Início » Gadgets » TCL C6: uma TV 4K básica com som de grife

TCL C6: uma TV 4K básica com som de grife

TCL C6 roda Android TV e tem soundbar integrada da Harman Kardon

Por
30/05/2019 às 17h00

A TCL renovou sua linha de TVs para 2019 com foco em inteligência artificial. O primeiro modelo 4K da nova geração no Brasil é a C6, que roda Android TV com suporte a comandos de voz pelo Google Assistente. Ela mantém o principal destaque da linha: uma soundbar integrada que estampa a grife da Harman Kardon e promete uma experiência de som mais imersiva que a das concorrentes.

Mas será que o som da C6 é bom mesmo? E a qualidade da imagem, consegue acompanhar o áudio? O Android TV roda bem? Eu assisti a dezenas de horas de conteúdos na TCL C6 de 55 polegadas nas últimas semanas e conto minhas impressões nos próximos minutos.

Análise da TCL C6 em vídeo

Design, conexões e controle remoto

TV 4K TCL C6 / C6US

A construção da C6 é acima da média. Apesar de não ser a TV mais barata da TCL, o preço de lançamento de R$ 3.899 no tamanho de 55 polegadas (e R$ 5.799 em 65 polegadas) deixa ela no mesmo patamar de outras TVs de entrada, como a Samsung RU7100 e as LG da série UK6500. Mas, enquanto as coreanas apostam em acabamentos mais simples, a TCL colocou um tecido para cobrir os alto-falantes, uma moldura que parece aço escovado e uma espessura tão fina que chama a atenção.

A soundbar em formato tubular é coberta com uma malha que dá um efeito visual diferenciado para a TV: parece que a tela está saindo da base. Um tripé faz o trabalho de manter o televisor sobre a estante, enquanto uma placa plástica esconde as conexões da C6 na traseira: são três HDMI, saídas de áudio digital e analógica (!), uma USB 2.0, uma USB 3.0 e uma Ethernet que você provavelmente não vai usar — todos os testes foram feitos conectados a uma rede Wi-Fi de 5 GHz.

TV 4K TCL C6 / C6US

O controle remoto da TCL C6 se conecta por Bluetooth e é bem responsivo e compacto, sem aquele monte de botões numéricos que acompanhavam as TVs de 2018 da marca chinesa. O acessório tem setas direcionais para navegar pelos menus do Android TV, botões dedicados para a Netflix e o Globoplay, além de um atalho para acionar o Google Assistente e dar comandos de voz.

TV 4K TCL C6 / C6US

Qualidade de imagem

O painel de 55 polegadas da TCL C6 entrega uma qualidade apenas razoável. A minha maior decepção foi o ângulo de visão muito limitado — um ponto negativo comum em telas do tipo VA, mas que se mostrou mais acentuado na C6 que na Samsung NU7100, por exemplo. Basta sair um pouco do centro da TV para que a saturação se perca de forma bastante perceptível. Não é uma TV para quem tem salas de estar mais largas.

TV 4K TCL C6 / C6US

Infelizmente, a C6 vendida no Brasil é inferior às versões comercializadas em outros países. Ela não tem local dimming completo (FALD), e o recurso de micro dimming reduz muito o backlight nas cenas escuras, o que acaba com o contraste da imagem — você provavelmente ficaria irritado assistindo àquele episódio de Game of Thrones aqui. Além disso, como o pico de brilho não é tão forte, o HDR quase não faz diferença na C6.

Tanto o brilho quanto o contraste são aceitáveis para uma TV 4K de entrada, mas as cores ficam abaixo da média: em testes sintéticos, eu notei rapidamente um problema mais severo de color banding em tons escuros de vermelho, verde e cinza, independente da configuração de imagem. O defeito é menos perceptível em conteúdos reais, mas quem tem olhos mais detalhistas vai se decepcionar.

TV 4K TCL C6 / C6US

Olhando pelo lado bom, a TCL manteve dois pontos fortes importantes no lançamento de 2019: a uniformidade de preto é boa para um painel LCD com iluminação nas bordas e o input lag continua baixo, sempre em torno dos 25 milissegundos nos meus testes em 4K a 60 Hz — aqui, vale lembrar que a C6 tem um modo de jogo nas configurações de imagem, mas ele não fez diferença na latência, só nas cores. A TCL P6US também era boa nesses dois fatores, o que a tornava particularmente interessante para o público gamer.

Qualidade de som

Eu tinha muita curiosidade em saber como era o áudio da C6, já que a TCL dá mais atenção para a qualidade de som que as outras marcas, sempre fazendo questão de destacar visualmente os alto-falantes nas linhas C e X. Afinal, essa soundbar vistosa com a marca da Harman Kardon faz diferença mesmo, ou é só para chamar a atenção na vitrine da loja?

TV 4K TCL C6 / C6US

Na primeira vez que liguei a TV, já deu para sentir que a C6 consegue preencher um ambiente maior com um pé nas costas. O som é notavelmente mais alto que o das concorrentes da mesma faixa de preço, o que faz sentido, considerando que temos uma dupla de 10 watts e outra de 5 watts na C6 — outras TVs básicas (e até intermediárias) normalmente só têm dois speakers de 10 watts.

