km/h) e não mostrou sinais de desaceleração antes da colisão. Não ficou claro se o carro estava acima do limite de velocidade, porque as informações são desencontradas: a polícia afirma que o máximo permitido na via era 35 mph (56 km/h), mas uma placa de sinalização no local mostra 45 mph (72 km/h), como nota o The Verge.

O Uber diz que está cooperando com as investigações.

Um comentário não tão breve

Claro que as autoridades é que vão decidir quem teve culpa no acidente. Mas o vídeo levanta mais dúvidas, e não posso deixar de notar dois pontos.

Primeiro, a câmera do carro autônomo do Uber mostra, com uma certa distância, a vítima atravessando a rodovia. Desconsiderando o aspecto legal (é proibido atravessar fora da faixa de pedestres), os carros autônomos são projetados para casos como esse. É exatamente por isso que eles têm sensores como o LIDAR: para detectar objetos e humanos à distância, em tempo real, em qualquer condição de iluminação, com a maior precisão possível, antes que o motorista o faça.

Segundo, a câmera que exibe a visão interna revela que o motorista do Uber estava olhando para baixo momentos antes do acidente, em vez de monitorar o que estava acontecendo à frente do veículo. Não me surpreende, portanto, que ele tenha declarado que “foi como um flash”; o humano certamente não estava em seu maior estado de atenção.

Supervisionar um carro que dirige sozinho não é o trabalho mais divertido do mundo, mas é um trabalho necessário para intervir quando a tecnologia falhar, e para desenvolvermos veículos autônomos que sejam mais seguros quando eles chegarem às mãos dos consumidores.

Tudo isso se torna mais importante quando o histórico da tecnologia do Uber é considerado, já que a empresa teve que interromper seu projeto de carros autônomos mais de uma vez.

Um carro autônomo da empresa já havia sofrido um acidente na mesma cidade, após ser atingido por um veículo dirigido por um humano; ninguém ficou gravemente ferido. Em San Francisco, a licença do Uber chegou a ser suspensa porque um carro furou o sinal vermelho seis vezes. Publicamente, o Uber culpou o motorista pela falha, mas uma investigação interna deixou claro que a tecnologia falhou em reconhecer os semáforos.

E, até março de 2017, o software que controlava os carros autônomos do Uber era simplesmente falho. Entre as mais de 20 mil milhas percorridas por 43 veículos, foi necessário que um humano interviesse a cada 0,8 milha (1,3 km). E a média entre intervenções consideradas críticas, para evitar eventos perigosos, foi de 200 milhas (322 km). Para fins de comparação, os carros autônomos do Google exigiram uma intervenção humana a cada 5.128 milhas (8.253 km) no mesmo período.

A área de comentários está aberta.

Tecnocast 033 – Programados para matar

033

Engenheiros estão enfrentando dilemas éticos no desenvolvimento dos sistemas de carros autônomos: eles precisam ser programados para matar. Mais do que isso, precisam decidir qual vida é mais importante, em caso de uma colisão iminente.

E aí, como vocês acham que os carros deveriam agir em uma situação desse tipo? E como seria um mundo onde todos os carros nas ruas dirigissem sozinho? Cabeças explodirão. Dá o play e vem com a gente!

