Em uma época não muito distante, você teria que recorrer a um desktop se quisesse ter um computador realmente parrudo. Nesta terça-feira (3), a Intel deu mais um sinal de que essa fase ficou mesmo no passado: a companhia anunciou uma gama de processadores Core i5, Core i7 e Core i9 de oitava geração (Coffee Lake) para laptops e afins.

Chip Intel Core de oitava geração

O Core i9-8950HK é o modelo que mais chama atenção, afinal, a linha Core i9 é a denominação da linha de processadores mais poderosa da Intel atualmente (sem considerar os chips para servidores e workstations, como as unidades Xeon). É a primeira vez que um modelo dessa família é lançado oficialmente para computadores portáteis.

As especificações correspondem às expectativas. O Core i9-8950HK tem frequência de 2,9 GHz (4,8 GHz em boost), seis núcleos com 12 threads, 12 MB de cache e TDP de 45 W. De acordo com a Intel, o chip consegue ser 29% mais rápido que os Core i7 de sétima geração para laptops. Em algumas aplicações, como edição de vídeos 4K no Adobe Premiere Pro, o ganho de desempenho chega a 59%. E, sim, dá para fazer overclock.

Para quem procura bastante desempenho, mas preços um pouco mais acessíveis, a Intel apresentou os chips Core i7-8850H e Core i7-8750H. Eles também têm seis núcleos e 12 threads, mas trazem 9 MB de cache, além do TPD de 45 W. A frequência do primeiro é de 2,6 GHz (4,3 GHz em boost); a do segundo, 2,2 GHz (4,2 GHz em boost). O Core i7-8850H é o único dos dois desbloqueado para overclock, ainda que parcialmente.

Intel Core de oitava geração

Em um nível abaixo estão os chips Core i5-8400H e Core i5-8300H, ambos com TDP de 45 W e 8 MB de cache. Os clocks são, respectivamente, de 2,5 GHz (4,2 GHz em boost) e 2,3 GHz (4 GHz em boost). Os dois chips têm quatro núcleos e oito threads.

Todos esses processadores fazem parte da família Coffee Lake e, como tal, são baseados em uma tecnologia de fabricação que a Intel chama de 14 nm++, basicamente, uma versão melhorada e mais eficiente do processo de 14 nm original.

Os novos chips serão encontrados sobretudo em notebooks para jogos, incluindo modelos de linhas como Acer Predator, Asus ROG e MSI Titan a serem lançados no decorrer do ano. Os preços por processador devem variar entre US$ 250 (Core i5) e US$ 600 (Core i9).

Intel Core de oitava geração

É claro que nada impede esses chips de serem encontrados em notebooks de alto desempenho direcionados ao uso corporativo, por exemplo. Falando nesse segmento, a Intel também revelou os chips Xeon E-2186M e Xeon E-2176M. O primeiro tem praticamente as mesmas especificações do Core i9-8950HK, mas abre mão do overclock e traz suporte a memórias ECC e tecnologia vPro, por exemplo.

As novidades da Intel incluem ainda uma nova leva de chips Core i3, i5 e i7 de oitava geração para desktops.

Com informações: AnandTech.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alex Miyamoto Mussi

Alguém tem uma opinião sobre notebooks da Avell?
Vi que estão com notebooks com Intel de 8ª geração (i7-8750H).

Cleuton Brito

Boa ideia usar isso.

Robert Venicius

Achei pra vender essas tampas protetoras comprar um kit kkkk https://uploads.disquscdn.c...

Robert Venicius

kkkkk e o pior e que o local do fone é próximo do USB https://uploads.disquscdn.c...

Robert Venicius

Obrigado pelas dicas, usarei constantemente!

Rafael Olah

Se fosse os novos tinha dado PT, até a 3 geração dava pra trocar o I/O do Notebook um Chipset HM 55 - 65 - 77. Depois começou a vir tudo integrado no processador é acredite sao extremamente finos com balls ainda menor que 0,35 e empenão facil.

Do jeito que eles cortam gastou para deixar mais barato os Notebooks duvido muito que vão colocar proteção a mais na placa.

Cleuton Brito

Não enfia o fone p2 na USB também kkk

Cleuton Brito

Isso me lembrou um erro que eu cometi com um notebook LG R580, era noite no escuro peguei o fone e ia enfiando na USB e fechei um curto provavelmente no Vcc e terra, aí ele reiniciou e essa usb só funciona as vezes e acho que em modo 1.1. Mas era de arquitetura antiga ainda com processador dual core T4400. Se fosse esse novos tinha ido pro espaço então. Talvez eles implementem um fusível ultra rápido pelo menos para esses da USB.

Rafael Olah

Lenovo da linha ThinkPad os antigos IBMs são fantásticos em durabilidade. Nunca peguei nem um se quer ThinkPad com curto em capacitor. A linha ideia Pad não é tão boa quanto a ThinkPad.

Naum Tenho

Entendi. Daí a empresa q possui menor indice de defeito é aquela que investe em prevenção desses curto

Rafael Olah

Problemas na solda BGA acontecem independente do que seja processador, chip gráfico, etc. Mas sim esses processadores vira e mexe dá problema na solda também mas aí independente da marca todos dão esse tipo de defeito embora menos do que antigamente o problema é que qualquer curto na placa mata o processador que é soldado nela e não dá pra trocar e ainda que desse nao seria viável para o cliente devido ao auto custo entre valor do processador mais mão de obra.

Naum Tenho

Seria por causa do sistema de resfriamento?

Rafael Olah

Lenovo da pouco defeito. Dell é campeã em processador queimar.

Rafael Olah

Pode usar mas não use pendrives do camelo, nem retire dispositivos USBs sem desconectar primeiro.

Henrique

Qual a recomendação?

Exibir mais comentários