Se o volume é bom, a qualidade não fica atrás. Nas configurações padrão, a C6 destaca as frequências baixas, o que torna o som muito divertido — os impactos são bastante pronunciados para uma soundbar integrada, sem serem secos. Os médios acabam perdendo espaço para os graves nesse arranjo, mas quem quiser um som mais aberto pode mexer no equalizador, que se mostrou bem versátil.

É claro que uma soundbar com subwoofer dedicado apresentaria um resultado melhor, principalmente para ver filmes de ação, mas a TCL conseguiu entregar uma qualidade sonora que eu só esperaria de um televisor mais caro. Com áudio refinado, design bem integrado e sem cobrar os olhos da cara, eu só consigo enxergar vantagens aqui.

Software e funções de Smart TV

TV 4K TCL C6 / C6US

O Android TV de verdade não é um sistema normalmente encontrado em televisores mais simples, mas a TCL parece ter mudado isso no Brasil este ano: até a S6500, que é Full HD, foi lançada com a plataforma do Google. É um avanço enorme em relação às TVs de 2018 da marca, que vinham com o Roku nos Estados Unidos, mas rodavam um sistema operacional muito limitado no Brasil.

A C6 é equipada com o Android TV 8.0 e traz uma gama extensa de aplicativos. Netflix, YouTube, Google Play Filmes e Google Play Música já vêm pré-instalados na TV, inclusive com boas integrações com a tela inicial, que mostra conteúdos recomendados dos serviços. Na Play Store, dá para baixar HBO Go, Fox, YouTube Kids, Telecine Play, VLC, emuladores, games e, curiosamente, o Globoplay — que, apesar de ter um botão dedicado no controle remoto, não veio nativamente na minha unidade de teste.

TV 4K TCL C6 / C6US

Quem acompanhou meus reviews de TVs da Sony já conhece minhas críticas com relação ao Android TV: ele tem um ecossistema muito completo, é bastante personalizável e tem um Google Assistente que funciona bem, mas o sistema é lento e engasga com frequência. Isso não foi completamente resolvido, mas a C6 apresentou mais fluidez que televisores de R$ 15 mil com Android TV.

Como isso é possível? Talvez por um detalhe que eu, inicialmente, pensava ser um defeito: os textos mostrados nas telas do Android TV e até dentro de aplicativos como YouTube e Netflix pareciam embaçados ou com fontes serrilhadas desde o primeiro momento em que liguei a C6.

Investigando mais a fundo, concluí que as interfaces dos aplicativos são renderizadas em Full HD — o que certamente ajuda para tirar um pouco do peso do chip gráfico da TV e torna a navegação mais rápida. Como os conteúdos dentro do YouTube e da Netflix são reproduzidos normalmente em 4K, é um belo truque que deveria ser seguido por todas as marcas.

Vale a pena?

TV 4K TCL C6 / C6US

Eu gostei muito da C6, mas ela não é para todo mundo. O acabamento é excelente, o som é acima da média e o Android TV oferece bons recursos e uma vasta gama de aplicativos. Em compensação, a qualidade de imagem é ligeiramente pior que a das outras TVs de entrada — embora a C6 ainda ofereça uma experiência bastante satisfatória considerando os modelos da mesma faixa de preço.

Ou seja, a C6 é uma questão de escolha. Nas TVs básicas, a maioria das fabricantes opta por investir mais na imagem e menos no som — o que faz sentido se você considerar que um som ruim pode ser resolvido com uma soundbar. Já a TCL resolveu manter duas linhas de TVs que sempre pendem para um dos lados: a P6 tinha imagem boa e som abaixo da média, enquanto a C6 tem som bom e imagem abaixo da média.

Se você não se importa tanto com o áudio ou já tem um equipamento de som dedicado, a C6 não é uma boa opção de TV. Mas, para quem dá mais atenção para esse fator e não quer gastar dinheiro com uma soundbar, o televisor 4K da TCL pode ser uma compra bem interessante para sua sala de estar.

Especificações técnicas

  • Modelo: 55C6US
  • Tamanho do painel: 55 polegadas (139 cm)
  • Resolução: 3840×2160 pixels
  • Taxa de atualização: 60 Hz
  • Tipo de painel: VA LCD com iluminação Edge LED
  • Tecnologias de imagem suportadas: HDR10, HLG
  • Potência dos alto-falantes: 2x 10+5 watts
  • Tecnologias de áudio suportadas: Dolby Digital Plus
  • Sistema operacional: Android TV 8.0
  • Consumo de energia: 140 watts (máximo) e 0,3 watt (standby)
  • Entradas de vídeo: 3 HDMI 2.0 (ARC, HDMI-CEC), 2 RF
  • Saídas de áudio: 1 saída de áudio óptica digital, 1 saída de áudio analógica
  • Outras conexões: 1 USB 2.0, 1 USB 3.0, Wi-Fi 802.11n, Bluetooth, Ethernet
  • Dimensões (largura x altura x profundidade): 123,3×75,2×5,6 cm (sem a base) e 123,3x79x24 cm (com a base)
  • Peso: 18 kg (sem a base), 20,5 kg (com a base)
Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.