Início » Gadgets » TV 4K Samsung NU7100: a basicona que ainda dá um bom caldo

TV 4K Samsung NU7100: a basicona que ainda dá um bom caldo

Depois de quase um ano no mercado, NU7100 está mais barata e não sacrifica qualidade de imagem

Paulo Higa Por
33 semanas atrás

A NU7100 foi a TV 4K mais simples da Samsung lançada em 2018. Ela já até ganhou uma sucessora no mercado brasileiro, a RU7100, que trouxe novidades bacanas, como a conexão Bluetooth e o controle remoto universal, mas sem grandes mudanças na qualidade de imagem.

Quase um ano depois da estreia no Brasil, a NU7100 está bem mais barata nas lojas. A versão de 55 polegadas, lançada por R$ 4,6 mil, já pode ser encontrada por menos de R$ 3 mil. Para quem prefere tamanhos gigantes, a queda no preço foi ainda maior: a NU7100 de 75 polegadas, que desembarcou por R$ 14 mil, já sai por menos de R$ 8 mil.

Mas será que vale a pena economizar um dinheirinho e comprar uma TV da geração passada? Eu assisti a dezenas de horas de conteúdo na NU7100 por três semanas e conto tudo nos próximos minutos.

Análise da Samsung NU7100 em vídeo

Design, conexões e controle remoto

TV 4K Samsung NU7100 - Review

O design da NU7100 é o mais simples possível — e inclusive foi mantido no modelo de 2019. Ela é construída totalmente em plástico na cor preta e tem uma base formada por dois pés em formato de “V”. Uma adição interessante em relação ao televisor de 2017, a MU6100, é a presença de pequenas canaletas na traseira que ajudam a esconder os cabos atrás da TV, deixando o visual mais limpo.

TV 4K Samsung NU7100 - Review

As conexões estão concentradas do lado direito, com três portas HDMI, duas USB, uma entrada de cabo coaxial com suporte ao padrão brasileiro de TV digital, uma saída de áudio óptica e uma porta Ethernet. Em resumo, não oferece nada mais do que a obrigação. Infelizmente, a NU7100 só se conecta a redes Wi-Fi de 2,4 GHz, então talvez você precise reconfigurar seu roteador para que a TV encontre o ponto de acesso.

TV 4K Samsung NU7100 - Review

O controle remoto é o mesmo que acompanha outras TVs básicas da Samsung e que me agrada bastante. Ele é compacto, tem poucos botões e responde bem aos comandos. Devido ao padrão HDMI-CEC, ele pode controlar alguns dispositivos de forma limitada, como uma Apple TV, mas não chega a enviar sinais infravermelho para o set-top box da TV por assinatura, por exemplo, nem tem um microfone integrado para comandos de voz — esses recursos ficaram restritos aos modelos mais caros.

Qualidade de imagem

TV 4K Samsung NU7100 - Review

A NU7100 não impressiona pelo brilho, que poderia ser um pouco maior, nem pelo contraste, até por causa da ausência de tecnologias mais sofisticadas para controlar a iluminação traseira, como um local dimming. Por isso, nos filmes com cenas mais escuras, o backlight inteiro é contido, o que acaba tirando o impacto da imagem. Além disso, por ser um painel do tipo VA, o ângulo de visão é mais limitado, o que pode desagradar quem tem uma sala de estar mais larga.

E, embora a NU7100 suporte o padrão HDR10+ para exibir imagens com maior alcance dinâmico, na prática, a falta de potência no backlight faz com que o efeito não seja tão perceptível. Mesmo em imagens nas quais as regiões mais claras são menores, quando a TV teoricamente deveria atingir um pico de brilho mais alto, isso não acontece com muito vigor na NU7100.

TV 4K Samsung NU7100 - Review

Ainda assim, é uma qualidade de imagem que eu considero boa no segmento de televisores de entrada e que deve ser satisfatório para a maioria das pessoas e ambientes, inclusive aqueles com bastante iluminação natural. A unidade que eu testei agradou especialmente pela uniformidade do preto, sem nenhum vazamento de backlight visível, algo que eu só exigiria de um modelo mais caro.

Em testes sintéticos, a NU7100 apresentou um problema de color banding em tons mais escuros de verde, mas que não chegou a afetar a exibição de conteúdos reais. Nos testes de tela branca e tela cinza, percebi que as bordas da imagem ficam ligeiramente mais escuras, o que é normal em uma TV dessa categoria e que só deve incomodar os muito exigentes. Já o input lag ficou em menos de 15 milissegundos nos meus testes em Full HD no modo de jogo, uma marca excelente para os gamers de plantão.

TV 4K Samsung NU7100 - Review

Quanto ao processamento de imagem, a NU7100 consegue fazer upscaling de conteúdos de baixa resolução com bastante competência no painel 4K, então você não deve ter problemas ao assistir filmes em Full HD. E a tecnologia de suavização de movimento, que a Samsung chama de Auto Motion Plus, não é tão agressiva nas configurações padrão, o que também evita os artefatos em movimentos rápidos — mas os mais puristas sempre podem desativar essa opção, claro.

