Início » Celular » Apple confirma que novo iPad Pro pode vir entortado direto da caixa

Apple confirma que novo iPad Pro pode vir entortado direto da caixa

Apple diz que novo iPad Pro pode apresentar leve curvatura mesmo antes de ser usado devido ao processo de fabricação

Felipe Ventura Por
48 semanas atrás

Algumas unidades do novo iPad Pro saem ligeiramente entortadas direto da caixa. A Apple confirma que, devido ao processo de fabricação, o tablet pode apresentar uma leve curvatura mesmo antes de ser usado. A empresa não considera que isso seja um defeito, e não viu taxas de devolução acima do normal. O dispositivo custa até R$ 15.599 no Brasil.

A Apple explica ao The Verge que algumas unidades do iPad Pro 2018 são vendidas com uma ligeira curvatura no chassi de alumínio. Isso acontece devido ao resfriamento dos componentes de metal e plástico durante a fabricação, segundo a empresa. O tablet não deve ficar mais torto com o tempo, nem ter seu desempenho prejudicado.

Alguns usuários vêm reclamando no fórum do MacRumors que o novo iPad Pro ficou levemente curvo depois de algumas semanas. "Tratei esta coisa como um bebê, nunca coloquei em uma mochila, levei para todo lugar na capa com teclado desde o primeiro dia", diz um usuário. "Ele não recebeu nenhuma força, foi tratado como se deveria tratar um dispositivo tão caro", explica outro.

https://twitter.com/skirano/status/1065011536882655232

Chris Welch, do The Verge, conta sua experiência própria: "meu iPad Pro de 11 polegadas ficou curvado depois de duas semanas. A Apple perguntou se eu poderia enviá-lo para a equipe de engenharia dar uma olhada. Mas o iPad Pro de 11 polegadas que eu recebi em troca na Apple Store de Brooklyn tinha uma ligeira curva no alumínio assim que tirei o invólucro".

A política de compra da Apple Store, tanto física quanto online, prevê que o cliente pode trocar um produto em até 14 dias. A empresa diz que não viu uma taxa de devolução acima do normal para o novo iPad Pro. Depois desse prazo, seria necessário acionar a garantia — mas alguns atendentes dizem se tratar apenas de dano acidental ou cosmético.

Apple defende rigidez estrutural do iPad Pro

A Apple defende o iPad Pro, dizendo que as preocupações com a rigidez estrutural são infundadas. Os YouTubers Zack Nelson (do canal JerryRigEverything) e Filip Koroy (do canal EverythingApplePro) conseguiram dobrar o tablet com as mãos sem muita dificuldade.

O iPad Pro parece ser mais frágil no ponto médio de cada uma das quatro bordas. Isso corresponde ao carregador para o Apple Pencil, à porta USB-C, e a dois furos para microfone. O problema afeta todo modelo do iPad Pro, nos tamanhos de 11 e 12,9 polegadas, e nas versões Wi-Fi e Wi-Fi + Cellular (4G).

Apple pode demorar em reconhecer problemas

Às vezes, a Apple demora um pouco em reconhecer problemas em seus produtos. Por exemplo, ela foi processada porque o teclado reprojetado do MacBook Pro deixa entrar poeira abaixo das teclas, inutilizando-as com o tempo.

A empresa resolveu, então, consertar notebooks fora da garantia com essa falha. Os modelos mais recentes têm uma membrana abaixo de cada tecla "para evitar que detritos entrem no mecanismo borboleta", segundo um documento interno. No entanto, ela diz publicamente que a mudança foi feita apenas para reduzir o ruído ao digitar.

E, claro, tivemos o bendgate: o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus ficavam levemente curvados com o tempo, e pareciam ser mais frágeis perto dos botões de volume. Em 2014, a Apple disse que só nove clientes haviam reclamado. No entanto, ela descobriu internamente que o modelo Plus entortava com frequência 7,2 vezes maior que o iPhone 5S. O problema só foi totalmente resolvido na geração seguinte, que adota um alumínio mais resistente.