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce
*A motorista
Manu Rocha
Atravessar sem olhar em uma rodovia é suicídio. O carro estava com faróis ligados e em velocidade adequada.O fato só ganha destaque porque o carro é autônomo e a motorista estava assistindo à TV no celular.Se não houvesse essa distração, a motorista iria conseguir evitar o acidente que a pedestre causou?Não dá para saber e para mim é irrelevante
Felipe Dumont
Exatamente!!!
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
De um dos sites que você colocou o link: "At the time she was known as Rafael and identified as male. It is not known when she transitioned to female. "Se souber ler e interpretar.... Mas eu entendo que normalmente você confunde homem com mulher e pega umas coisas estranhas aí na rua.... gosto é gosto... só cuidado ao acordar no dia seguinte...
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
sou fluente em inglês seu tosco, diferente de você que nasceu na era da internet e fica bostejando por aqui
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Hhahahhaa é um traveco essa porra seu inútil....
rein64
completamente irrelevante seu comentário. Exemplo tosco e inútil que usou pra tentar prevalecer em "inteligência" e "conhecimento", mas só provou ser um completo desconhecedor do assunto ignorando completamente o fator principal em qualquer acidente: o humano.No seu vídeo, foi feito durante o dia com visibilidade total, em simulação preparada, em local apropriado e com resultado óbvio.Faça isso à noite em uma via normal e movimentada e não numa pista fechada, em condições corriqueiras do dia-a-dia que não se tem ideia do que terá a sua frente e adicione, ao final, o tempo de reação de um ser humano pra saber o resultado.
rein64
SIM, vc é um INÚTIL!MANÉ
rein64
http://www.nydailynews.com/...INÚTIL
rein64
https://www.theverge.com/pl...Inútil
rein64
http://www.dailymail.co.uk/...INÚTIL
rein64
O nome Da condutora é Rafaela Vazquez. Esqueça este lixo e leia as reportagens nativas, INÚTIL.A não ser que seja difícil para um INÚTIL como vc ler em outro idioma.Usa o tradutor, BURRO.Depois volte de quatro e relinchando, animal.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
"O motorista Rafael Vasquez, de 44 anos, declarou às autoridades que “foi como um flash”."Tá bom assim pra você? É só reler a notícia acima....
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Hahahha eu que sou inútil né.... volta pra escola seu mobral
rein64
ô inútil, vai jogar video game q vc ganha mais. Não esqueça dos óculos.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
MULHER?????????? hahahahah é um gordo nerd cabeludo, seu retardado de merda
Fabio Montarroios
não parece uma mulher. parece um homem obeso. mas se vc diz q é uma mulher, ok.
rein64
IMBECIL! Se não é capaz de perceber que o motorista é uma MULHER, não é capaz sequer de dar milho pra pintinho.Vai ver se tem um monstro debaixo da sua cama, mané.
rein64
Vc é uma anta. Sequer notou, mesmo após ter visto muitas vezes, que era uma MULHER e vem dizer essas asneiras... Vai te catar, vidente cego. Vai assistir desenho e jogar um game.Que anta vc é
Anderson
Reticências são 3 pontos, não 4. Pior que é esse tipo de gente analfabeta que ganha voz em diversos assuntos que influenciam no cotidiano de todo mundo. Um abraço.
Guilherme
Binho, meu ponto é que o acidente seria evitável por ambos (precisava que só 1 dos envolvidos estivesse atento).Só vejo pessoas crucificando o carro e a empresa: é como se o pedestre fosse um ser inanimado que não tivesse responsabilidade ou consciência do risco de se enfiar na frente de um carro a noite.
Felipe Silva
Infelizmente parece que a Uber andou pulando algumas etapas para acelerar o desenvolvimento do seu carro autônomo, olha quanto tempo a Google trabalhou em circuitos fechados antes de ir para a rua.
Felipe Silva