Qualidade de som

A MU6100 de 2017 tinha um som bem simples, e isso não mudou na NU7100. Ela é equipada com dois alto-falantes de 10 watts em todos os tamanhos, o que pode causar estranhamentos: na versão de 55 polegadas, que eu testei, o volume de áudio foi suficiente para preencher o ambiente sem distorcer, mas eu provavelmente não pensaria o mesmo se estivesse com a de 75 polegadas em uma sala de estar mais ampla.

TV 4K Samsung NU7100 - Review

As ondas sonoras dos alto-falantes da NU7100 refletem na carcaça e são emitidos pela parte inferior da TV. A qualidade de áudio é suficiente para uso básico. Os diálogos são claros, graças aos médios equilibrados e os graves que não roubam a atenção. As frequências baixas até aparecem, mas ficam longe dos sub-graves, então não espere nenhuma pancada no ouvido.

O som da NU7100, portanto, é apenas mediano. E, assim como na maioria das TVs de entrada, você deve sentir uma diferença gigantesca se quiser (e puder) instalar uma soundbar com um bom subwoofer.

Software e funções de Smart TV

TV 4K Samsung NU7100 - Review

O sistema operacional da NU7100 é o Tizen, que também acompanha as outras TVs da Samsung. Os principais provedores de conteúdo estão na plataforma. Você vai encontrar Netflix, YouTube, Spotify, Deezer, Amazon Prime Vídeo, Globoplay, Fox, Google Play Filmes e outros. Na loja da Samsung, tem ainda Globosat Play, TuneIn Radio, Telecine Play e também games por streaming no Steam Link.

Fica claro que a Samsung simplificou a interface para rodar melhor no hardware mais simples da NU7100. Nas TVs mais caras da marca, o Tizen é cheio de animações e efeitos visuais; aqui, todas as interações são mais diretas ao ponto. Também senti falta de algumas besteirinhas, como mostrar o ícone da Apple TV na barra inferior, o que gerava uma uniformidade visual na versão mais completa do Tizen.

TV 4K Samsung NU7100 - Review

Felizmente, a experiência de usuário não é significativamente afetada, porque os aplicativos abrem rapidamente e são bem desenvolvidos, além de terem boa integração com o Smart Hub: você pode assistir uma série específica na Netflix ou ouvir um álbum no Spotify por meio da barra de navegação da TV, sem nem precisar abrir o aplicativo, poupando tempo.

Por ser uma TV da linha de 2018, a NU7100 é uma das que receberão uma atualização de software para suportar o protocolo AirPlay 2 e os serviços de mídia da Apple, o que é uma excelente adição para quem tem dispositivos com iOS e conteúdos adquiridos no iTunes.

Vale a pena?

TV 4K Samsung NU7100 - Review

A Samsung claramente desenvolveu a NU7100 para que ela não fosse muito cara — e não tentou esconder isso em nenhum momento. Ela tem um design simples, um software com menos firulas e um som básico que já deve deixar muita gente feliz. O fator mais importante, que é a imagem, não foi sacrificado: a qualidade é ótima para uma TV nesse segmento, sendo bem difícil encontrar algo melhor pelo mesmo preço.

No momento em que eu faço este review, a NU7100 se destaca pelo custo-benefício. Ela sai por aproximadamente R$ 2,7 mil na versão de 55 polegadas, o que já é um valor bem competitivo. Mas, para quem não se importa em ter uma TV menor, a NU7100 de 49 polegadas chega a custar R$ 1,9 mil — com certeza seria minha opção se eu quisesse uma 4K sem gastar os olhos da cara.

TV 4K Samsung NU7100 - Review

Em relação à nova RU7100, que deve ocupar o posto de TV 4K de entrada da Samsung em 2019, a NU7100 não tem conexão Bluetooth nem o Controle Remoto Único, um diferencial que eu particularmente gosto bastante nas TVs da marca.

Só que, por ser um lançamento recente, a RU7100 ainda está bem mais cara que a NU7100. Eu pagaria 200 ou 300 reais a mais para ter as comodidades do modelo novo; se você estiver consultando este review no futuro, se os dois modelos ainda estiverem sendo comercializados no Brasil e se a diferença ainda for maior que isso, minha recomendação é economizar e partir para a TV de 2018, que ainda dá um bom caldo.

Especificações técnicas

  • Modelo: 55NU7100
  • Tamanho do painel: 54,6 polegadas (138,8 cm)
  • Resolução: 3840×2160 pixels
  • Taxa de atualização: 60 Hz
  • Tipo de painel: LCD LED (VA)
  • Tecnologias de imagem suportadas: HDR10, HLG, HDR10+
  • Potência dos alto-falantes: 2x 10 watts
  • Tecnologias de áudio suportadas: Dolby Digital Plus
  • Sistema operacional: Tizen 4.0
  • Consumo de energia: 150 watts (máximo) e 0,3 watt (standby)
  • Entradas de vídeo: 3 HDMI 2.0 (ARC, HDMI-CEC), 2 RF
  • Saídas de áudio: 1 saída de áudio óptica digital
  • Outras conexões: 2 USB 2.0, Wi-Fi 802.11ac, Ethernet, Wi-Fi Direct, DLNA
  • Dimensões (largura x altura x profundidade): 123,8x71,4x5,9 cm (sem a base) e 123,8x79,3x26,1 cm (com a base)
  • Peso: 17,3 kg (sem a base), 17,7 kg (com a base)