Aê! O Google anunciou hoje uma nova versão do navegador Google Chrome. Fazia tempo que nós esperávamos esse release, mas hoje finalmente a espera acabou. Um monte de novas funções já presentes nas versões beta e dev do navegador chegam ao grande público, que poderá aproveitar mais o aplicativo desenvolvido pelo Google.

E o melhor é que o lançamento é triplo: a nova versão estável do Chrome foi disponibilizada simultaneamente para Windows, Mac OS e Linux. Nunca antes na história desse país o Chrome esteve tão acessível, em tantos sistemas operacionais e na versão mais estável.

Chrome 5 no Windows XP. Clique para ampliar.

Entre as novidades do Chrome 5, está a nova interface. “Nova”, em termos, porque muito pouco foi modificado: agora ela está cinza em alguns sistemas, embora permaneça azul no velho Windows XP de guerra. Já no Mac OS Snow Leopard e no Ubuntu ele fica cinza, conforme era esperado.

A sincronização com a nuvem do Google foi expandida. Antes, somente favoritos podiam ser copiados para o Google Docs, a fim de que o usuário os acessasse de qualquer lugar. Agora, temas e configurações também são sincronizados de tempos em tempos. Infelizmente, no entanto, o Chrome ainda não ganhou uma forma de manter nomes de usuário e senhas devidamente sincronizados.

Não menos importante, o desempenho do Chrome na versão 5 foi bastante melhorado. De acordo com o Google, o ganho de performance na execução de JavaScript foi de 213% no teste V8 e de 305% no conjunto de testes SunSpider, se comparado com o primeiro beta do aplicativo (lá em 2008).

Download | Google Chrome

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Matheus Bonela
Same here.
Rafael
Sim, Ubuntu é Linux, esse é o problema do título, era pra ter colocado Linux e não Ubuntu, que era pra englobar todas as distribuições.
Rafael
ah, e sexo se escreve assim: SEXO.
Rafael
Silêncio seu imaturo! zzz
Rafael
É claro que você é usuário de Ubuntu, só usuários do Ubuntu conseguem aceitar estar escrito Ubuntu no título... Agora se imagine um usuário de outra distribuição Linux ou Windows e leia denovo.
Rafael
Não sou Linuxista, olha meu SO nesse comentário e nos outros 130 que já escrevi neste blog.
Arimatheia
A versao Mac esta com alguns bugs que nao apareciam nas versoes anteriores. Gerenciamento ruim de ram/processador e uns conflitos com o Magic Mouse. Acessar o Flickr e quase impossivel.
RAFAEL RODRIGUES
e falando em diferença de ubuntu e linux... AFF é a mesma coisa eu falar bolo de mandioqua e bolo de aipin ( nenhuma diferença) o Linux é muito melhor que o é pq o ubuntu é a versao mais utilizada do linux pois ser mais,digamos facil de usar, do que outra distribuicoes !! voce que utiliza windows convido a utilizar linux e de preferencia o ubuntu... versao estavel e muito bonita e de graça sem gambiarra de banquinha ...se soubese disso no comeco de minha carreica com pcs ja teria o linux sem duvida nenhuma ...
RAFAEL RODRIGUES
Eu estou utilizando GOOGLE CHROME no meu ubuntu, pra mim nao mudou nada,acabei de troca de windows xp, para o linux, algo irreal ... , mas algo muito bom aconteceu nao tenho mais virus no meu pc e nao preciso de drivers .... ufa ... e nao fugindo do assunto .. o chrone esta mais estavel do que o internet explorer ....(isso qualquer navegador é melhor ) adeus ruiWINDOWS ..
Sil
Simples, vai ali na parte de controles, sobre o GChrome e lá tem o botão atualizar... Simples assim, só requer alguns clique que alguns, ainda assim, não fazem...
@motafoka
Deixando o mimimi de lado, só acho ruim não ter um link direto para um offline installer.
Luis
Deve ser bronca no Chrome mesmo, pq fiz o teste em outros navegadores e isso não acontece no Orkut e demais sites.
MrMouse
Então quer dizer que em vez de discutir sobre as melhorias do Chrome na sua nova versão, os comentários servirão para debater sobre um #mimimi acerca do Ubuntu no titulo? Depois eu que sou imaturo com meus poucos anos de vida
Edgar
Rafael, vai fazer se.xo e parar de encher as paciências por causa disso! Eu adoro o Linux e uso a distro do Ubuntu... mas o principal problema que vejo para utilização do Linux em massa é esse monte de distribuições existentes! Um usuário iniciante pega a porra do notebook que acabou de comprar e vem a distro CentOS, ai fala com um amigo que tem Ubuntu, que fala com um terceiro que tem Slackware... ai o doido fica tão perdido que instala o XP ou Win7 pirata e é feliz para sempre! Enquanto não houver uma padronização das distros, o Linux ainda vai ser marginal para a grande parte da população. Então foda-se se chamam de Ubuntu, Mandriva, SlackWare, Debian ou o raio que o parta!
Rafael
Não estou fazendo essa palavra aí que você falou. Ele ter escrito Ubuntu ao invés de Linux não foi uma ofensa pessoal, foi mais uma ofensa ao mundo da tecnologia, isso sim.
Exibir mais comentários