Levando-se em consideração que a Uber sabe que seu sistema autônomo é bem falho, e que humanos tem a péssima tendencia de mexer no celular enquanto dirigem, ainda mais um carro autônomo, tinham a obrigação moral de implementar algo que monitorasse se o humano está fazendo seu trabalho de monitorar a IA do carro.
Fabricio Moura
belas palavras, deixe seu contato para quem estiver interessado nas suas aulas... sem querer te ofender... desculpe se você não gostou... não seria melhor você focar no assunto em pauta?... ou você tem algum tipo de "disfunção mental" e procura quem não escreve a gramatica certa e quer ensinar ? ... como foi dito no texto meu acima... deixe seu contato para quem se interessar pelas suas aulas de gramaticas... pq aqui o foco é outro ninguém liga pra sua opinião sobre minha gramatica ou a de alguém que comentou no post... arrume o que fazer e foca na noticia... ...........
Felipe Silva
No momento que a IA localiza um obstaculo e não reconhece o minimo que ela deveria fazer era reduzir a velocidade, até para forçar o humano a prestar atenção na estrada.Isso é outra falha, a IA aparentemente não monitora se o humano está fazendo seu trabalho.
Felipe Silva
Mas foi exatamente ai que a IA falhou, em perceber o obstaculo, pena que a Uber não é uma empresa mais aberta, se não ela liberaria seus dados de LIDAR e veríamos onde a IA falou ou o sensor falhou.
Felipe Silva
A IA falhou miseravelmente, normalmente eu diria que ela é superior, mas nesse caso um motorista minimamente atento a estrada teria boas chances de não ter sido um acidente fatal.
Anderson
Não foi um argumento, senhor. E para aprender a usar reticências não precisa de aulas gramaticais. Apenas pesquise a regra e saberá. Parece que tem alguma disfunção mental quando escreve assim em toda a frase.
Rodrigo Podegurski
É pensando assim tá certo Binho não levei em conta que existem retardados como você que não sabe atravessar uma rua olhando para os dois lados, o negócio é todo mundo andar de a pé, skate e bicicleta. Fora os automóveis!!! Né?!? afffff....
robsonc
Profissões serão extintas. Faz parte do avanço tecnológico de qualquer sociedade. Nisso acho que o Uber já é especialista. E vale a observação que caso bem desenvolvida o potencial de salvar vidas de um carro autônomo X "pessoa no volante" é gigante.
paulo yan
Vendo o vídeo, seria praticamente impossível um motorista humano evitar esse acidente. A mulher é claramente culpada, surge de repente na frente do carro numa via escura. Agora, sendo um carro autônomo, que tem justamente a proposta de trazer mais segurança em situações como essas e que deveria "enxergar o obstáculo" a metros de distância, realmente há um problema muito grande com o software do Uber.
robsonc
Ninguém usa farol alto dentro da cidade com postes de luz e tudo mais como é o caso do vídeo. Inclusive atrapalha os veículos em transito, pedestres e moradores. Farol alto é pra estrada ou ambientes sem iluminação nenhuma.
Baio-kun
não no mundo real. lol
Cleyton Rodrigues
Até pq o humano estaria no whatsapp.
Carlos Taylor
Eu não dispensei a possibilidade do monitor ter feito algo,o que eu quis dizer que a IA foi falha e tendo percebido o obstáculo sua reação seria (ou deveria ser) mais efetiva do que a de qualquer ser humano que estivesse prestando atenção.
Alfeu Berlato
Bom,no caso do motorista estar com a cabeça baixada so por que o carro dirige sozinho não quer dizer que ele não devia estar atento , então nesse caso devia estar desatento com algum celular.isso que é tecnologia.celular e direção não combina.ja vi motorista que vive digitando SMS ou conversando no celular via Messenger ou WhatsApp e com o veículo em movimento.
ʞǝʌǝɥs
uma coisa "boa" nesse acidente (se é que se pode dizer isso de um acidente fatal) é que talvez agora quem sabe o Uber pare de torrar dinheiro em uma tecnologia que só vai estar madura (talvez) daqui a uns 20 anos, e passe a focar mais no seu core business, que é o transporte de passageiros em veículos não-autônomos
