Início » Negócios » Uber muda regras de taxa de cancelamento no Brasil

Uber muda regras de taxa de cancelamento no Brasil

Mudança para taxa de cancelamento variável já está valendo no Rio de Janeiro, Porto Alegre, Florianópolis e outras cidades

Paulo Higa Por
18 semanas atrás

A Uber está mudando as regras da taxa de cancelamento no Brasil. Nesta terça-feira (16), a empresa passou a adotar um valor variável na cidade do Rio de Janeiro, que leva em conta o tempo e a distância percorrida pelo motorista para chegar até você. O prazo para cancelar uma viagem sem custo também foi reduzido.

Aplicativo Uber - motorista

Até então, a Uber cobrava uma taxa de cancelamento fixa se você desistisse de uma corrida. No caso do Rio de Janeiro, o valor devido era de R$ 7 caso o cancelamento fosse realizado mais de cinco minutos depois de ter solicitado a viagem.

Na nova regra, a taxa de cancelamento mínima fica entre R$ 1,50 e R$ 3, dependendo da modalidade escolhida, e passa a ser cobrada a partir de dois minutos após a solicitação. O valor máximo é de R$ 12, um aumento de 70% em relação à antiga taxa fixa. Esta é a tabela válida para a capital fluminense:

  • UberPool: R$ 1,50 a R$ 6,00;
  • UberX: R$ 2,00 a R$ 10,00;
  • UberX VIP: R$ 2,00 a R$ 10,00;
  • Uber Select: R$ 2,25 a R$ 11,00;
  • Uber Black: R$ 3,00 a R$ 12,00.

No exemplo fornecido pela Uber, se você cancelasse uma corrida cinco minutos depois de ter pedido a viagem e o motorista já tivesse percorrido 2 km, a taxa seria de R$ 7 no modelo antigo e R$ 2,80 no novo. “Você poderá ser cobrado uma taxa de cancelamento mais cara que a antiga taxa fixa dependendo do tempo e distância que o motorista percorreu até o momento do cancelamento”, explica a empresa.

A taxa continua não sendo cobrada caso a Uber detecte que o motorista não está se dirigindo ao seu local. E uma regra antiga permanece válida: “Quando o motorista chegar ao local de início da sua viagem, você tem 5 minutos para chegar até ali. Se você não chegar nesse tempo e o motorista desejar cancelar a viagem, você será cobrado pela taxa de cancelamento”, segundo a Uber.

Procurada pelo Tecnoblog, a Uber esclarece que o novo modelo com taxa de cancelamento variável já entrou em vigor nas cidades de Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Londrina (PR), São Luis (MA), Pelotas (RS) e Rio de Janeiro (RJ).

Mais sobre: