Início » Computador » Inventor do USB explica por que o conector tradicional não é reversível

Inventor do USB explica por que o conector tradicional não é reversível

Na década de 1990, criar um conector USB conversível aumentaria custos de implementação

Emerson Alecrim Por

Quem nunca perdeu preciosos segundos da vida tentando acertar o lado certo da porta USB que atire o primeiro mouse. A “culpa” é de Ajay Bhatt, um dos projetistas responsáveis pelo conector. Em entrevista à NPR, ele lamentou os aborrecimentos que as portas USB tradicionais causam, mas também explicou que há uma boa razão para isso.

USB tipo A (imagem: Pexels)

Nos anos 1990, Bhatt liderou a equipe da Intel responsável pela criação do USB. Eles tiveram grande êxito nesse projeto, afinal, conseguiram fazer a tecnologia ser amplamente adotada pela indústria e, ao mesmo tempo, facilitar a vida do usuário com um padrão de conexão compatível com uma enormidade de dispositivos.

O único problema é que o conector tradicional (USB tipo A) frequentemente testa a paciência: você tenta encaixá-lo de um lado, mas não consegue; aí tenta do outro lado e, bom, às vezes falha de novo, mesmo que só existam um lado certo e um errado. Não é não é à toa que o USB sempre rendeu bons memes:

Bhatt sabia da falta de reversibilidade desde o começo, mas diz que essa limitação foi inevitável: na época, fazer um conector reversível exigiria elevar a quantidade de circuitos e fios dos conectores, o que levaria a um aumento considerável de custos.

A equipe cogitou implementar um conector redondo, mas também havia chances de problemas aqui. Um exemplo vem dos antigos conectores PS/2 para teclado e mouse. Eles tinham formato circular, mas muita gente entortava os pinos por não encaixá-los na posição correta.

USB-C (imagem: Pixabay)

Como você deve saber, a resposta para a limitação do USB só surgiu em 2014, com a apresentação do USB-C, conector que, além de compacto, é reversível. Mas essa é uma solução para o longo prazo: o USB tipo A é tão difundido que está longe de ser abandonado pela indústria.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

SiouxBR

No banco onde trabalho até 3 anos atrás ainda tinha dispositivos seriais ligados nas estações de caixa. Felizmente agora é tudo USB...

@Sckillfer

Vai menos metal até que no original e ocupa bem menos espaço, mas era inviável...
https://uploads.disquscdn.c...

@Sckillfer

Realmente, precisaria de muito mais circuitos e pinos pra fazer isso:

https://uploads.disquscdn.c...

biscoitao

SATÃ é lindo

biscoitao

USB-C precisa de muito mais pino, solda e fio para possibilitar a reversão. Se a ideia era ter um conector barato, o rapaz acertou em cheio

John Smith

Por que discorda?

Ednei P. de Melo

Sério? Essa choradeira toda é só porque vocês não conseguem encaixar o conector na posição correta? Putz... &;-D

Eduardo Braga

Sim, sim. É que eu achei que precisava, necessariamente, do Thunderbolt pra poder conectar a um monitor externo.

Baidu feat MC Brinquedo

Teoricamente o USB-C é compatível com Thunderbolt, mas depende da implementação por parte do fabricante.

A Acer, por exemplo, alardeou que seus laptops com USB-C eram compatíveis com essa tecnologia, mas no final das contas não era, tomou uma chuva de processos e até removeu os banners promocionais.

Danilo Cursino

Não.

Lucas Alves

Mas ele funciona pra transferência de dados também? Tenho um desse tipo e ele só serve pra carregar

John Smith

Tenho certeza que os caras estavam muito mais preocupados em resolver um problema bem maior do que ter "um cabo que encaixe de qualquer lado".

John Smith

As portas USB são alinhadas com a orientação da placa principal dos dispositivos. Se conferir antes de encaixar com certeza vai errar bem menos.

John Smith

Só os PS/2? Ninguém merecia aquelas portas seriais pra mouse, joysticks e, principalmente, aquelas enormes das impressoras.

Todas essas portas em geral só serviam para os dispositivos específicos para os quais eram projetados, outra grande tristeza da época.

Eduardo Braga

Ah sim. Acho que tô confundindo com GPU externa.

Exibir mais comentários