Pereira
Velho, tu tomou um fatality e ainda insiste?
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Sem contar que o motorista ainda podia ter assumido o volante e jogado o carro para o lado esquerdo e desviado um pouco da pessoa
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
O problema é que nem todas empresas fizeram isso, a tecnologia não é compartilhada, se não me engano o Google montou uma cidade fantasma só pra isso, depois colocaram pessoas pra andar pela cidade, tudo como forma de treinamento... já o Uber....
Rean Oliveira
Eu acredito que em condições normais o motorista estaria usando luz alta, e teria visto a pedestre, mas como é uma máquina aparentemente não há necessidade da 'luz alta'.
Roger "The Flood" Inacio
Eu entendo seu ponto mas a definição da palavra obstáculo é essa
Caleb Enyawbruce
É o típico caso de acidente causado por varias falhas: a pessoa atravessando em local proibido, o sensor do carro que não a detectou e o motorista desatento. A soma desses fatores resultou no acidente. Se um dos 3 fatores tivesse sido feito corretamente o acidente poderia ter sido evitado. O motorista claramente poderia ter desviado se estivesse atento a pista, o sensor deveria ter detectado a mulher mesmo numa parte escura, e a mulher deveria ter procurado uma passarela ou faixa. Enfim...
Vinícius
Tecnologia falha. Humanos falham. Tecnologia conserta falhas humanas e porque não humanos consertar falhas da tecnologia? O motorista tem sim sua parcela de culpa. Ele deveria estar atento e prestando atenção. Mesmo que ele não conseguisse evitar nada do que aconteceu, mas nem sequer ter tentado? E aí vem a pergunta: porque ele não tentou? Porque não estava prestando atenção na via. Simples.
Vinícius
Justo. Temos que "analisar" pelo que vemos e só vemos esse vídeo de qualidade baixa.
Cléber
vc me pede pra xingar e depois reclama, vai entender...
Vinícius
Mas não é parar. É diminuir o impacto. Existem situações que a colisão é inevitável e quanto mais o motorista puder fazer para minimizar danos é lucro.
Gertrudes, a Lhama Morta
Tem que ser muito retardado pra ter uma opinião como a sua
Vinícius
E o reflexo dele se estivesse fazendo o serviço que é pago pra fazer, poderia não ter evitado o atropelamento, mas de repente poderia ter acertado o pedestre de outra forma que não de frente e isso poderia lhe poupar a vida.
Cléber
ah sim, então nesse caso: vá se foder!
Gertrudes, a Lhama Morta
Sim, houve 1 morte com carro autônomo... e milhares de mortes por motoristas humanos no mesmo período.Infelizmente, é algo que pode acontecer. A tecnologia não nasce pronta, isso é impossível. Outras empresas parecem estar com a tecnologia bem melhor que a do Uber, porém
Gertrudes, a Lhama Morta
Mas na Internet, você é OBRIGADO a opinar, e além disso, xingar quem discorda!
Thiago Marques
O tetudo estava olhando para o
Thiago Marques
Pior que o motorista estava era olhando para alguma outra coisa, menos para a via.
Luciano
Só vejo especialistas aqui.
Fabio Montarroios
cara... era uma pessoa. vc pode querer transformar num item, algum burocrata talvez queira transformar em coisa, mas não é assim.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Não acho a ideia perturbadora, acho o Uber uma empresa largada, sacana, que está testando as coisas na rua sem condições reais de fazer isso.Pelo vídeo não parece que daria pra frear, mas como disseram aí a imagem do vídeo é mais escura, pode ser que estando ali na hora você visse um vulto de longe e freasse ou reduzisse um pouco... o motorista bobeou...
Roger "The Flood" Inacio
Qualquer item que tenha capacidade de atrapalhar um trajeto é um obstáculo.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Vc viu o vídeo? É melhor ser menos idiota... o cara tá olhando pra baixo e se vê claramente a luz de uma tela iluminando a cara dele...
Ricardo Cubas
Fizeram um exame toxicológico da mulher que foi atropelada? Ela não se deu ao trabalho de, sequer, de olhar para a direita. Parecia um zumbi de Walking Dead sem a menor pressa.Enfim, me parece que ela não estava em seu estado normal e que não tinha qualquer consciência de que estava em uma via para trânsito de veículos. Acho que ela avaliou que estava em uma ciclovia, persistindo a indagação de que não olhou para a direita.
Kako Soaress
Kkkkkkk isso mesmo ele estava no celular, falha grave e a p*** dos sensores não prestaram ota nada.
Daniel Ribeiro
Já fizeram... Entre 2005 e 2014 as pesquisas eram voltadas à veículos autônomos em áreas desabitadas. Teve até um famoso por conseguir completar o rally Paris Dakar. Isso aí já está 100% funcional. Agora falta justamente a parte da interação com as particularidades do trânsito urbano. Fatalidades são inevitáveis Infelizmente... Faz parte da evolução. A família da mulher vai levar uma bela indenização e a vida segue para o resto das pessoas.
Fabio Montarroios
eles devem ter mais q vc, provavelmente. mas é só um palpite.
Fabio Montarroios
cara, q idiotice... uma pessoa morreu e não há motivo para diversão com isso.
Luis Burro
Então q facam isto em areas desabitadas.
rein64
completamente irrelevante seu comentário. Exemplo tosco e inútil que usou pra tentar prevalecer em "inteligência" e "conhecimento", mas só provou ser um completo desconhecedor do assunto ignorando completamente o fator principal em qualquer acidente: o humano.No seu vídeo, foi feito durante o dia com visibilidade total, em simulação preparada, em local apropriado e com resultado óbvio.Faça isso à noite em uma via normal e movimentada e não numa pista fechada, em condições corriqueiras do dia-a-dia que não se tem ideia do que terá a sua frente e adicione, ao final, o tempo de reação de um ser humano pra saber o resultado.Mané.
Luis Burro
Mas isto em relação a câmera,se ele não ficasse distraído(provavelmente celular)tlvz nem tivesse morrido ao menos.
BackDraft
Concordo. Faltou profissionalismo da parte do motorista. Na questão de tecnologia sou leigo mas também acredito que deveria ter detectado a pedestre.
Anderson Ramos
Só vejo gente discutindo ao invés de usar o cérebro. Ao meu ver a motorista tem culpa. não na morte, porque sereia inevitável desviar mesmo se estivesse sendo conduzido por ela. Mas ela tem que levar uma punição pela falta de atenção. Porque ela está ali pra ser um segundo olho do carro em caso de pane, falha ou possíveis acidentes que possam ocorrer na intenção de evita-los. No caso ali, da pra perceber que ela praticamente abandona várias vezes o carro sozinho. O que não é permitido. Pois ainda é um veiculo em teste. E mesmo andando sozinho, tem que ter 100% de acompanhamento do motorista suporte. O que não houve porque ele estava pelo o que parece mexendo em algo ou dormindo. Infelizmente a morte foi inevitável. Mas que fique pelo menos de lição pra motorista ter mais atenção. Pois poderia ser até outras coisas maiores que dariam pra evitar e ela não iria ver.
Daniel Ribeiro
"A área de comentários está aberta."Pouco tretador esse Higa viu... KKKKKK https://uploads.disquscdn.c...
Marcio Indau
Cara, na moral, não devo explicações para você mas participo de track days quase que mensalmente. Agora você deve ser muito fodão em mecânica mesmo, precisando assistir as bobagens do ADG e suas propagandas de ferramentas e militec-1 da vida, e vir aqui bostejar sobre SAPATA DE FREIO em um SUV kkkk, quer saber? Continue passando vergonha, a partir de agora nem vou mais te responder, apenas ficar rindo da sua imbecilidade.
rein64
completamente irrelevante seu comentário. Exemplo tosco e inútil que usou pra tentar prevalecer em "inteligência" e "conhecimento", mas só provou ser um completo desconhecedor do assunto ignorando completamente o fator principal em qualquer acidente: o humano.No seu vídeo, foi feito durante o dia com visibilidade total, em simulação preparada, em local apropriado e com resultado óbvio.Faça isso à noite em uma via normal e movimentada e não numa pista fechada, em condições corriqueiras do dia-a-dia que não se tem ideia do que terá a sua frente e adicione, ao final, o tempo de reação de um ser humano pra saber o resultado.Mané.
Fabio Montarroios
e ainda bem q ele não passou no seu pé, né? belo experimento...
Daniel Ribeiro
A finalidade de um carro autônomo EXPERIMENTAL é desenvolver a tecnologia.
Fabio Montarroios
pq existem vários níveis para os carros autônomos e um desses níveis ainda exigem atenção do motorista e há as leis q só permitiam o teste com a presença e atenção de um motorista. cara, isso já é algo sabido. pesquisa um pouquinho... deixa a preguiça de lado.
Fabio Montarroios
pra vc ver como são as coisas.
PTralha
Ué!!! Qual seria a finalidade do carro autónomo, se o motorista tem que estar atento o tempo todo?
Marcio Indau
Sapatas? É uma bicicleta? Esse carro possui disco ventilado na dianteira e disco sólido na traseira. Arrume outro argumento e pare de passar vergonha.
Fabio Montarroios
o q ele parecia estar fazendo era uma cirurgia bariátrica nele mesmo, né? claro, pq um cara ficar olhando pra baixo de tempos em tempos não se parece nem um pouco com uma pessoa consultando o celular. eu aposto todas as minhas fichas na cirurgia.
rein64
puxa, seu comentário me faz repensar no sentido da vida, que inteligente!
PTralha
Simples! Uma faixa selectiva para o carro autónomo (pode ser junto com taxi e ônibus) por alguns anos, até o aprimoramento/popularização/adequação natural deste veículo.
rein64
e como pode afirmar se ela estava no celular ou não? Estava espiritualmente lá? É a dna Mercedes e ouviu uma fofoquinha Deles? se não for um ET com inteligência milhões de anos luz distante e a frente de todos nós, meros seres humanos, é melhor se calar.
Fabio Montarroios
isso, claro. exatamente. joga todos os dados e nunces fora e culpa logo a mulher. cara, vc deveria ser policial. e da federal! seria incrível. todos os crimes seriam solucionados "num flash".
Fabio Montarroios
faltou o 'fiscal de comentário'. esse tb tá de plantão de emergência.
Jose Ricc
Simples assim ,mais neste caso como é um carro da uber provavelmente a culpa vai ser da vítima que por acaso está morta se ela estivesse viva ganharia uma grana pra dizer que ela se jogou na frente e assumir a culpa , como em vários casos de estupro de passageiras ,EM NOME DO PROGRESSO A VIDA DE UM CICLISTA SOLITARIO NAO E NADA
Sudestino
que porcarias de sensores são esses que não enxergam no escuro, WTF
Cezar Santos
Só tem engenheiro da Nasa, sociólogo, Dr. Willys e mimimi de plantão
Jose Ricc
Em resumo ,camera barata ,motorista mal pago e por último a imagem foi manipulada quando vc dirigi em uma estrada a noite diminui a velocidade ,usa o farol alto para iluminação do horizonte certamente escureceram o vídeo para dar a impressão de impossibilidade de visão . Ainda não criaram uma máquina mais perfeita que o homem ,neste caso se fosse um motorista responsavel provavelmente estaria em menor velocidade e com os faróis altos para que os pedestres lhe vejam
Rodrigo Podegurski
Caramba tentei ler alguns comentários mas sem chance é muita burrice ou hipocrisia, a pessoa atropelada foi a culpada, nem o Schumacher evitaria a morte simplesmente ela se jogou na frente do carro, o resto é hipocrisia dos comentaristas.
Danilio Costa Silva
Nós so podemos supor que estava ok, afinal era um carro em testes,o mínimo que se espera é que os freios estejam em dia. Mas o máximo que podemos argumentar aqui é sobre o que vemos no video e sobre dados estatísticos de velocidade e acidentes.
alex moreira
