Início » Gadgets » Apple Watch: a diferença entre Series 1, Series 2, Series 3, Series 4 e Series 5

Apple Watch: a diferença entre Series 1, Series 2, Series 3, Series 4 e Series 5

Cada uma das gerações do Apple Watch tem características distintas; saiba o que muda entre o Watch Series 1, 2, 3, 4 e 5.

Por
52 semanas atrás

O Apple Watch, o smartwatch da Apple, já tem quatro anos de história e é o líder absoluto de mercado em sua categoria. Desde sua introdução em 2014, o relógio inteligente já passou por diversas atualizações de série e recebeu vários recursos. Quer saber o que cada modelo tem de diferente? Então nos acompanhe.

Apple Watch Original

Lançado em 2015, meses após sua apresentação oficial, o Apple Watch Original tomou o mercado de smartwatches em menos de um ano e não saiu mais do topo. A Apple tentou, num primeiro momento, atrair vários perfis de usuários, desde os que só usavam pelas pulseiras descoladas aos consumidores de relógios premium, que usam modelos de marcas como Rolex e similares – por exemplo.

Esta versão possuía relógios de 38 e 42 mm, display OLED de 1,5 e 1,65 polegadas e tela de safira Force Touch com bordas curvas, design esse que permaneceu igual até o lançamento da Series 4. Por dentro, o modelo era equipado com o processador Apple S1, um single-core de 520 MHz, 512 MB de RAM e 8 GB de espaço interno. A configuração permitia a inclusão de apenas 2 GB de músicas ou 75 MB de fotos localmente.

Foto por Shinya Suzuki/Flickr

O Apple Watch depende de um iPhone para funcionar (via Bluetooth 4.0) e, uma vez pareado, é possível acessar tudo o que está armazenado em seu smartphone. A coroa digital, o botão na lateral do acessório, permitia o ajuste de zoom e servia também como o Home, enquanto o segundo botão exibia os contatos favoritos e permitia o acesso ao Apple Pay.

Para os esportistas, o reloginho esperto trazia todas as funções básicas e um sensor cardíaco bem preciso, que utilizava sensores, LEDs e infravermelho para fazer uma leitura dos sinais vitais bastante confiável.

O Apple Watch Original foi lançado em versões com corpo de aço inoxidável, cerâmica e até em ouro 18 quilates e ouro rosé, rodando watchOS e com preços entre R$ 2.899, no modelo Sport a assombrosos R$ 135 mil, da versão Edition. Ele foi atualizado até a versão 4 do sistema operacional e, atualmente, é o único modelo da linha que não recebe mais updates.

Apple Watch Series 1 e Series 2

Em 2016, as coisas ficaram um pouco complicadas. A Apple resolveu atualizar sensivelmente o Apple Watch, mas, ao invés disso, lançou dois relógios completamente distintos. O mais básico, o Apple Watch Series 1 não possuía quase nenhuma novidade em relação ao original, a não ser o processador mais veloz Apple S1P (na verdade, um Apple S2 mais restrito).

De resto, a Apple limitou o modelo a cases apenas de alumínio, se tornando assim o smartwatch de entrada da companhia. Curiosamente, o acessório era compatível com Bluetooth 4.2, enquanto o Series 2 foi limitado à versão 4.0, tal qual o Apple Watch original. Ele foi lançado com preços de R$ 2.599 (38 mm) e R$ 2.999 (42 mm).

Apple Watch / Series 1 / Apple

Já o Apple Watch Series 2 era bem superior. O processador Apple S2 contava, pela primeira, vez com GPS. O corpo era em alumínio, aço inoxidável ou cerâmica (nada de ouro desta vez). Ele era resistente a mergulhos de até 50 metros de profundidade e o display, embora do mesmo tamanho, era superior com um brilho de até 1.000 nits.

A bateria também foi atualizada, saltando de 205 e 250 mAh, dos modelos original e Series 1, para 273 e 334 mAh – nos tamanhos de 38 e 42 mm, respectivamente.

Apple Watch / Series 2 / Apple

A fabricante posicionou o Apple Watch Series 2 como uma opção para quem desejava um modelo de melhor acabamento (nas opções de aço e cerâmica) ou melhores especificações, como, por exemplo, fazer uso do GPS e contar com uma bateria maior, o ponto fraco de todo smartwatch.

O Series 2 teve preços de lançamento entre R$ 2.599 (38 mm e case de alumínio) e R$ 8.299 (42 mm, aço inox e pulseira de elos). Existiu também um modelo Edition, com corpo de cerâmica branca (o ouro ficou para trás) que chegou ao Brasil custando R$ 9.899 (38 mm) e R$ 10.299 (42 mm).

Ambos modelos chegaram rodando o watchOS 3 e foram atualizados para a versão 5, estando em dia com os recentes updates.

Apple Watch Series 3

Em 2017, a Maçã finalmente ouviu seus consumidores, e o Apple Watch Series 3 veio com uma versão 4G/LTE. Com isso, ele passou a ser capaz de fazer streaming de música e até receber e fazer ligações, o sonho de quem sempre quis bancar o detetive Dick Tracy. Ambas versões, com e sem conectividade, incorporaram todas as novidades introduzidas no Series 2, como era de se esperar.

O modelo com 4G oferece, inclusive, acesso pleno à Siri, o que sempre foi um pouco mais limitado até então.

Apple Watch / Series 3 / Apple

Por dentro, o Series 3 é equipado com o processador Apple S3, 70% mais rápido que o S2 e um chip W2 para conectividade 50% mais eficiente em autonomia de energia, permitindo que ele fizesse o mesmo que o Series 2, mas consumindo menos. O modelo também trouxe altímetro, barômetro e um sensor cardíaco aprimorado. A Apple bateu firme ao promovê-lo como um equipamento essencial para idosos e pessoas com problemas de saúde permanentes, como diabetes.

Por fim, o modelo com 4G possui maior espaço de armazenamento interno (16 GB), enquanto o sem conectividade permaneceu com 8 GB. Por outro lado, ambos possuem mais memória RAM (768 MB) e Bluetooth 4.2. As baterias são levemente maiores no modelo com 4G (279 e 352 mAh), mas menores que as presentes no Series 2 na versão sem conectividade (262 mAh no modelo de 38 mm).

O Apple Watch Series 3 foi lançado com o watchOS 4 e recebeu atualização para a versão 5 do sistema operacional; ele foi lançado no Brasil com preços entre R$ 2.599 (38 mm, sem 4G e corpo de alumínio) e R$ 10.399 do modelo Edition (42 mm, com 4G e corpo em cerâmica branca).

Apple Watch Series 4

Anunciado em setembro de 2018, o Apple Watch Series 4 promoveu uma renovação na linha. O corpo dos relógios aumentou um pouco, de 38 e 42 mm para 40 e 44 mm, e o display ganhou mais 35% de área, sendo capaz de exibir mais informações como índice UV, as horas em outros países e temperatura local.

Ele também ficou mais poderoso, o dual-core Apple S4 é o primeiro processador 64 bits a equipar um modelo da linha e, junto com uma nova GPU, permite que o Series 4 entregue o dobro de desempenho em comparação a Series 3. A RAM é a mesma do antecessor, mas desta vez tanto o modelo com e sem 4G contam com 16 GB de espaço interno, além de Bluetooth 5.0 para uma conexão entre ele o iPhone de melhor qualidade.

Apple Watch / Series 4 / Apple

A Apple diz que a bateria do Series 4 é similar à do Series 3, mas mesmo tendo ficado um pouco mais fino, as melhorias em hardware e software permitem que o novo relógio inteligente tenha uma autonomia maior em relação à geração anterior.

A coroa digital recebeu feedback háptico e se tornou essencial para o principal recurso do acessório: a capacidade de realizar um eletrocardiograma no usuário. Ele trabalha em conjunto com um novo sensor capaz de aferir, em 30 segundos, os pulsos cardíacos e emitir um exame preciso. O acessório foi inclusive homologado pela FDA (o primeiro de sua categoria) e a Apple recebeu consultoria da American Heart Association. O recurso será liberado nos Estados Unidos até o fim de 2018, segundo a Apple.

Há outras melhorias relacionadas à saúde. Se o Series 4 detectar uma queda ele envia um alerta, perguntando se está tudo bem. Caso o usuário não responda e permaneça imóvel por 60 segundos, o Apple Watch avisa os contatos mais próximos e liga para o serviço de emergência. A companhia diz que o recurso foi especialmente pensado para idosos, que são mais suscetíveis a acidentes do tipo.

O Apple Watch Series 4 foi lançado já rodando o watchOS 5, com preços entre US$ 399 (40 mm, sem 4G e corpo de alumínio) e US$ 1.499 do modelo Hermès (44 mm, 4G, corpo de aço inox e pulseira de couro).

Apple Watch Series 5

Em setembro de 2019 a Apple apresentou o Watch Series 5. Ele tem o mesmo visual do Series 4, mas a principal diferença entre os modelos é a tela que fica ligada o tempo todo, sem prejudicar a autonomia da bateria.

Isso foi possível por conta da nova tecnologia adotada para os modelos do Series 5. Quando o software entende que você não está olhando para a tela (quando não vira o pulso para isso) a taxa de atualização muda de 60 Hz para 1 Hz e o brilho fica bem baixo, consumindo quase nada de energia.

apple watch series 5 animado

A Apple também anunciou como recursos do Series 5 a bússola — que já integrava o iPhone 3Gs, lançado em 2009 — e a chamada de emergência internacional. Vale mencionar que o Series 5 traz o processador S5, o qual a empresa afirma ser “até duas vezes mais rápido que o S3”, algo que o S4 do Series 4 também já era. O armazenamento interno agora é de 32 GB.

Outra novidade é que o Series 5 poderá vir em corpos de alumínio reciclado, aço inoxidável, cerâmica ou titânio. Esse relógio custa a partir de  US$ 399 para a versão sem dados de redes móveis e US$ 499 para a versão com 4G.

Resumindo…

Cada nova geração do Apple Watch introduziu um recurso novo em relação ao anterior, com exceção do Series 1. Estas são as principais diferenças entre cada um dos modelos:

  • Apple Watch Original: processador Apple S1, modelos de 38 e 42 mm, displays OLED Retina de 450 nits, 512 MB de RAM, 8 GB de espaço interno, opções de case em aço inox, cerâmica e ouro, atualizado até o watchOS 4;
  • Apple Watch Series 1: processador Apple S1P e case com opções apenas em alumínio;
  • Apple Watch Series 2: processador Apple S2, GPS, resistência a mergulhos de até 50 m de profundidade, display OLED Retina de 1.000 nits, baterias de maior capacidade e case em alumínio, aço ou cerâmica;
  • Apple Watch Series 3: processador Apple S3, versão com 4G/LTE e 16 GB de espaço interno, mais RAM (768 MB), Bluetooth 4.2, altímetro e Siri;
  • Apple Watch Series 4: processador Apple S4 de 64 bits, corpo e telas maiores, 16 GB de espaço nos modelos com e sem 4G, sensor elétrico capaz de realizar eletrocardiogramas, sensor de queda, Bluetooth 5.0 e melhor autonomia.
  • Apple Watch Series 5: processador Apple S5 de 64 bits, tela sempre ativa, 32 GB de armazenamento interno, bússola, chamadas de emergência internacionais, corpo de cerâmica e titânio além dos modelos em alumínio e aço inoxidável.

Colaborou: Lucas Lima.

Mais sobre: , ,