Início » Computador » Xiaomi Mi Notebook Air ganha modelo mais barato com Intel Core i3

Xiaomi Mi Notebook Air ganha modelo mais barato com Intel Core i3

Novo Xiaomi Mi Notebook Air custa o equivalente a R$ 2.200 na China; também há modelos com Intel Core i5 e i7

Por
08/11/2018 às 15h46
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

A Xiaomi está lançando uma nova versão mais acessível do Mi Notebook Air, inspirado no MacBook Air da Apple. Este laptop fino é oferecido com processador Intel Core i3 de oitava geração e custa o equivalente a R$ 2.200 na China. Claro, há também modelos com Core i5 e i7.

O novo Mi Notebook Air de 13,3 polegadas possui tela com resolução Full-HD que ocupa 80% da parte frontal, protegida por Corning Gorilla Glass 3. Ele vem com um teclado de tamanho completo (sem teclas reduzidas) e um touchpad grande onde fica o leitor de impressões digitais.

Por dentro, temos o processador Core i3-8130U dual-core com quatro threads. Ele tem clock base de 2,20 GHz e turbo de 3,40 GHz. O sistema de resfriamento é composto por duas ventoinhas e tubulações de calor.

São 8 GB de memória RAM DDR4 e SSD de 128 GB. A bateria de 40 W promete durar até 7,5 horas para navegação na web; graças ao carregamento rápido, ela leva 30 minutos para chegar a 50% da capacidade.

O laptop tem uma porta USB-C para carregar a bateria e para transferir dados a até 5 Gb/s. Além disso, há duas portas USB 3.0, saída HDMI e entrada 3,5 mm para fone de ouvido. Ele tem dimensões 309,6 x 210,9 x 14,8 mm e pesa 1,3 kg.

Xiaomi Mi Notebook Air tem modelos com Core i3, i5 e i7

O Xiaomi Mi Notebook Air com Core i3 está em pré-venda na China pelo equivalente a R$ 2.200, com lançamento a partir da semana que vem. Ele roda Windows 10 Home.

Há também modelos com Core i5 (R$ 2.900) e Core i7 (R$ 3.250) de oitava geração, ambos com chip gráfico Nvidia GeForce MX150. São preços bem mais acessíveis que o novo MacBook Air, que custa a partir de R$ 10.399 no Brasil. No entanto, a Xiaomi não tem representação oficial no país.

Com informações: Xiaomi, Gizmochina.

Mais sobre: ,