Vale mais uma vida humana, do que Lucro$!!!!
Danilio Costa Silva
Vc também não tem competência par dizer se a ONU tem ou não. Mas no minimo eles tem muitos engenheiros e empresas que podem muito bem prestar esse tipo de pesquisa. Quem não tem argumento normalmente contesta a fonte da informação ao invés da informação em si. Boa tarde.
Fabio Montarroios
tem uma página no facebook, carregada de carga emocional, devo dizer, e isso compromete a objetividade, mas q se chama 'não foi acidente'. há milhares de relatos ali de pessoas q perdem a vida por tolices (como essas de um carro sendo testado nas ruas pra ver se é tudo joinha). e lá não tem ninguém rindo não...
Fabio Montarroios
amigo, acidentes são evitáveis. já passei por situação similar: via de velocidade alta, com pessoas tentando atravessar num local escuro, vestidas de preto (um uniforme) e ainda eram pessoas negras. por estar na velocidade correta e atento ao trânsito, num átimo, ao avistá-las, joguei o carro para a direita. poderia ter causado uma colisão lateral com outro carro ou derrubado um motoqueiro... por sorte isso não aconteceu e, devido a minha atenção e reflexos, duas pessoas não foram atropeladas. isso acontece com outros motoristas o tempo todo. pelas estatísticas e pelos dados oficiais, a maioria dos acidentes se dá por desatenção ou imprudência. sim, é imprudente atravessar fora da faixa, mas faixas são feitas para pessoas saudáveis. se aquela senhora tinha algum problema de visão, mental ou estar sob efeito de drogas (remédios) ele poderia perder essa noção. a via era de velocidade razoável e esses carros modernos (com freios nas quatro rodas, bons pneus e com clima bom) conseguem reduzir a velocidade e reduzir a força do impacto.a questão muito bem pontuada pelo paulo higa é: o radar deveria ter percebido a presença dela e começado a diminuir e o motorista deveria estar atento e meter o pé no freio como se faz por reflexo, ou jogar o carro para o lado. mas o motorista não estava olhando e nem estava com a mão no volante (algo q ele não conseguiria mesmo, pq o volante se move o tempo todo). esse tipo de experimento, com o carro no estágio 4, é perigoso justamente por isso, o motorista perde a atenção no trânsito, pq o carro tá fazendo tudo. culpar o pedestre é uma tradição nossa, do brasil, e espero q não se
Fabio Montarroios
desculpe ser eu quem vai te dar essa notícia: mas nosso mundo é regido por humanos e máquinas ainda são incapazes de ter qualquer tipo de consideração pelas pessoas. Então, pouco importa o q as máquinas acham, pq, na verdade, elas não acham nada; elas detectam e analisam dados, ponto. O que elas fazem com esses dados tem relação com o q dizemos pra elas fazerem - seja de modo explícito e simples ou algo super complexo orientado por uma inteligência artificial.em suma, aquilo q vc vê na ficção científica é só ficção mesmo.
Baio-kun
Muitas das vezes o pedestre vê e ignora, acha que o motorista vai frear ou desviar.
Guilherme
O pedestre está fora da faixa, período noturno e numa via de "alta velocidade"... Podem colocar a culpa em quem quiser, mas me parece pouquíssimo provável que um humano fosse capaz de enxergar o pedestre que cruzava naquele local e naquela circunstância.
Baio-kun
Cara, se conseguirem eliminar os humanos eles vão recuperar o valor investido em pouquíssimo tempo, depois disso é só lucro.
David Carvalho
O que está evidente é que os carros autonomos da Uber não estão preparados para vias públicas. Afinal, necessidade de intervenção humana a cada 1,3 km é muito alto! Principalmente se comparado ao do Google que tem media superior a 8 mil km.
Bruno Guerreiro
Sim, é verdade! Vi algumas fotos do local depois, e muito discussão sobre a qualidade da camera. De qualquer forma, se um humano pudesse mesmo evitar esse acidente é ainda pior para a tecnologia do carro, que não conseguiu fazer nada.
Exibir mais comentários