Início » Telecomunicações » Assinaturas de streaming de vídeo ultrapassam TV a cabo no mundo

Assinaturas de streaming de vídeo ultrapassam TV a cabo no mundo

Streaming registrou 131,2 milhões de novas assinaturas globalmente, enquanto TV a cabo recuou 2% em 2018

Por
22 semanas atrás

Há quem diga que os dias da TV paga estão contados, e estamos vendo um dos sinais disso. Pela primeira vez, as assinaturas de streaming de vídeo — como Netflix e Amazon Prime Video — ultrapassaram globalmente o número de clientes de TV a cabo, de acordo com um relatório da Motion Picture Association of America (MPAA).

Acervo da Netflix / como funciona a netflix

Em 2018, os serviços de streaming adicionaram 131,2 milhões de novos assinantes no mundo, chegando à marca de 613,3 milhões. Enquanto isso, as assinaturas de TV a cabo caíram 2% em relação a 2017, registrando 556 milhões de clientes.

A tendência é que os serviços de streaming continuem crescendo. Atualmente, o mercado é dominado principalmente por Netflix, Amazon e Hulu, mas outras empresas querem participar da competição: as estreias da Apple e Disney são aguardadas para 2019.

No entanto, ainda existem mais clientes na TV por assinatura que em serviços de streaming, se você contar os usuários de IPTV e TV via satélite:

Número de assinantes globais de streaming de vídeo, TV a cabo, IPTV, TV via satélite e DTT

E mesmo com o decréscimo de assinaturas, a TV a cabo teve um faturamento maior e cresceu em US$ 6,2 bilhões em 2018, atingindo a marca de US$ 118 bilhões. Em seguida aparece a TV via satélite, que faturou pouco menos que US$ 100 bilhões. O faturamento de serviços de streaming segue abaixo de US$ 40 bilhões.

O relatório ainda diz que mais americanos assistem TV a cabo (80%), seguido de serviços de streaming (70%). Mesmo assim, usuários nos EUA gastam mais da metade do seu tempo em plataformas digitais. A associação também destaca que os gastos com serviços digitais cresceram 170% em todo o mundo desde 2014, enquanto as mídias físicas tiveram queda de receita de 48%.

Lucro recorde na indústria cinematográfica

A indústria cinematográfica registrou lucro recorde de US$ 96,8 bilhões, sendo mais de US$ 40 bilhões apenas em bilheterias de cinema. Os números foram impulsionados por sucessos da Disney, como Vingadores: Guerra Infinita, Pantera Negra e Os Incríveis 2.

Com informações: The Verge, Zero Hora.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.