Início » Negócios » Samsung desiste de fabricar celulares na China

Samsung desiste de fabricar celulares na China

O principal motivo: os custos de mão de obra têm aumentado consideravelmente na China

Emerson Alecrim Por

Para ter smartphones competitivos nos preços, fabricantes devem produzir esses aparelhos na China, certo? Não necessariamente: hoje, algumas empresas estão dando prioridade a países como Tailândia e Índia. É o caso da Samsung que, recentemente, decidiu encerrar por completo a produção dos seus celulares em território chinês.

Samsung Galaxy Note 10+

Trata-se de um movimento que começou há pouco tempo. No final de 2018, a Samsung encerrou as operações de uma fábrica que mantinha em Tianjin e, em meados deste ano, paralisou parte da produção de uma fábrica em Huizhou, sul da China. Agora, esta última unidade fechou as portas de vez.

Com a decisão mais recente, a Samsung está abandonando a produção de smartphones que mantinha em território chinês. O motivo? Os custos de mão de obra têm aumentado na China de tal forma que o país vem se tornando menos atraente para grandes corporações.

Além disso, a concorrência acirrada com marcas chinesas (como Xiaomi, Huawei e OnePlus) fez a participação da Samsung no mercado chinês de smartphones despencar de 15% em 2013 para um 1% nos dias atuais.

Outro fator que pode ter influenciado na decisão da Samsung é a tensão comercial entre Estados Unidos e China: determinados produtos fabricados no país asiático podem sofrer tarifação adicional ao chegarem em território americano.

Fábrica da Samsung em Huizhou

Fábrica da Samsung em Huizhou

Esses fatores não pesam só contra a Samsung. Prova disso é que, recentemente, a Sony decidiu fechar a fábrica que mantinha em Pequim e, desde então, vem produzindo smartphones na Tailândia.

No caso da Samsung, a companhia irá produzir smartphones principalmente nas fábricas que possui na Índia e Vietnã. Equipamentos usados nas linhas de produção chinesas chegaram a ser transferidos para essas unidades.

Isso não significa que a Samsung está desistindo de comercializar smartphones na China, pelo menos não por enquanto. Embora a companhia não tenha expectativas de aumentar a sua participação nesse mercado, as vendas no país serão mantidas. Só não ficou claro se isso valerá até o término do estoque local ou se os celulares da marca serão importados.

Com informações: Reuters, GSMArena.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Arthur Soares

Eles tão tirando as fábricas, não a comercialização. Você pode produzir alguma coisa em um país e nunca vender lá.

Geraldo Lopes

O Vietnam nem chega perto da capacidade da China... só para efeito de comparação, enquanto o Vietnam tem 90 milhões habitantes, a China tem 1 bilhão e 400 milhões.

Caleb Enyawbruce

Quem diria hein dona China... Até poucos anos era quase regime de escravidão

Lairton Gomes

Huawei não é barato faz tempo

phsodre

O problema é que no Brasil, só se abre as pernas mesmo. A dificuldade que os "administradores" desse país tem, de entender que se eles roubarem do próprio bolso, um dia da merda, tal como está agora, é de dar inveja em qualquer jumento. Então tomara que no futuro próximo, nosso país possa se espelhar no exemplo da China, e tbm de Cingapura, que da mesma forma que a China fez, passou de país mais miserável do mundo, a um dos mais ricos!

DeadPull

Quisera eu que o Brasil seguisse o exemplo da China e dos tigres asiáticos, os quais abriram a economia e usaram o dinheiro que entrou pra investir em educação, ciência e tecnologia. Mas aqui, a grana que entra a gente sabe muito bem qual destino ela toma :-/

Porto Velho

Profissionais mais gabaritados não ganham proporcionalmente mais em países desenvolvidos.

Salário médio de um engenheiro civil no Brasil é de R$5500 e nos EUA $6000. Se converter acabada dando mais, porém tem que converter os gastos também, ai dá na mesma. Salários são proporcionalmente maiores só pra mão de obra pouco qualificada.

Porto Velho

Sim, deixa a economia fechada e o povo na miséria pela eternidade.

A China de desenvolveu a ponto da mão de obra começar a ser tão cara quanto em outros lugares justamente porque se abriu. Sem abertura econômica, estaria na miséria. Problema é que vocês querem que as coisas aconteçam de uma hora pra outra e não é assim que as coisas funcionam.

Porto Velho

Aí elas vão pra outros países, o povo melhora suas condições e precisam/querem ganhar mais.. e o ciclo vai se repetindo.

Sem isso, ficam na miséria o resto da vida. A África só vai deixar de ser miserável o dia que uma empresa capitalista malvadona "explorar" o povo em troca de lucro. A demanda por mão de obra cresce e vai empurrando salários pra cima até que acontece o mesmo que aconteceu na China.

DDR31600Mhz

A guerra comercial não teve nenhuma influência nisso não...

Fabio Santos

Piada né custo de mão de obra? A samsung não aguentou é ver o Chinês comprar aparelho pela metade do preço das concorrentes, como huawei e xiaomi. Tem aquele velho ditado somente o brasileiro curte pagar caro em tudo, até o Chinês da elite caviar sabe moderar custos.

SmokingSnake

quanta inocência, os melhores profissionais em países pobres vão trabalhar e morar em países melhores. Não é preciso pensar duas vezes no que é melhor: Ir trabalhar em país desenvolvido ganhando bem mais, com qualidade de vida superior e não precisar se preocupar com nada, ou ficar no Brasil ganhando menos e correndo risco de ser assaltado e morto só de sair com o carro na rua.

Pior que no Brasil as universidades são gratuitas, o governo paga tudo para outro país se beneficiar. Na Argentina é pior ainda, lá qualquer um pode entrar na universidade sem fazer vestibular nem nada, e o país vive na pior sem dinheiro para nada. Nunca vi nenhum país ir para frente afastando a industrialização e as empresas em geral, desse jeito os próprios profissionais são forçados a irem trabalhar no exterior, fica esperando se acha que investir em apenas uma coisa faz mágica.

Leandro Gonçalves

"Abre o olho ,Brasil"

Governo: vamos eliminar o comunismo e toda sua ideologia que hj impera nas escolas e universidades do Brasil. Risos!!

Seria cômico,se não fosse trágico!!

Jefferson Rodrigues

A Samsung só deu um grande tapa no visual da linha Galaxy e aumentou e muito a capacidade da bateria dessa linha por conta da Xiaomi. Samsung é igual a LG. Só sai da zona de conforto por conta da concorrência.

Cazalbé

Na América do Sul também = Venezuela

Exibir mais comentários