Início » Computador » Snapdragon 8c e 7c prometem PCs mais baratos com bateria para o dia todo e Windows 10

Snapdragon 8c e 7c prometem PCs mais baratos com bateria para o dia todo e Windows 10

Chips da Qualcomm complementam a linha Snapdragon para PCs, que já conta com o Snapdragon 8cx

Paulo Higa Por

Direto do Havaí — A Qualcomm apresentou nesta quinta-feira (5) três novos chips para PCs com Windows 10: o Snapdragon 8cx Enterprise, o Snapdragon 8c e o Snapdragon 7c. Os processadores equiparão notebooks que prometem um design portátil e a possibilidade de ficarem longe da tomada o dia inteiro, mesmo estando sempre conectados à internet.

Qualcomm Snapdragon 8c

O Snapdragon 8cx Enterprise nada mais é do que uma versão corporativa do Snapdragon 8cx revelado em 2018 (e que vimos no Microsoft Surface Pro X). Ele continua se baseando em uma arquitetura de 7 nanômetros, GPU Adreno 680 para dar conta de dois monitores com resolução 4K HDR e conexão 4G de até 2 gigabits por segundo. Uma nova camada de segurança mantém protegidos os dados sensíveis das empresas.

Snapdragon 8c e 7c para notebooks mais baratos

Os chips realmente novos são o Snapdragon 8c e 7c. A ideia da Qualcomm é estar em computadores com Windows 10 em faixas de preço menores: o Snapdragon 8cx era projetado para ser mais potente que o Snapdragon 855, por isso não tinha como equipar máquinas mais acessíveis, sendo que o Samsung Galaxy Book S era vendido por US$ 999 (!). Enquanto isso, o 8c e o 7c estão no nível dos processadores que encontramos nas séries 800 e 700 para celulares.

Qualcomm Snapdragon 8cx, 8c e 7c

O Snapdragon 7c tem GPU Adreno 618, a mesma que encontramos no Snapdragon 730. O desempenho do processador octa-core de 8 nanômetros é “25% melhor que o de concorrentes na mesma faixa de preço”, segundo a Qualcomm, mas os notebooks podem ter até o dobro de duração de bateria. Também há um modem Snapdragon X15, que suporta conexões 4G de até 800 Mb/s. A expectativa é que ele seja vendido em notebooks de até US$ 499, considerados “de entrada” no mercado americano.

Enquanto isso, o Snapdragon 8c é uma espécie de sucessor do Snapdragon 850, com 30% mais desempenho e um novo processo de fabricação em 7 nanômetros. Os preços dos notebooks com esse chip serão maiores (entre US$ 500 e 699), mas você já leva uma GPU superior (Adreno 675), oito núcleos Kryo 490 e um modem Snapdragon X24 4G, que pode ser substituído por um Snapdragon X55 5G, o mesmo do Snapdragon 865 para smartphones potentes de 2020.

Qualcomm Snapdragon 8c

De acordo com a Qualcomm, os notebooks na faixa dos US$ 500 com processadores x86 (leia-se: AMD e Intel) têm somente cerca de 6,5 horas de bateria; são pesados, com mais de 2 kg; espessos, com mais de 21 mm; e têm ventoinhas para resfriar o chip. Os novos Snapdragon 8c e 7c tentam eliminar esses problemas… mas criam outro: só há compatibilidade com aplicativos de Windows 10 compilados para a arquitetura ARM.

A Qualcomm não revelou quando os primeiros notebooks com Snapdragon 8c e 7c serão lançados. O Snapdragon 8cx teve adoção bem lenta, e nenhum computador com Snapdragon e Windows 10 chegou a ser vendido no mercado brasileiro até o momento.

Paulo Higa viajou para o Havaí a convite da Qualcomm.