Início » Negócios » Magazine Luiza vence Centauro e compra Netshoes por US$ 115 milhões

Magazine Luiza vence Centauro e compra Netshoes por US$ 115 milhões

Centauro chegou a oferecer US$ 127 milhões pela Netshoes, mas Magazine Luiza levou a melhor

Emerson Alecrim Por

Perdendo em número de capítulos apenas para The Walking Dead, a novela Netshoes chegou a um desfecho: em assembleia realizada nesta sexta-feira (14), os acionistas aceitaram vender a loja online de artigos esportivos ao Magazine Luiza por US$ 115 milhões (US$ 3,70 por ação).

Netshoes

O total é quase o dobro do montante oferecido originalmente pelo Magazine Luiza (US$ 62 milhões — US$ 2 por ação). Porém, no mesmo dia em que a companhia anunciou a aprovação do negócio pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o Grupo SBF, dono da Centauro, fez uma oferta de US$ 87 milhões (US$ 2,80 por ação).

Depois disso, as duas empresas passaram a brigar pela Netshoes com valores cada vez mais altos. O último “lance” foi dado na noite de quinta-feira (13): a Centauro ofereceu US$ 127 milhões (US$ 4,10 por ação) para ficar com a loja online.

Apesar do valor maior ofertado pelo Grupo SBF, o conselho de administração da Netshoes recomendou aos acionistas que aceitassem a última proposta do Magazine Luiza, no valor de US$ 115 milhões. Funcionou: mais de 90% dos acionistas concordaram com o negócio.

A recomendação teve o peso de pelo menos dois fatores. O primeiro é a pressa: como a venda para o Magazine Luiza já havia sido aprovada pelo Cade, o negócio deverá ser concluído em poucos dias. A Netshoes não pode se dar ao luxo de esperar mais porque está seriamente endividada.

O segundo fator é uma certa pressão do Magazine Luiza: a empresa sinalizou que não iria aceitar a realização de outra assembleia para tratar do assunto.

Magazine Luiza

Somente com uma nova assembleia é que seria possível analisar a oferta de US$ 127 milhões da Centauro, mas como a negociação com o Grupo SBF poderia ser mais demorada e, eventualmente, até barrada pelo Cade, os acionistas preferiram não arriscar.

Vale destacar que a Netshoes tem sede nas Ilhas Cayman, o que explica a negociação baseada em dólares.

A aquisição da Netshoes pelo Magazine Luiza será confirmada na próxima quarta-feira (19).

Com informações: Folha de S.Paulo, G1.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leandro Gonçalves

Vou olhar. Valeu.

gbitte

Ele nasceu com a função de crescer e ser vendida, nem adiantava sonhar.

gbitte

Só fico feliz se o frete baixar , o que é uma possibilidade. Frete da magazine Luiza é uma delícia onde tem loja.

gbitte

Ela recebeu foi uma bolada da Dilma via BNDES. O quê é pessimo porque ninguém investe contra o rei nem consegue investir contra o amigos da rainha saudadora de mandioca com dinheiro subsídiado, por nós a plebe.

gbitte

Explicando a Centauro é do mesmo setor do Netshoes e o Cade podia encrencar por ser de ruim pra concorrência. Já magazine Luiza por maior que seja é de outro setor. Ps. Centauro é maior do que as lojas da Centauro e site, por exemplo é dono de metade das lojas da Nike no Brasil. Ia da bronca, no mínimo ia custar tempo e advogados, talvez propina.

Daniel

Acredito que seja tarde demais, o mercado já precificou isso. Acompanhando agora só vai a manada comprando no topo aumentando o lucro de quem adquiriu ações lá atrás já prevendo um possível negócio entre as empresas.

Qohen Leth

Sim, ganhou muita grana pública da Dilma... amiga pessoal da Luiza Trajano.
A Dilma até tentou colocar ela como ministrar. ;)

johndoe1981

Frete grátis pra cá não pode deixar passar rsrs. Dá uma olhada nos sites de promo tipo hardMOB e Promobit.

Leandro Gonçalves

Essa promo eu não peguei ,sou de Fortaleza tbm 😔

johndoe1981

Devia ter falado também que foi essa política irresponsável de crédito sem controle dos governos Lula e Dilma, com fins claramente populistas, um dos motivos de estarmos nessa crise danada. Gastos públicos aumentaram muito, seja com crédito fácil, seja com inchamento da máquina pública (leia-se cabides de emprego), levando ao endividamento do governo, conta esta que pagamos até hoje.

Estou esperando até agora esse "desenvolvimento" dos governos petistas chegar, pois só o que vi chegar após o governo Dilma foram os 11 milhões de desempregados, o prejuízo biolionário na Petrobras, inflação galopante e a fuga dos investidores.

Sobre a boa administração da Magalu, aí tenho que concordar com você.

edit: pegando dinheiro do BNDES sem pagar é fácil crescer, embora não sou hipócrita de dizer que não comprarei mais lá.

Leumas Ninguem

Olha um petista

Leumas Ninguem

Quem comprou ações da magazine Luiza em 2015 está muito rico rsrsrsr

Thiago Bomfim

Magazine Luiza sempre foi uma empresa inovadora. Quando todos duvidavam do Brasil, a marca se desvencilhou do complexo de vira lata e investiu aproveitando as grandes ondas de desenvolvimento, crédito e consumo do governo Lula. Nesse momento se prepara para se tornar um dos maiores players nacionais, com o suporte de lojas físicas, atendimento de qualidade, simpatia do consumidor final, pós-vendas bem avaliado, confiança dos acionistas e grande responsabilidade de investir no mercado local, sem medo da concorrência. Eu particularmente fiquei feliz que a Centauro, apostadora da atrapalhada empreitada nacionalista de Bolsonaro, tenha perdido essa. Com a marca Netshoes e apoio da estrutura de lojas em vários locais, é possível que a Magazine Luiza seja o maior varejista de roupas e calçados na década vindoura, ultrapassando Riachuelo, C&A, Renner em escala e rentabilidade.

Don Ramón

Maravilha! A Netshoes segue como opção, porque da Centauro só quero distância.

Baio-kun

Não compro muitas coisas online, mas pelo que vi a diferença de preço existe, mas não é muito grande. E se considerar que é produto com nota e garantia talvez valha a pena.

Exibir mais comentários