Início » Computador » Asus e Samsung lançam os primeiros Chromebooks com Projeto Athena da Intel

Asus e Samsung lançam os primeiros Chromebooks com Projeto Athena da Intel

Um dos objetivos do Projeto Athena é de entregar grande autonomia de bateria

André Fogaça Por

No ano passado a Intel anunciou o Projeto Athena e agora, durante a CES que acontece a partir de amanhã (7) em Las Vegas, duas fabricantes já apresentaram os primeiros Chromebooks que abraçam a ideia: a Samsung com o Galaxy Chromebook e a Asus com o Flip C436.

Samsung Galaxy Chromebook

Os dois Chromebooks são diferentes do lado de fora, mas semelhantes por dentro e isso vai até mesmo para o Projeto Athena. Começando pelo Galaxy Chromebook, este é o primeiro computador com Chrome OS que a Samsung coloca dentro da linha Galaxy de produtos e também o primeiro com tela AMOLED.

Ela tem 13,3 polegadas e resolução 4K (3840 x 2160 pixels), com opção de colocar HDR na imagem. O processador é um Core i5 que nasceu dentro do Projeto Athena, que faz parte da décima geração de processadores da empresa, que utiliza até 16 GB de RAM e até 1 TB de SSD. O Galaxy Chromebook pode conversar com o mundo via conexão Wi-Fi 6, reconhece toques de uma canetinha tipo S Pen e sabe quem é o usuário com ajuda de um leitor de impressões digitais.

Samsung Galaxy Chromebook

O corpo é de alumínio e será comercializado nas cores vermelha (que eu achei a mais bonita) e um cinza, que deixa bem visível que o material de construção não é o plástico – nem nenhum nome bonito para este tipo de produto, como policarbonato.

Já o Flip C436 é menos fino e mais pesado, mas continua com metal cobrindo as partes íntimas que são basicamente as mesmas, mas que por aqui pode trabalhar até com um Core i7. A Asus não comentou qual é o tamanho e nem mesmo a resolução da tela, mas diz que a autonomia de bateria é “para um dia inteiro”.

chromebooks flip c436 com projeto athena

Ao menos é a promessa do Projeto Athena, que mira no que a Qualcomm fez com os Snapdragon para computadores. Neste projeto os PCs, ou Chromebooks, precisam estar prontos para usar como um smartphone (que nunca desliga, fica sempre em stand-by) e a comparação vale para a conexão, que precisa estar sempre disponível.

O único detalhe é que nenhuma das marcas asiáticas comentou sobre conexão 4G ou 5G nos modelos, o que faria a conexão ainda mais presente do que apenas o Wi-Fi – mesmo que o veloz e recente Wi-Fi 6. O Galaxy Chromebook chega ao mercado até o final de março, custando US$ 1 mil, enquanto que a Asus não disse preço, mas afirmou que o Flip C436 poderá ser comprado em algum momento que começa até junho deste ano.

Com informações: Samsung e TechCrunch.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação