Início » Celular » Samsung apresenta Galaxy Buds, fone de ouvido sucessor do Gear IconX

Samsung apresenta Galaxy Buds, fone de ouvido sucessor do Gear IconX

Fone de ouvido ficou mais barato, tem mais bateria e perdeu a memória interna para canções.

André Fogaça Por

A Samsung aproveitou seu evento em San Francisco — onde apresentou o Galaxy Fold e toda a família de smartphones Galaxy S10 — para mostrar ao mundo um novo fone de ouvido sem fios, chamado de Galaxy Buds. Eles chegam ao mercado internacional a partir do mês que vem para substituir o Gear IconX, com preço menor e sem memória interna para músicas.

Visual semelhante ao modelo anterior

A nova geração de fones de ouvido completamente sem fios da Samsung chega com visual semelhante ao que já existe no Gear IconX mais recente, lançado em 2017 e que trouxe grandes melhorias para a autonomia da pequena bateria que está em cada um dos lados. A maior mudança do novo modelo é que a caixa que carrega os fones pode ser recarregada sem o uso de fios, com a tecnologia Qi.

Isso significa que é possível colocar o case dos Buds em qualquer carregador que funcione com esta tecnologia (basicamente todos os modelos vendidos atualmente), o que inclui também a traseira dos novos Galaxy S10 e S10+. Além deste tipo de carregamento, há uma porta USB-C para energia.

A parte externa continua com uma superfície tátil para o controle do que é reproduzido, que pode ser a partir de uma conexão Bluetooth a partir de um celular, tablet, computador ou qualquer aparelho com este tipo de conexão.

Bateria continua com longa autonomia

Na geração passada a bateria era capaz de oferecer autonomia de até sete horas de canções contínuas que estão armazenadas, ou cinco horas de streaming via Bluetooth a partir de outro dispositivo. O Galaxy Buds ganhou uma hora extra para conexão Bluetooth, mas aparentemente deixou de lado a memória interna. A empresa afirma que em 15 minutos no case, os Buds podem reproduzir até 1,5 hora de música.

O Galaxy Buds chega ao mercado internacional a partir do dia 3 de março, junto do Galaxy S10, custando US$ 129,99 – aproximadamente R$ 490, sem considerar impostos ou taxas de importação. O preço é menor do que o lançamento da geração passada, o que é um ponto positivo, mas a ausência de memória interna pode ser um ponto negativo para alguns usuários.

Ainda não há informações sobre o lançamento do Galaxy Buds no Brasil, mas certamente receberemos o fone – as duas primeiras gerações chegaram por aqui.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

B.Beto

Eu só fico impressionado como fazem um fone desse sem a função de cancelamento de ruídos ativo...

André Almeida Martins

ausuashuhausuhsuhhuasuhuashuhas
esqueci q tem Xiaominion em todo lugar..

Vegeta humilde

Preço interessante, se forem bons e conseguir importar acho q vou pegar eles
E pqp, esse amarelo/verde horroroso ta foda samsung

Vegeta humilde

Não se fala mal da xiaomi aqui cara...

Bruno Stecanella

Comprei nos EUA, $79, não cai o pareamento não, não tenho o que reclamar do fone o som é muito bom... A única coisa que podia ser melhor são os adaptadores de silicone, não isolam 100% o barulho...

https://www.bestbuy.com/sit...

André G

Esses fones existem desde antes dos airpods, não acho que copiaram tantas coisas.

Fabiano

onde? quanto ? não cai o pareamento?

Bruno Stecanella

Comprei o Anker Liberty Air e eles são 5.0, só de abrir a case já conecta no iPhone

André Almeida Martins

eh a Xiaomi, cara.. kkkk

Hugo Piovesan

Vai saber... a Xiaomi lançou a 'airdots pro' com bluetooth 4.2 ao invés de 5.0 (como a airdots tradicional)

André Almeida Martins

com certeza..

hamster

Até a janela de pareamento com o sistema copiaram. Toma vergonha na cara Samsung, vc não tem mais tamanho pra fazer isso.

Bruno Stecanella

O Bluetooth é 5.0??